17 de jul de 2011

Gatos Encantados – Mas eis que chega a Roda Viva...

Temos um relato triplo!!

Hoje, 16/07, fomos ao Parque.

Passamos na Cidade Fantasma e o único sinal de vida lá é o consumo de ração. Não aparece nenhum gato por ali. Nem a Cor-de-Rosa aparece mais pra gente.

Porém, uns oito gatos devem comer no Cafofo.

Reabastecemos os comedouros, o bebedouro, passamos uma vassoura no chão e fomos para o Parque.

Levamos 75 quilos de ração para as próximas duas semanas.

Durante a semana, soubemos que uma gatinha tigrada, ainda filhote, foi encontrada por lá.

Não é uma gatinha nascida no Parque. Deve ter sido abandonada lá e queríamos ver se já poderia ser castrada.

Mas antes, fomos cuidar dos nossos Encantados mais “antigos” e fomos primeiro para o Reduto!

Como sempre, os gatos vieram correndo ao nosso encontro!

O Gooordo, como o Chacrinha, veio “balançando a pança”, Mamãe da Filhota correu para rolar no chão feito um croquete, Patynho “croquetou” também.

Mamãe da Filhota

Gooordo
Patynho

Aliás, foi um dia de croquetes!

Até Sialatona e Pancinha fizeram graça rolando no chão!

Logo depois, chegaram Linda Irmã, Filhota (que veio num pinote danado, sabe-se lá de onde!) e o Pretinho que só come ração seca.

Pretinho que só come ração seca

Sophie, agora é um capítulo à parte... Não apareceu de novo!

Mesmo sem Sophie no Reduto, fui preparar o Banquete.

Filhota logo se apresentou para ajudar, enquanto os outros miavam reclamando da minha lerdeza. E, de repente, a Sialatona, num movimento “ninja”, subiu pelo lado da mesa, se equilibrou na beiradinha da prateleira de baixo da mesinha, se esticou toda e atacou o Banquete antes da hora!

Sialatona ninja

A cena foi engraçada! Mas, depois que a Sônia tirou as fotos, ajudei ela a subir direito na mesa... rsrs

Servimos o Banquete para os gatos e Sônia ensaiou carinhos na Linda Irmã... quer dizer, ensaiou como pegá-la pelo cangote! E ela deixou!!

"Test drive" para a captura da Linda Irmã. Acho que vai ser fácil!!!

Banquete

Mas isso terá que ser feito enquanto ela come. Pois depois que a Linda Irmã está com a barriguinha cheia, não temos idéia pra onde ela vai.

Preparei o Banquete da Colônia Tigrada e fomos levar lá.

Tínhamos esperança de encontrar Sophie, como na semana passada.

Chegamos lá fazendo barulho...

Mas poucos Tigrados apareceram. Somente a Trairinha (que mordeu a Sônia hoje!) e mais dois Tigrados.

Um tigre, dois tigres, três tigres

Enquanto eles comiam, resolvi dar um passeio para ver se encontrava Sophie.

Mas que nada... chamei, chamei... e nem sinal de Sophie.

Até que, voltando pra perto da Sônia, passei pelo portão (aberto) da casa de show e decidi entrar (mesmo sem ser convidada...).

Aí, vi um gato preto, circulando em volta dos funcionários da casa de show enquanto eles ALMOÇAVAM!!!!

Chamei “SOPHIE”... e não é que era ela? Veio correndo na minha direção, bem faceira, com a maior intimidade com uma moça da limpeza e com os rapazes da manutenção!

Eles chamavam ela de Pretinha... Agora, já sabem o nome dela!

Fui saindo da casa de show, chamando e ela veio andando atrás de mim... ora corria na minha frente, ora ficava pra trás. Mas atendeu ao chamado o tempo todo. Sônia ficou toda boba com Sophie por perto!

Sophie!!! Absoluta!!!!!!!!!!!!!!!! (ps Sônia - eu bem chamei de Sophia da P... de tanta raiva que fiquei)

O rapaz da casa de show que me avisou da gatinha filhote tigradinha, trouxe ela para nos mostrar. Uma coisinha muito linda! Deve ter uns 3 meses, tigradinha escura e com a pelagem média (quase longa).

Mini Tigradinha comendo

Doce e carinhosa... Mas muito pequena para castrar.

Com o coração nas mãos, pedimos que o rapaz tomasse conta dela até que pudéssemos levá-la para castrar. Deixamos ração com ele.

Acreditamos que isso acontecerá em 3 ou 4 semanas.

Queríamos muito tirá-la do Parque. Mas não temos para onde levá-la. Os três bebês que estavam na casa da Sônia foram para um Lar Temporário (obrigada, Mari!), para dar o lugar para a Sialatinha.

Se alguém puder fazer Lar Temporário para essa linda Tigrinha por 4 ou 5 semanas, ficaremos eternamente gratas!

Bem, pegamos Sophie no colo e voltamos para o Reduto.

Ao chegarmos lá, os gatos estavam deitados pegando um solzinho e eu vi, de longe, um gato comendo o Banquete. Não era nenhum gato conhecido!

Parecia um gato preto e branco, de pelagem curta (parecido com o Bebê... com capa preta!). Mas antes que eu pudesse me aproximar, ele fugiu numa rapidez absurda e não deu tempo de ver muito mais que isso!

