3 de abr de 2011

Gatos Encantados – Foi bom te ver outra vez...

Hoje, 03/04/11, fomos ao Parque.

Um dia “cinza”... meio sol, meio chuva... Lá fomos nós! Eu, Sônia e Noêmia.

Fomos direto para a Cidade Fantasma. A idéia inicial era fazer a Cerimônia de Lavagem do Cafofo. Mas, como a Sônia está tendo que dar um pouco mais de atenção para a Mãezinha (a Gatinha Encantada que está na casa dela), resolvemos fazer isso na semana que vem.

Pra variar, a Cidade Fantasma estava um deserto. Mas o consumo de ração foi enorme! Sobraram alguns poucos grãos de ração no comedouro!

Começamos a nossa rotina de limpeza (varrer, lavar bebedouro, reabastecer o comedouro...) e, de repente, enquanto eu lavava a “louça”, ouvi Noêmia festejar...

A Cor-de-Rosa apareceu! Ficamos duas semanas (que a Nonô não foi, né?) sem vê-la. E foi incrível! Noêmia fez as honras da casa. Ela levou um potinho com dois sachês para perto da Cor-de-Rosa. Chegou mais perto do que eu e Sônia jamais chegamos!
Enquanto festejávamos a volta da Cor-de-Rosa, ela comeu tudinho e começou a miar... Noêmia perguntava o que ela queria e ela miava... As duas ficaram “conversando” por um tempão! E, é claro, Cor-de-Rosa ganhou mais um sachê!

Cor-de-Rosa e Noêmia batendo um papo
Cor-de Rosa de pertinho

Nunca tinha conseguido fotografá-la tão de perto! Fiquei emocionada! A gatinha está linda demais! A pelagem está deslumbrante e ela está bem gordinha!

Foi bom te ver outra vez, Cor-de-Rosa... Você nunca vai saber o quanto...

Bem... serviço feito, partimos para o Parque.

Quando passamos pela favelinha do Bebê, chamamos ele... rsrs

E respondemos imediatamente: “Tá na cozinha!!! Tá na cozinha!!!”
(Isso, porque Bebê ainda mora na cozinha de casa. Ele ainda persegue os passarinhos da Noêmia e, por enquanto, ficar solto só com supervisão, né?)

Quando fizemos a curva do Reduto, os gatos correram ao encontro do carro!

Filhota foi a primeira a chegar! Parecia um coelhinho pulando em nossa direção! O Gooordo veio galopando de longe (e a pança balançando), Patynho, Mamãe da Filhota, Pancinha... Logo depois, chegaram a Linda Irmã, a Absoluta Sophie, a Sialatona, a Sialatinha, o Pretinho que só come ração seca e, um pouco depois, a Trairinha!

Todos com fome! Os pombos tinham comido toda a ração dos comedouros!

Corremos para repor, mas eles queriam mesmo era BANQUETE!!!!

E, com a volta da Noêmia, foi uma orgia gastronômica!

Frango cru, frango cozido e o Banquete, propriamente dito.

Foi uma festa!

O banquete da galera!!!!!!!!!!!!
Oba! Hoje tem franguinho!

Sophie sempre pede sachê
Linda Irmã e sua linguinha cor-de rosa
Banquete da Sialatona

Enquanto preparávamos, um grande coral nos embalava... Todos miavam!

Preparamos, então, o Banquete dos gatos da Colônia Tigrada.

Trairinha nos acompanhou até lá. No meio do caminho, já nos esperava o outro gatinho do Quiosque. E, antes de chegarmos, na “Praça de Alimentação” deles, os gatos foram nos recepcionar do lado de fora!

Contando com a Trairinha, eram SEIS gatos lá! E Noêmia, pé quente como só ela, viu um outro gato tigrado ao longe... Nos observando... Então passamos a contar SETE, dos oito gatos da Colônia! Só a Loirinha não aparece já faz um tempo.

Seis gatos na Colônia Tigrada

Ele não se chegou... ficou de longe, esperando que a gente fosse embora, mas consegui fotografá-lo.

O sétimo elemento Tigrado.

Os gansos também estavam por ali... e uma linda garça deu ar de sua graça!

O Gansos
A Garça

Voltamos para o Reduto e fomos lanchar (obrigada, Noêmia... só quando você vai a gente come, viu?).

Mas, antes de lanchar, Sônia e Noêmia foram lavar a “louça” usada e eu fiquei fotografando e filmando os gatos.

Mamãe da Filhota ensinou a Filhota a afiar as unhas no pneu do carro!

Tal mãe...

...tal filha.

Aprendi direitinho, Mamãe?

Filhota da Mamãe aprendeu, também, a rolar no chão, como Sophie e Gooordo.

Filhota da Mamãe rolando

Filhota se rendeu à paixão pela minha bolsa...

Ah! O amor!!!!!!!!!!!!

E sentamos pra lanchar!

