25 de set de 2011

Gatos Encantados – Complicada e Perfeitinha...

Hoje, o relato será TRIPLO!

Vamos lá:

Quinta-feira, 20 de setembro, fomos ao Parque.

Nossa rotina, de agora em diante, será ir no Parque, capturar e partir para Araruama.

Então, lá fomos nós!

Decidimos ir mais tarde para tentar os gatos mais “notívagos” também.

Passamos primeiro na Cidade Fantasma para buscar algumas coisas (ração, potes...) e fomos para o Parque.

Claro que a primeira parada foi no Reduto. Linda Irmã está absolutamente sozinha lá e isso nos corta o coração.

Montamos a armadilha e fui preparar o Banquete. Como sempre chegamos lá chamando por Sophie, fizemos a mesma coisa... Chamamos “Sophie... Sussu...”

Não demorou muito e ela apareceu. Linda, como sempre! Só que muito arredia. Acreditamos que ela se aproximava da gente porque se sentia segura no meio dos outros gatos.

Servimos um pouquinho de nada do Banquete, mas ela não se aproximou, apesar de estar com fome. Pois pedimos ao segurança que não colocasse comida pra nenhum gato.

Linda Irmã ficou de longe e nós ficamos esperando... Ela rodeava a armadilha e saia de perto... Isso durou algum tempo. Até que ela subiu na mureta.

Pegamos a armadilha e colocamos em cima do muro também!

Logo depois, inda Irmã voltou a se interessar pelo banquetinho que estava lá dentro. Levou um tempão até ela colocar a primeira patinha dentro da armadilha.

Eu e Sônia, dentro do carro, mal respirávamos!

Linda irmã entrou na armadilha... bem devagar. Um passinho de cada vez... e o último passo, foi largo demais! Ela colocou uma patinha depois do pedal que desarma e fecha a armadilha!

Linda Irmã dentro da armadilha com a patinha depois do pedal - haja coração!
Comeu um pouco do banquete e deu a volta pra sair... Ela já estava de frente pra saída, quando pisou no pedal e a armadilha fechou.

E o inesperado aconteceu!

Foi tudo muito rápido! Quando ela pisou no pedal, já estava de frente pra saída e, inacreditavelmente, a trava quicou e ela conseguiu sair da armadilha.

Eu e Sônia ficamos paradas, atônitas e extremamente frustradas.

Linda Irmã fugiu dali correndo.

Resolvemos dar um tempo pra ela e recolhemos nossa coisas para levar para a Colônia Tigrada.

Apareceu só um tigrado e o Preto e Branco peludo. Com fome, claro!

Começamos o processo de “sedução” pela gula com os dois gatos. Armadilha e Gaiolão.

O Tigrado entrou algumas vezes na armadilha, mas em nenhum momento entrou o suficiente para pisar no pedal. Também arriscou umas entradinhas no gaiolão, mas também não entrou o suficiente para puxarmos a cordinha que fecha a porta...

O Preto e Branco peludo, perseguido pelos gansos, se esquivou bastante e não entrou nem na armadilha e nem no gaiolão.

Gato preto e branco de olho na comida...

...e levando corrida do ganso

Melancia 2 só "assuntando"

Já estava quase escurecendo, quando resolvemos ir embora. Ainda tínhamos que passar de novo na Cidade Fantasma. Quem sabe a gente encontrava a Fera do Buraco ou a Tricolor Esmaecida, né?

Colocamos ração para os Tigrados, para Linda Irmã e fomos até a Frente do Parque. Só vimos a Pio e de longe... muito longe... (a captura dessas gatas da Frente será um grande desafio pra gente).

Pio de longe

E fomos embora.

No Cafofo não tinha um grão de ração. Olhamos por todos os cantos, procurando vestígios das gatas e não vimos nada. Aí, decidimos montar a armadilha DENTRO do cafofo... (Quem sabe, né?) e decidimos voltar no dia seguinte bem cedinho pra ver o resultado dessa idéia.

Como tínhamos que passar num shopping perto do Parque, fomos até lá antes de ir embora.

Resolvemos as coisas por lá e, como a Sônia saiu pela saída errada do estacionamento, iríamos passar em frete a Cidade Fantasma de novo.

Já estava escuro e, não estávamos confortáveis em deixar a gata presa até o dia seguinte... Enfim, resolvemos dar uma passada lá de novo!

Um breu! Não tem luz! E, quando o farol do carro bateu no chão, era uma quantidade imensa de GAMBÁS correndo de um lado para o outro.

Corremos para abrir o Cafofo e... Tinha um filhote de GAMBÁ preso na armadilha!