Preparei o Banquete dos gatos da Frente do Parque, fizemos alguns carinhos nos que se deixam acariciar e fomos embora.

Na Frente do Parque, fomos recebidas pelo Júnior e Cabeção. Eles gostam da gente! Cabeção rola no chão de alegria. Júnior é mais discreto...

Júnior - ô gatinho fotogênico!


Cabeção e Júnior


O Branquinho não estava lá. Perguntamos ao segurança e ele disse que não o vê há alguns dias... Mais uma notícia ruim... Por onde andará o Branquinho?

É tão angustiante isso! Nos sentimos andando numa corda bamba. Os nervos à flor da pele...

A Terra dos Gatos Encantados ainda deve demorar um mês (ou um pouco mais) pra ficar pronta e isso nos parece uma eternidade... Cada vez que vamos lá e não vemos um dos gatos, ficamos muito aflitas. É como se o “jogo” estivesse acabando e nós não pudéssemos fazer NADA...

Enfim... essa é uma outra história...

No Clube da Luluzinha, eu vi a Sandy e a Pio. Sandy saiu correndo, mas a Pio ficou deitadinha na sombra de uma árvore...

Pio na sombra


Bem, servimos Banquete para todos, pedimos que o segurança nos dê notícias do Branquinho, no caso dele aparecer, e fomos embora com o coração apertado com a falta de notícias de alguns, alegres por termos notícias dos outros.

Mas combinamos com o segurança que NÃO coloque comida pra eles no domingo de manhã. Pois com a barriguinha cheia, alguns gatos não aparecem pra gente. Quem sabe se, com fome, eles não vêm ao nosso encontro?

E esse foi o nosso dia no Parque.


TERRA DOS GATOS ENCANTADOS

Domingo, 17/07, fomos para Araruama ver a nossa obra.

Tivemos quase duas semanas de chuvas lá e isso atrasou muito a construção do segundo cafofo e a finalização do primeiro.

Mas o cafofo de trás já está até com telhado!

Cafofo de trás quase todo prontinho - ainda será feito todo o acabamento e vedação dos espaços.

As portas novinhas só esperando a colocação!!
O outro cafofo já está com a fundação pronta. Essa semana as paredes serão levantadas e já compramos as telhas, o piso, as portas e a tinta!

Início da construção do cafofo da frente. O projeto original foi alterado por 2 motivos:
1 - Não queremos que o gatil fique perto do muro da frente, para não haver risco de jogarem coisas;
2- No meio do caminho tinha uma cisterna desconhecida. Então, essa área terá que ficar livre.


Falta comprar os mourões, o alambrado e as pedras do quintal. Ainda falta, também, definir a localização ideal para o banheirinho deles.

Estamos torcendo muito para a obra bem rápido e podermos começar a levar os gatos para lá. Pois nossos corações estão cansados dessa montanha-russa emocional...

SIALATINHA

Sábado, 16/07, fomos visitar a Sialatinha de tarde, na volta do Parque.

Soubemos que ela não comeu direito durante o dia e recebeu alimentação forçada.

Levamos um sachezinho e ela tomou todo o caldinho! Comeu uns poucos pedaços e alguns grãos de ração seca que a Sônia jogava no chão da gaiolinha.

Aceitou carinhos, mas reclamou um pouco antes, como sempre!

Domingo, 17/07, fomos visitar a Sialatinha de manhã, antes de irmos para Araruama.

O resultado do hematócrito não foi animador. As taxas abaixaram... o que pode significar que a medula da Sialatinha está comprometida.

Ainda assim, ela aceitou os carinhos (depois de reclamar um pouco). Colocamos sachezinho e ela apenas lambiscou o caldinho. Mas comeu alguns grãos de ração seca que a Sônia jogou no chão da gaiolinha! Ela parece gostar dessa brincadeira.

Achamos que estamos perdendo a nossa Sialatinha Fujona. Isso nos corta o coração.

Hoje, Sônia vai levá-la para casa. Ela vai ficar lá, até quando der...

Sialatinha no seu último dia na clínica. Agora, veio para a "Cat Caverna"


Vai ter vida de princesa: receber muito carinho e atenção.

Sônia e André, nem sei o que dizer...

Mas vamos tentar nos manter equilibrados nessa corda bamba emocional. Sei que a pior parte vai ficar com vocês, mas estarei à disposição a qualquer hora, viu?

E esse foi o nosso final de semana... Grandes preocupações, grandes angústias... entremeadas por pequenas alegrias.

Momentos muito tristes... Momentos alegres (ver os outros gatos bem nos deixa felizes!)...

Um momento feliz é ver o Bebê, na sua casa nova... gordo, amado e feliz!

Bebê está lindo!!!! E isso é festa para os nossos corações!!!

Adivinhem quem é essa belezura? Bebê!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


E, como diz a letra da música:

“A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira pra lá...”

(Chico Buarque)

Um comentário:

Rodocats disse...

Queridas, obrigada por dividirem tanto conosco, gostaria de poder fazer mais...
Se meus resgatinhos que vão para a Bahia forem logo e a bb tigradinha estiver ainda sem LT fico com ela até a castração...chateada de não poder fazer isso já!!!
Bjus no coração amoroso e generoso de vcs.