Tirando uma “casquinha” do nosso lanche, ficaram Sophie, Patynho, Gooordo, Filhota e Mamãe da Filhota.

Gooordo

Sophie, a Absoluta

Sentimos falta do Bebê... mas, essa é uma alegria imensa. Pois Bebê “Tá na cozinha!!! Tá na cozinha!!!”

E, depois de lanchar, fui preparar o Banquete dos Gatos da frente do Parque. Com a ajuda da Filhota (uma gulosa!).

A hora de ir embora é sempre triste... Eles ficam sentadinhos olhando o carro ir embora e um pedaço do coração fica com eles. Não gosto de escrever sobre essa hora.

Quando passávamos Em frente da divisão entre o Parque e a Cidade fantasma, de repente, vi algo que se parecia com um gato no meio do mato... Quase dei um grito!

Sônia parou o carro e deu ré... E era um gato!

Na verdade, uma GATA... Era a Tricolor, meio esmaecida (como a Sônia disse), que foi castrada em novembro de 2008 e não a víamos desde 07 de junho de 2009! Ela ficou encolhidinha no matinho e nós olhando pra ela, quase sem acreditar que ela estava ali8! Diante dos nossos olhos, depois de tanto tempo!

Foi ÓTIMO te ver outra vez depois de quase um ano, coisa linda!!!!!!!!!!!!!!!

Rapidamente, coloquei um pouco do Banquete dos Gatos da Frente do Parque num potinho e levei até o mais próximo possível dela e consegui fazer algumas fotos dela.

Foi bom te ver outra vez, Tricolor... Você nunca vai saber o quanto...

E fomos para a Frente do Parque.

Outra orgia gastronômica! Frango cru, cozido e Banquete pra todo mundo!

Vimos apenas a Sandy (que agora já faz parte da paisagem local) e Melancia no Clube da Luluzinha.

Sandy
Melancia (que pose maravilhosa) e Sandy)
Melancia pensando: - quem? Eu?

E, no Clube do Bolinha, estavam apenas o Junior e o Cabeção. O Branquinho já tinha “dado linha na pipa”, segundo o segurança. Estava por ali, mas não quis saber da gente. E, como não adianta chamar por um gato surdo, demos o nosso dia por encerrado.

Júnior (o gato mais fotogênico do pedaço)
Cabeção e Júnior (ao fundo)

A Garça de novo (será a mesma?)

Hoje, rever a Cor-de-Rosa (ingrata... só quer saber da Noêmia!) e de vermos, depois de quase dois anos, a Tricolor Esmaecida (batizada pela Sônia), ficamos felizes demais!

Nossa vida com os Gatos Encantados é assim... Onde não diremos nada... nada aconteceu... Apenas seguirei, como ENCANTADO, ao lado seu...


Depois de te perder
Te encontro, com certeza
Talvez num tempo da delicadeza
Onde não diremos nada
Nada aconteceu
Apenas seguirei, como encantado
Ao lado teu
(Todo o Sentimento – Chico Buarque de Hollanda)

6 comentários:

Bart Budeguinha disse...

Ô dia feliz!!Cor-de-Rosa,Tricolor,tigrado ressurgindo...bom demais!Uma bênção.
Com os Gatos Encantados,tudo é emoção.
Que Deus os abençõe e proteja sempre.

Obs:E kd o Bebê?
Tá na cozinha!!!Tá na cozinha!!! Belo e feliz:)

ROGELIA MATTOS disse...

passo a semana inteira esperando e contando os dias para o post dos gatos encantados.amo ler sobre eles se pudesse,adotava a sophie,ela e igualzinha uma gata que tive a muitos anos atrás.

As Aventuras da Gata Sofia disse...

olá meninas,eu e a mamunha amamos o trabalho de vocês...
Sempre me perguntei como seria o tchau de vcs...como eu imaginei!!!
Pq comigo tbm é assim, na hora da partida meu coração de desmancha,ahhh que vontade de pegar todos e levar comigo...não sei pra onde...mas comigo!!!
Agora me sinto melhor em saber que não sou uma fracotee que as verdadeiras heroinas tbm tem os msm sentimentos que eu...
Tenham uma otima semana...lambeijokas da Sofia

Angela Belluomini disse...

Bart,
Cadê o Bebê???
Tá na cozinha!!! Tá na cozinha!!!

Bjs

Angela Belluomini disse...

Rogélia,
Quem adotar a Sophie, vai levar pra casa a gata mais interessante do mundo!
Independente, carinhosa, engraçada, alegre e LINDA!!!!
Sophie é uma das gatas mais queridas do mundo!
Bjs e obrigada pelo carinho!

Angela Belluomini disse...

Sofia,
Você nem imagina o quanto o coração da gente aperta na hora de ir embora!
Eles ficam olhando o carro ir embora... e a gente vai "derrentendo"...
Não tem jeito, viu? rs
Bjs e obrigada pelo carinho!