31 de jan de 2010

Gatos Encantados – Um dia comum.

Sábado, dia 30 de janeiro, eu e Sônia resolvemos voltar ao Parque. Ainda estamos inseguras em relação à alimentação dos gatos da Faculdade.

Como não tem mais ninguém para tomar conta desses gatos, é preciso que fiquemos muito seguras para só voltarmos a cada 15 dias.

O lugar onde ficam os gatos (e o Cafofo) está um deserto. Várias lojas abertas, sem uma viva alma circulando por ali... Parece uma cidade abandonada. É muito estranho.

Bem... Fomos lá.

Realmente o Cafofo está sendo usado pelos gatos. A família do Vaquinha-Pai está bem a vontade lá. Entenderam que aquele espaço é deles, tem comida farta e ficam em segurança lá dentro.

Mal chegamos e o Vaquinha-Pai e o Laranjinha começaram a miar e não fugiram tanto da gente como antes.

Achamos que estão estranhando o isolamento e sentem falta de algum movimento de pessoas. É um ambiente desolador mesmo. É, de certa forma, seguro pra eles. Pois não correm risco de encontrar algum humano covarde pelo caminho. Mas é uma solidão desoladora.
Adoraríamos que eles migrassem para o Parque. Mas eles acham que ali é a casa deles.

Abrimos o Cafofo, limpamos tudo, trocamos a água e colocamos petiscos para eles.

Preparando os comedouros - tem uma tábua em baixo para que pudéssemos colocar as placas anti-formiga (vamos ver se dá certo)

Ficamos um tempão lá. Um calor de rachar. Os gatos estavam ofegantes de tanto calor. Nem uma brisa para amenizar o calor.

Achamos que eles queriam nos “contar” alguma coisa. O Vaquinha-Pai e o Laranjinha miavam muito! Andavam atrás da gente, com uma distância segura, claro.
Mas não entraram no buraco! Ficaram o tempo todo por perto.

Vaquinha-Pai
Laranjinha

A Mãezinha logo apareceu... miando muito também.

Mãezinha achou uma sombra
Um pouco depois, vimos o PPA, que já está menos arredio. Parece que lembrou que nós damos petiscos gostosos... rs (PPA não mia pra gente!).

PPA

Apesar de termos ficado bastante tempo lá, não vimos nenhum dos outros gatos. Estamos creditando esse sumiço ao calor insuportável que estava fazendo lá.

O lugar é árido mesmo. Não tem nenhuma árvore fazendo uma “sombra amiga” e o sol se torna escaldante.

Mas eles parecem bem. Estão com a pelagem brilhante e gordinhos.

Aí, fomos até o Parque.

Fomos direto ver a tal gatinha da casa de show (a que vivia no escritório, no ar condicionado). Nossa intenção era já negociar a castração dela para a nossa próxima ida ao Parque.

Bem... o “chefe” da menina que estava cuidando dela mandou que a gatinha saísse de lá. E a gatinha foi doada para uma amiga da moça que cuidava dela.
Essa amiga já tem uma gata castrada e vai castrar a gatinha também.

Ficamos um pouco decepcionadas, mas tranqüilas em relação ao futuro dela.
Estamos aguardando fotos da gatinha em sua nova casa e nos colocamos a disposição para orientar a castração dela, caso seja necessário.

Passamos pela colônia de um dos brinquedos, onde ficam uns 10 ou 12 gatos e servimos um potão de ração especial pra eles. Não estavam todos por ali e deixamos bastante ração “de festa” para os ausentes temporários.

E fomos, então, para o Reduto da “tia” Sônia. Afinal, temos que servir o Banquetão, né?

Ali, já somos figurinhas fáceis. Os gatos já estão nos recebendo mais amistosamente. Eles aparecem rapidamente quando chegamos. E miam!

Sabem que vão ganhar petiscos!!

Dessa vez, comiam enquanto eu preparava o banquete. Bem ao alcance das minhas mãos!

BANQUETE!!!!! Sophie, a gulosa, é a da direita. É a primeira a começar e a última a parar de se fartar no banquete!

Mas bastava eu fazer um movimento em direção a eles para se afastarem.

Então, não fiz nenhum movimento “suspeito”. E eles comeram muito pertinho de mim!

Fomos tomar um refrigerante (não somos de ferro... rs) e levamos Whiskas Sache para os gatos do quiosque. Mas só um apareceu pra comer.

Bem... Capturas aos 42º de calor, com sol a pino é impossível, né?

Voltamos com as mãos abanando... Mas com a certeza que os gatos estão bem.

Domingo de Carnaval estaremos lá... fantasiadas, firmes, fortes e cheias de vontade de capturar algum gato ainda desavisado... rsrs

3 comentários:

Cassia Angel disse...

Eu quero ir no domingo de carnaval ver os gatitos... Posso???

Ira Tapetes Barbantes disse...

Ai....Sophie eu adoraria ter vc aqui comigo na minha casa..tia Ira não te esquece boneca! Vc está linda de viver!O Mo Deusoooooo.....

Sônia Schmidt disse...

Pode, Cassia, claro!!!!!

Ira! Eu sei que você adora a Sophie. Posso afirmar que ela está ótima!!!!