17 de abr de 2011

Gatos Encantados – Lata D’Água na Cabeça...

Hoje, 17/04/11, fomos ao Parque!

Eu, Sônia e Noêmia. Com o firme propósito de realizar a Cerimônia de Lavagem do Cafofo!

Um lindo dia de sol e muito claro é sempre propício para se “brincar” com água, né? Mesmo que seja pra carregar dezenas de baldes de água... sempre respinga um pouquinho na gente pra refrescar... rsrs

Chegamos na Cidade Fantasma e fomos logo esvaziando o Cafofo. O consumo de ração foi um pouco menor que o costume. Mas, como não sabemos quantos gatos se alimentam ali, nada mais nos causa espanto.

Assim que chegamos, Noêmia chamou pela Cor-de-Rosa... que prontamente atendeu ao chamado! Ganhou 2 sachês e água fresquinha e depois ganhou uma pote de Three Cats! Uma gatinha gulosa!

Noêmia chamando a Cor-de-Rosa
E ela é boba de não atender?

Cafofo esvaziado, varremos tudo e começamos a Cerimônia de Lavagem propriamente dita.

Enquanto o fornecimento de baldes de água ficava por minha conta, Sônia e Noêmia atacaram a sujeira com as vassouras.

E a Lata D’Água na Cabeça foi cantada por nós...

Lata d'água na cabeça, Lá vai Maria. Lá vai Maria
Sobe o morro e não se cansa
Pela mão leva a criança... lá vai Maria

Acho que fiz umas 30 viagens carregando o baldes cheios de água... rsrs
Aliás, está sendo bastante difícil digitar esse texto! Meus braços pesam uma tonelada cada!!! rs

De vez em quando, Noêmia “conversava” com a Cor-de-Rosa. E não é que ela responde??

Cor-de-Rosa ficou o tempo todo deitadinha na sombra de um arbusto, assistindo a gente trabalhar. A gatinha está linda! Gordinha, pelagem brilhante e farta...

Cor-de-Rosa "supervisionando" a lavagem do cafofo


Lava, lava...
Esfrega, esfrega, xuá, xuá!!!!!!!!!!!!!
Calor!!!!!!!!!!!!!

Bem... Cafofo limpíssimo, comedouro abastecido, água limpinha no bebedouro, juntamos nossas coisas e partimos para o Parque.

Cafofo lavado... ufa!!!!!!!!!

Essa semana, o nosso Anjo da Guarda, Gilson, nos avisou que tinham aparecido três gatinhos filhotes perto da Frente do Parque e estávamos ansiosas para saber como eram e tentar adivinhar quem seria a mãe deles.

Seria a Escaminha? Mas ela não levaria os filhotes para essa parte do Parque...

Enfim... Assim que chegamos, pedimos para o segurança nos mostrar onde estavam os bebês... e os vimos!

Primeiro, um tigradinho mínimo... depois um pretinho minúsculo... e depois, um pretinho menorzinho ainda e mais assustadinho.

Um bebê
Dois bebês
Três bebês

Nenhuma gata-mãe por perto... Estranhamos muito, mas não vamos deixar de cuidar desses bebês até a idade de serem castrados.

Vamos tentar fazer amizade com eles pra facilitar a captura. E, para isso, servimos DOIS sachêzinhos, que foram devorados rapidamente e colocamos um comedouro perto de onde eles se escondem.

É de cortar o coração ver três gatinhos tão minúsculos já abandonados. Tão indefesos... Os olhos ardem, o coração aperta... Dá uma vontade sem tamanho de pegar no colo, proteger, consolar, acalentar... Mas não temos onde colocá-los e, com o coração partido, os deixamos lá... Não estão na rua e têm abrigo e comidinha...

Demos uma passadinha rápida na Frente do Parque para colocar ração emergencial nos comedouros.

Mas alguma coisa estava diferente...

O Cinza e Branco ainda não castrado estava lá e não fugiu...

O Cinza e Branco não fugiu (ser´que ele é pai da Linda Irmã?)

Uma gata tigrada que não era vista há uns dois anos, também estava lá e não fugiu...

Gata Tigrada que há muuuuio tempo não víamos... não fugiu, no começo, depois fugiu hehe

Sandy estava lá e não fugiu...

Sandy (que não fugiu), Júnior (que invadiu a área das meninas) e Melancia

Melancia estava lá e não fugiu...

Melancia também não fugiu

Pio estava lá e... fugiu!
Mas vimos o Junior e o Cabeção por ali também. O Branquinho só foi visto pelo segurança.

Júnior e Cabeção

Colocamos ração nos comedouros e deixamos o Banquete para o “segundo tempo”. E fomos para o Reduto.

No caminho, chamamos pelo Bebê, em frente à Favelinha. Claro que cada dia temos um coro novo. Pois Noêmia sempre vai nos contando as estrepulias do Bebê durante a ida para o Parque.

A chegada no Reduto é sempre muito festejada pelos gatos. Todos que estão por ali, vêm correndo ao encontro do carro e a gente tem que saltar do carro para tirá-los da frente!

Assim que paramos o carro, foi uma correria de gatos! Todos chegaram!

Filhota, Mamãe da Filhota, Patynho, Linda Irmã, Gooordo, Sialatinha, Sialatona, Pancinha, Pretinho que só come ração seca e a Absoluta Sophie...