Sônia logo soltou o bichinho (que não se fez de rogado e comeu tudinho que colocamos como isca!), e ele saiu correndo pelo mato!

Ficamos atônitas de novo! Tivemos a certeza absoluta que o grande consumo de ração ali é por causa dos gambás... e os gatos devem aproveitar muito pouco da comida que colocamos.

Por desencargo de consciência, colocamos um pouco de ração no comedouro e fomos embora pra casa. Pois não tínhamos ninguém pra levar para Araruama...

Um dia frustrante...

Porém, quando cheguei em casa, vi, no meu DropBox (um super programa de envio de arquivos – Pesquisem e usem – É fantástico!), um monte de fotos da Terra dos Gatos Encantados que a Noêmia mandou!

Esse é o segundo relato!

Os gatos que já estão na nova casa, estão se adaptando super bem. Noêmia está cuidando dos pequenos com tanta dedicação e carinho que eles já se sentem em casa!

Todos já descobriram para que serve o Condomínio Felino! Dormem nas cestinhas forradas com pelúcia de oncinha! rs

Nossas caminhas são gostosas e fashion!!!!!!!!!!!!!!!!!!




Bom dia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Quando Noêmia entra com o Banquete, quase todos correm ao encontro dela! É um monte de gatinhos rolando como croquetes de tanta alegria!

Croquetes de gatos



Exagerado! Jogado a seus pés...



Eles estão ganhando banquete todos os dias! Estão comendo bem, e fazendo um bocadão de cocô!

Como ainda não tínhamos plantado grama entre as pedras do pátio, a terra que fica em volta das pedras viraram a alternativa preferida para o cocô e xixi!

Decidimos, então, cimentar em volta das pedras. Noêmia tomou conta para que durante a colocação do cimento fosse esticado uma lona plástica sobre todo o piso, para que eles não queimassem as almofadinhas..

E ficou ótimo!

Tudo cimentadinho! Ficou bom! Logo, logo, teremos vasinhos com catnip!

Eles estão fazendo cocô e xixi no banheirinho (tirando uns poucos “errantes”) e ficou ótimo com tudo cimentado!

Já compramos sementes de CatNip pra plantar em pequenos vasos e espalhar por todos os cantos!

Enfim... é o Mundo Encantado dos Gatos Encantados!

ESTÁ DANDO TUDO CERTO!!!!!!!

Patynho informa: estamos muito bem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Agora, o terceiro relato!

Hoje, 24 de setembro, fomos ao Parque.

Como não deixamos a armadilha montada no Cafofo, não fomos ontem lá.

Passamos na Cidade Fantasma para pegar a armadilha (estava imunda por causa da gambá). Lavamos ela e fomos para o Parque.

Levamos 50 quilos de ração e deixamos com o segurança.

Aí, fomos para o Reduto.

Linda Irmã era a nossa meta principal de hoje!

E, assim que chegamos, começamos a chamar por “Sophie”... rs É assim que eles sabem que chegamos!

Fingi preparar um super Banquete, com sache, latinhas e frango cru (que a Sônia levou).

Linda Irmã apareceu. Tímida e desconfiada.

Montamos a armadilha e jogamos pedacinhos e ela, apesar de estar com fome, não demonstrou nenhum interesse!

Deixamos a armadilha montada lá e fomos para a Colônia Tigrada. Ainda tem dois Tigrados e o Preto e Branco peludo lá...

Um dos Tigrados, mais tranquilo, se aproximou várias vezes pra comer os pedacinhos de Banquete que jogávamos.

Até que ele entrou no gaiolão! Sônia puxou a corda e, mais uma vez, algo aconteceu e ele conseguiu sair do gaiolão.

Depois de entrar e escapar, não entrou mais... espero que tenha memória curta (e que minha mão seja menos "frouxa")

Fui no Reduto e peguei a armadilha. Montamos lá na Colônia Tigrada e ele nem chegou perto!

O outro Tigrado, que sempre fica de longe, continuou de longe observando a gente...

Oitavo elemento tigrado... de loooonge

Mantendo os gansos ocupados... muito milho no chão

Já estávamos guardando o gaiolão, quando o Preto e Branco peludo, que ainda não tinha dado as caras, apareceu, do nada e foi comer no potinho que esquecemos no chão...

Corremos pra montar a armadilha e ele fugiu.

Deixamos a armadilha ali por um tempinho e ele reapareceu. Foi se aproximando da armadilha e acabou entrando!

Dessa vez, tudo funcionou! E ele ficou preso!

