7 de ago de 2011

Gatos Encantados – Dia de Reencontros!

Hoje o relato será duplo!

Ontem, 06/08, fomos para Araruama ver as obras da Terra dos Gatos Encantados.

Quanta alegria! Os cafofos estão quase prontos! Paredes, telhado, piso, portas... tudo em fase de finalização!


Cafofo da frente (na frente) e cafofo dos fundos (ao fundo hehehe)
Cafofo da frente
Cafofo da frente - outro ângulo
Cafofo do fundo viso do cafofo da frente

As portas e o piso ficaram lindos.

Piso e porta (não se espantem com os buraquinhos no teto... serão todos LACRADOS!!!)

Essa semana, compraremos os gradis (update... as telas já foram compradas!!!!!!) e acreditamos que, em cerca de três semanas, estará tudo pronto para começarmos a levar os Gatos Encantados para a nova casa e eles serão “felizes para sempre”!

Vimos o Bebê!!! Ele e sua “pochete” desfilaram pela casa. Ou seria como o Chacrinha, “balançando a pança”?

Peguei Bebê no colo, como fazia no parque, e confimei o que já imaginava: Com o atual “corpitcho”, não conseguiria dar carona de colo pra ele... Bebê deve estar com uns cinco quilos! E cada dia mais lindo e levado!

Bebê lindo e maravilhoso!

Obrigada, Noêmia. Não sabemos expressar em palavras o que isso significa para nós! Talvez a palavra certa nem exista...

E hoje, 07/08, fomos ao Parque!

Dessa vez, tivemos a companhia da Natália! Uma visitante ilustre, que “patrocinou” os petiscos do Banquete!

Fomos direto para o Reduto.

Alguns gatos estavam deitadinhos no pátio e outros vieram correndo quando perceberam que estávamos chegando!

Gooordo (que veio de longe), Filhota, Mamãe da Filhota, Patynho, Linda Irmã (que veio de longe), Pancinha, o Pretinho que só come ração seca...

Finalmente uma linda foto do (da) Pançola


Linda Irmã

Gooordo tomando seu banho
Sialatona e sua linguinha rosinha
Filhota da Mamãe provando o banquete

Mamãe da Filhota


Patynho (adoro postar fotos deles com a linguinha de fora)

Menos a danada da Sophie!

Aí, começa a nossa angústia... é um tal de gritar “Sophie... Sophie... Sussú...” e nada.

Deixei Sônia e Natália preparando o Banquete e fui até a casa de show, que hoje fica toda fechada.

No caminho, encontrei Sialatona, Trairinha, o outro tigradinho do Quiosque... e nada de Sophie!

Abaixei em frente ao portão, e por baixo chamei: “Sophie... Sophie...” e, quando já estava quase desistindo de chamá-la, ela apareceu... por baixo do portão!

Peguei Sophie no colo e a levei de volta ao Reduto!

Sophie ganhando dengo da Natália

O Banquete já estava servido e Sophie, Sialatona e Trairinha correram para participar.

Afinal, tinha petisco novo, né? Natália levou latinhas de pedaços de carne com molho! Eles AMARAM!

Enquanto eles se fartavam, Natália e Sônia foram preparar o Banquete da Colônia Tigrada. Hoje eu tirei férias da “cozinha”! Fiquei só de fotógrafa!

Fomos, então, levar o petisco da Colônia Tigrada.

Sialatona, fazendo as honras da casa (como o Bebê fazia), foi nos seguindo até lá. Taririnha também nos seguiu!

Na Colônia Tigrada, os gatos foram aparecendo aos poucos. Seis gatos acabaram chegando por lá. Inclusive a Narizinho, que não víamos há algum tempo.

Os Tigrados (nem eu soube achar quem era quem nas fotos hehe, mas a Narizinho está aí!)

Dá para ver que ela tem uma manchinha no nariz?
Trairinha
Água no feijão que chegou mais um...

Sialatona (um espetáculo de gata) visitando a colônia Tigrada

De repente, um gatão amarelo e branco passou correndo por dentro da “praça de alimentação”. Parou, olhou o Banquete, pensou se valia a pena participar... Ao nos ver melhor, decidiu ir embora. Mas, enquanto ele decidia se ficava ou não, consegui fazer umas fotos dele!

Ops... um amarelo

Eu já tinha visto esse gato há umas quatro ou cinco semanas. Mas não consegui fotografá-lo. É um gatão lindo!

O preto e branco da semana passada não deu o ar da graça!

Voltamos para o Reduto, com a Sialatona nos seguindo, e encontramos os gatos tirando um cochilo na sombra, com a barriguinha cheia e felizes com o Banquete. Eles realmente amam esse momento!

Eita cochilo bom!!!!!!!!!!!!!!!!


Parecem crianças quando ganham um sorvete ou uma guloseima nova...

As meninas prepararam o Banquete dos gatos da Frente do Parque (eu estava de férias, né?) e aproveitei para tirar mais fotos dos gatos!

E, aí, chega a hora de ir embora dali...

É triste deixá-los lá... olhando a gente ir embora...