Mamãe da Filhota

Pretinho que só come ração seca
Patynho
Sophie e Gooordo
Gooordo dormindo
Linda Irmã
Sialatinha
Filhota e Patynho

Noêmia levou carne crua e frango cru para eles! A farra foi grande e quase atacaram a Noêmia. Ela me pediu “socorrooooo!!!” e tudo.

Corri pra fazer o Banquete, pra ajudar no controle do pecado da GULA.

Banquete


Sialatona

Filhota sempre "ajudando" a preparar o banquete
E sempre "namorando" a bolsa da Angela
Filhota se aventurando por outras bolsas

Preparamos o Banquete dos gatos da Colônia Tigrada e fomos levar... Também ganharam carne crua e franguinho cru! Eles AMAM esse petisco!

Hoje, sentimos falta da companhia da Trairinha. Ela não apareceu pra gente.
(Trairinha querida, ficamos tristes por não vê-la hoje!).

Na Colônia Tigrada só apareceram três gatos na hora que chegamos. Mas, aos poucos, outros gatos foram se aproximando e a Narizinho APARECEU!!!!!
Cinco gatos participaram do banquete de hoje.

Noêmia ganhando a confiança dos Tigrados
Narizinho

Resolvi ir até o quiosque, onde a Trairinha vivia, para dar uma olhada se ela não estaria por lá. Vi um gato tigrado sair se esgueirando pelos canteiros e fui seguindo ele... Ele subiu pela entrada de um dos brinquedos desativados e consegui fazer uma foto. Para minha surpresa, quando passei a foto para o PC, ampliei a foto e vi um segundo gato na foto!
Ele estava deitado perto dos carrinhos do brinquedo e eu, tentando identificar o gato fujão, não vi o outro!
Mas nada de Trairinha...

Cliquem na foto... dá para ver os dois gatos
Um deles mais de perto


Voltamos para o Reduto e fomos cuidar de comer o Banquete que a Noêmia sempre leva pra gente!

Quer dizer... socializar o nosso banquete, né? Pois não comemos sozinhas. Tudo o que comemos é dividido irmamente com a Filhota, Mamãe da Filhota, Patynho, Gooordo, Sophie... e hoje, até a Sialatinha, Pancinha e o Pretinho que só come ração seca tiraram uma casquinha!

Hora de ir embora. Hora triste.

Mas ainda tínhamos que levar o banquete dos Gatos da Frente do Parque e tentar dar outra olhadinha nos Bebês da Entrada.

E juntamos nossas tralhas para ir embora.

Eu já não olho mais para trás. E acho que a Sônia também... Mas Noêmia olha e, certamente, o coração dela dói mais que o nosso nessa hora.
Eu sempre me despeço pedindo que eles não se metam em encrencas até a nossa próxima visita e espero que eles obedeçam!

Na Frente do Parque, colocamos Banquete para todos! Clube da Luluzinha e Clube do Bolinha.

O Branquinho tinha acabado de sair dali e não o vimos! Como é surdo, nem adianta chamar... Mas todos os outros estavam lá!

A tigrada que não era vista há dois anos já tinha “dado linha na pipa” e o cinza e branco não castrado também.

Mas todos os outros estavam por lá.

Voltamos para o cantinho dos Bebês... mas eles já estavam bem escondidinhos... de barriguinha cheia, foram fazer a sesta.

Hoje foi um dia de grandes surpresas. Vimos gatos que não víamos há anos, os gatos não fugiram da gente (só a Pio...) e não vimos alguns que vemos sempre.

É a nossa montanha russa de emoções de todos os finais de semana.

Mas o saldo sempre é positivo!!!

6 comentários:

Anônimo disse...

O Cinza e Branco parece mesmo com a Linda Irmã. E lindo é o Gordo. É uma pena que vocês sejam tão poucas. Seria necessáio que tivessem mais voluntárias, que pudessem ser lar temporário para acolher os bebes. Vocês são realmente batalhadoras. Beijos, Vera Alice

Bart Budeguinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bart Budeguinha disse...

Como disse a Angela:Alegria na chegada e muita saudade na partida...

Saudades da Trairinha...do Branquinho...

Alegria por ver o Cinza e Branco e a outra tigradinha que eu nem sequer conhecia.
Os filhotes? Ave Maria...que Deus os abençõe e proteja.

Angela e Sônia...cada dia que passa,acho vcs mais parecidas com anjos...

Bjs

Nonô

Obs:Cor-de-Rosa é linda demais...

Aurea disse...

Meninas, voces ralaram bastante hein?
Adorei ver as tres de lata d'agua (digo, balde) na cabeça hauhauhaua

Que coisa, será que abandonaram esses tres bebezinhos? só pode, né? sacanagem.

Os gatos estão cada dia mais lindos, e gordinhos.

Parabens, de novo e sempre pelo belo trabalho de amor de voces.

beijocas

Anônimo disse...

Que lindos os filhotinhos. Que pena que tão novinhos já foram abandonados. Mas pelo menos, eles tiveram a chance de encontrar vocês. Espero que apareça um anjinho que possa oferecer LT para esses lindinhos.
Esse gatão (lindo por sinal) cinza e branco seria cego de um olho ou foi só a máquina que deu esse efeito?
Beijos, Estela.

Sônia Schmidt disse...

Estela
Ja conseguimos o lar temporário, sim! Domingo vamos tentar pegar os bebês.
O gatão cinza tem um problema no olho, sim!