Corremos para transferi-lo. Esse gato tem o miado mais curioso que já ouvi!

Parecia uma alma penada gritando... "Úhuhu.... Úhuhuhu..."
Até que virou um “Éruimmmm”... “Éruimmmm”
E logo depois um “Rauuuuulllll”... “Rauuuuulll” (lembramos do querido e saudoso Raul, do Ricardo, e o batizamos de RAUL também! – Ricardo, entenda isso como uma homenagem!).

Rauuuuulllllllllllllllllllll!

Encerramos os “serviços” por ali e voltamos as baterias para a captura da Linda Irmã!

Voltamos para o Reduto e montamos a armadilha. Linda Irmã estava por ali, meio escondida nos matinhos.

Aprendemos com a Tatis, da Confraria dos Miados e Latidos, a transferir gatos da gaiola de transferência da armadilha para a caixa de transporte e fizemos o serviço direitinho! Raul ficou na caixa de transporte e liberamos a caixa de transferência para a Linda Irmã (somos otimistas!).

Um exercício de paciência e persistência se instalou ali. Quem venceria pelo cansaço? Nós ou Linda Irmã?

Saí de perto e Sônia ficou dentro do carro. Muito tempo depois, tudo continuava na mesma. Linda Irmã saia da toca e voltava a se esconder.

Tive a idéia de fingirmos que íamos embora! Deixamos a armadilha montada e saímos de carro.

Paramos perto da Montanha Russa e fomos a pé, pelo meio do mato, até perto do Reduto.

Pode parecer meio ridículo... mas deitávamos no chão para olhar por baixo do portão, sem que Linda Irmã nos visse...

Isso durou muito tempo!

Linda Irmã comeu tudo o que deixamos em volta da armadilha. Até que percebeu que estávamos ali... Vigiando de longe...

Aí, ela sentou bem longe de nós e ficou nos encarando! Desisti de disfarçar e fui até perto dela para jogar pedacinhos de sache. Só que, quando cheguei perto, ela já não estava mais lá.

E Linda Irmã nos venceu pelo cansaço!

É a imagem da “Complicada e Perfeitinha”!!!

Estávamos com o Raul no carro e ele, por não sabermos se era realmente macho ou fêmea, castrado ou não, tinha que ir para o veterinário.

Ele está com uma pelada no dorso e não vamos levá-lo para a Terra dos Gatos Encantados desse jeito, né?

Então, recolhemos nossas tralhas e fomos embora.

No caminho, trocamos o ponto de alimentação dos gatos do Cafofo. Como já vimos eles do lado do Parque, colocamos o comedouro numa outra casinha que tem ali perto. Vamos tentar capturar esses gatos do lado do Parque e não vamos mais deixar ração no Cafofo.

Já na clínica, confirmamos que Raul é macho e é castrado!

A pelada, segundo uma primeira análise, parecer alguma alergia. Ele foi medicado e vai ficar na clínica por alguns dias. Depois deve passar mais uns dias na casa da Sônia pra se fortalecer e depois ele vai para a Terra dos Gatos Encantados.

Vamos voltar ao Parque na segunda-feira. E dessa vez, vamos, de novo, tentar pegar a Linda Irmã. É terrível saber que ela está absolutamente só no Reduto.

Isso nos corta o coração.

É isso... Estamos felizes por capturar o Raul e com o coração apertado por não tirar a Linda Irmã, os dois Tigrados, a Pio, Sandy, Tricolor Esmaecida e a Fera do Buraco de lá...

Como sempre, os Gatos Encantados nos ensinam que a vida é um exercício constante de paciência, perseverança e de controle emocional.

E acho que estamos aprendendo bastante... rs

4 comentários:

Daniela Tórgo disse...

Ameiiii o post triplo principalmente a Complicada e Perfeitinha!!!!

Thalita Dias Braga disse...

Falta pouco meninas, tudo vai dar certo e todos serão felizes na Terra dos Gatos Encantados!!!!

ROGELIA MATTOS disse...

QUE BOM MENINAS AGORA SÓ FALTAM 8 ENTÃO.TO NA TORCIDA PRA QUE VCS CONSIGAM LOGO PEGAR A LINDINHA PQ ELA DEVE ESTAR SE SENTINDO MUITO SÓ E OS OUTROS TB É CLARO.

Gatos da minha vida: Lola, Lilica, Smigol e Preta disse...

Paciência é tudo mesmo!!! Vcs vão conseguir, to torcendo!!! Eles parecem mesmo muuuito felizes na terra gos gatos encantados, parabéns!!!!;-)
Bjinhaaaus
Wayne