Não vemos a hora deles nunca mais ficarem sozinhos! Nunca mais ficarem sem supervisão, sem atenção... E isso está quase acontecendo! As vezes, penso que vou acordar a qualquer momento e descobrir que era apenas um sonho... Mas SEI que é a REALIDADE!

Bem... fomos para a Frente do Parque.

Júnior e Cabeção vieram logo nos recepcionar. Lindos e gordinhos.

O Branquinho não estava por lá... Perguntamos ao segurança e ele disse que Branquinho estava lá pela manhã.

Caramba! Mais uma vez sem ver o Branquinho???

Servimos o Banquete dos meninos e das meninas. O segurança foi orientado, pela direção do Parque, a colocar os comedouros juntos do lado do Clube d Luluzinha. Júnior e Cabeção se mudaram para o lado de lá e achamos que as meninas não ficaram muito felizes com isso. Pois não apareceram para nós.

Só Melancia e a Sandy (muito rapidamente).

Melancia

E começamos a ouvir um miado... Olhamos tudo... até que conseguimos descobrir de onde vinha o miado. Nos aproximamos e conseguimos “reconhecer a voz”!

Era o miado do Branquinho!!!! E o vimos por cima do forro da entrada do Parque.

Branquinho entalado no forro... juro que não sei qual a dificuldade para descer... é tudo aberto!

Chamamos por ele (esquecemos que ele é surdo!) e ele só miava...

Pegamos uma escada e a Sônia, corajosamente, subiu e colocou com um pratinho de Banquete perto, até que ele chegou perto.

Cabeção e Júnior pensando: o que essa louca está fazendo em cima dessa escada?

Sônia, como uma “águia”, pegou ele pelo cangote! Corri pra perto e Sônia me entregou ele!

Abracei o Branquinho, agora CINZA de tanta sujeira, e o acalmei... acalentei... acariciei... até que ele voltou a ser o gatinho carinhoso e calmo de sempre.

Branquinho... Branquinho???? Affe! Vai ser rebatizado!!!

Colocamos um pote de Banquete pra ele. Branquinho alternava entre comer e fazer e pedir carinhos...

Ficou no colo da Natália um tempão e ela o acariciava... e Branquinho babava! Ele baba muito quando está feliz! (já olhamos os dentinhos e as gengivas dele: são saudáveis).

Cinzinha ops... Branquinho no colo da Natália; reparem nos pingos de baba na calça! Ah que satisfação!!!!!!!!!!!!

Ficamos felizes com o reencontro com o Branquinho, quer dizer, Cinzinha!

Depois de muitos carinhos no Júnior, Cabeção e Branquinho, quer dizer, Cinzinha, fomos embora. Ainda tínhamos que ir na Cidade Fantasma!

Na Cidade Fantasma, o consumo de ração foi total de novo! Nem um grão de ração no chão e os comedouros jogados.

Não temos como saber se os gambás descobriram esse ponto de alimentação, ou se são apenas gatos comendo lá.

Fizemos uma descoberta interessante: Um móvel que colocamos no Cafofo para servir de caminha para os Quatro Mosqueteiros voltou a ser usado. Descobrimos isso porque não tem nenhuma teia de aranha no móvel. E, quando não há uso, ficam umas teias fininhas, como tem nas outras caixas que deixamos lá.

Enquanto Sônia e Natália (eu estava de férias...) cuidavam de lavar as coisas e repor ração, fui chamar a Cor-de-Rosa. Nunca perco as esperanças de ver algum gato por ali...

Fui chamando por ela até a cerca que divide a Cidade Fantasma do Parque. Gritei bastante... e, de repente, vi um movimento no matinho do lado do Parque, bem perto da cerca...

Fiquei quieta e vi que era a Cor-de-Rosa!!!!! Ela atendeu ao meu chamado!

Voltei para perto do Cafofo, chamando, e ela veio me seguindo!

Ah... que alegria vê-la!

Servi rapidmente um sache e uma latinha de carne no molho (presentes da Natália), e a Cor-de-Rosa mostrou o poder da sua gula! Comeu, comeu, comeu...

Cor-de-Rosa continua LINDA! Está gordinha e com a pelagem maravilhosa e a gente estava morrendo de saudades!

Cor-de-Rosa e sua linguinha também cor-de-rosa

Hoje foi o dia dos reencontros: Narizinho, Branquinho e Cor-de-Rosa!

Obrigada, Natália, pela companhia e pelo “patrocínio” do Banquete! Os Gatos Encantados adoraram os petiscos!!!

E uma pequena nota:

Essa semana, a nossa pequenina Sialatinha foi embora. Foi encantar outras dimensões.

Deixou nossos corações partidos e sentiremos saudades para sempre.

Mas preciso dizer o quanto sou grata a ela.

Essa pequenina sempre fugiu de nós. Fugia a qualquer movimento nosso. Foram quase quatro anos sem nenhum tipo de aproximação.

Chegamos a pensar que tínhamos feito alguma coisa errada com ela.

Porém, quando ela sentiu que precisava de ajuda, veio ao nosso encontro. Ela SABIA que podia contar com a gente! De alguma forma, ela SABIA disso!

Nós a ajudamos... Sialatinha recebeu atendimento veterinário, transfusões de sangue, carinho, amor, proteção... Tudo o que ela veio buscar em nós.

Mas a vida nem sempre é gentil e nossa pequenina perdeu a batalha.

Sialatinha deixou uma profunda mensagem para mim e Sônia: Estamos no caminho certo! Os Gatos Encantados SABEM que podem contar com a gente!

Obrigada, Sialatinha, por confiar em nós... Pena que não somos onipotentes...

E obrigada a todos vocês que nos ajudaram comprando a rifa, torcendo, nos dando apoio moral, rezando... Nossa gratidão a todos por nos ajudarem a dar uma Vida Encantada, mesmo que curta, para a nossa pequenina!

10 comentários:

Anônimo disse...

Fiquei muito emocionada. Por causa do Branquinho, da Sialatinha, da Terra dos Encantadas. Obrigada pelo relato, pela dedicação. Beijos, Vera Alice

Sônia Schmidt disse...

Ah Vera! Estamos tão ansiosas para a Terra dos Gatos Encantados ficar pronta!!!!!!!!!!!!
Assim, poderemos estar sempre de olho nas "crianças".

ROGELIA MATTOS disse...

OI SÔNIA,ACABEI DE PERDER UM DOS MEUS FILHOTES HOJE PELA MANHÃ,MEU CAÇULINHA TEVE OBSTRUÇÃO URINÁRIA.ELE ERA O GATINHO DA MINHA FILHA E COMEÇOU A FICAR DOENTINHO NO SÁBADO A TARDE.DOMINGO CEDINHO APESAR DE ESTAR COM A CASA CHEIA DE VISITAS CORRI COM ELE PRO VETERINÁRIO,ELE FOI MEDICADO E A TARDINHA CONSEGUIU URINAR UMA VEZ EM GRANDE QUANTIDADE MAS DEPOIS DISSO PAROU DE VEZ.ONTEM VOLTEI AO VET COM ELE NOVAMENTE,TOMOU SORO,MEDICAMENTO E OUTROS MEDICAMENTOS ORAIS FORAM RECEITADOS.ESTAVA DANDO REMÉDIO DE HORA EM HORA PRA ELE MAS NÃO RESISTIU.MORREU NOS MEUS BRAÇOS HOJE PELA MANHÃ.ELE ESTAVA COM A URETRA TODA OBSTRUÍDA DE AREIA E COM OS MEDICAMENTOS COMEÇOU A ELIMINAR.MAS NÃO RESISTIU AS DORES.TO ARRASADA AMIGA E MINHA FILHOTA MAIS AINDA.ELA JÁ ESTÁ COM FEBRE E CHORANDO DESDE QUE ELE FICOU DOENTE.ESTOU PENSANDO SERIAMENTE EM ADOTAR UM NOVO FILHOTE PARA ELA.MAS JURO QUE DESTA VEZ QUERO UMA FÊMEA(A VETERINÁRIA DISSE QUE É MAIS RARO ELAS ENTUPIREM COMO ACONTECEU COM ELE)TODA A FAMÍLIA ESTÁ DESOLADA.

Luciana rodrigues disse...

mais uma vez emocionada com os relatos...a terra dos encantadinhos está ficando linda!!! só uma dúvida: os bichanos vão ficar fechados nos cafofos? ou os alambrados q vcs falam é pra deixá-los soltinhos?

ah, meus sentimentos pra amiga aí de cima !!!

Silvia Fabris disse...

Amo ler as narrativas!!!! cada visita a gatarada... parece sempre que estou junto de vcs... e a sialatinha, está com meu anjo Vitinho, brincando por outras bandas! ahhhh que saudades que deixam em nossos corações...

Sônia Schmidt disse...

Luciana
O alambrado vai ligar um cafofo ao outro. Tudo espaço livre!!!!!!!!!!!!!!!

Silvia, bom demais, né? Estamos ansiosas para a mudança!

Josi Saldanha disse...

Feliz pelas ótimas notícias... triste pela pequena Sialatinha. Mas tudo tem um motivo nessa vida.
Quero conhecer a Terra dos Gatos Encantados!!! :D

Katia Bandeira disse...

Estou tão orgulhosa de fazer parte disso também...
Emocionante!
(os gatos estão lindos!)

Luciana rodrigues disse...

se rolar uma excursão de sp pra terra dos encantados eu topo!!!!rsrssr

Sônia Schmidt disse...

Ficamos muito tristes, também! Mas sabemos que ela foi amada e cuidada, Josi. E não tem jeito: quem sai na chuva é para se molhar, né? O Sofrimento faz parte...

Katia, dá orgulho, mesmo!!!! E nos sentimos orgulhosas, também, por termos ganhado a confiança de tanta gente. Sem a ajuda das madrinhas e padrinhos nada disso seria possível.

Luciana, achei a ideia ótima!!!!!!!!!!!!!!!