26 de fev de 2011

Gatos Encantados – Uma Orgia Gastronômica!

Hoje, 26/02/11, fomos ao Parque.

Pra variar, um calor de rachar, mas o dia estava lindo!

Como não tivemos fotógrafa especial dessa vez, não teremos fartura de imagens como na semana passada... rs

Fomos primeiro para a Cidade Fantasma.

O consumo de ração dessa semana foi maior que nas outras e a gente continua sem saber quais gatos comem lá!

Começamos a limpar tudo e a reabastecer o comedouro, quando a Cor-de-Rosa apareceu para reivindicar o seu petisco. De novo, foi a Noêmia quem a viu primeiro e correu para servir um sachê para ela.

Petisco devorado, Cor-de-Rosa começou a miar (nunca tínhamos ouvido ela miar!) e a Nono colocou outro sachê, que foi devorado rapidinho... E a Cor-de-Rosa ganhou o TERCEIRO sachê!!! Comeu quase todo!

Ela está linda! Gordinha e com a pelagem maravilhosa! O que nos deixa aliviadas, pois ela vive no mesmo ambiente que a Mãezinha (que está em tratamento de esporotricose!).

Tigrada-Cor-de-Rosa já se acostmando um pouco com a nossa presença

Acho que teremos sempre a companhia dela daqui pra frente. Cor-de-Rosa não permitiu que chegássemos muito perto dela, mas não saiu correndo depois de comer. Ficou deitadinha numa calçada mais ou menos perto da gente, descansando depois de encher a pança!

Soubemos pelo segurança de lá que a Fera do Buraco continua dando o ar de sua graça no entardecer, mas ele não vê outros gatos por lá. Mas temos que lembrar que ele nunca vai até perto do Cafofo. A Fera do Buraco é que passeia por perto da guarita.

Missão cumprida na Cidade Fantasma, fomos para o Parque.

Aí, começamos a ficar repetitivas... A primeira parada foi na Favelinha do Bebê. Dessa vez, foi uma “meia parada”. Chamei o Bebê de dentro do carro... e, pra variar, NADA!

Fomos para o Reduto e os gatos logo se apresentaram.

Sophie, Gooordo, Patynho, Filhota da Mamãe, Mamãe da Filhota, Sialatona (que miou bastante hoje), Sialatinha, Linda Irmã, Pancinha, Pretinho que só come ração seca... e NADA do Bebê.

Gooordo!!!!!!!!!!!!!!
O perfil absoluto da Sophie

Saímos chamando por ele. Cada uma para um lado.

Eu atravessei a pista de kart, Noêmia foi para a Favelinha e a Sônia ficou no meio... Todas chamando... “Bebeêêê... Vem, Bebêêê... Bebêêê...!

Nessa hora, em algum lugar, tinha alguém ouvindo uma música alta e era a música que eu sempre canto para o Bebê (Vem. Que eu conto os dias, conto as horas pra te ver, eu não consigo te esquecer...)

Como eu não ouvi nenhuma resposta do Bebê, meu coração começou a apertar.

Aí, ouvi a Sônia gritando: “Ele está aqui!!!” E eu gritei de volta: “Onde???” E a Sônia respondeu: “Vindo no colo da Nonô!!!”

O danadinho deve ter ouvido o nosso chamado e ficou no meio do caminho, na sombra de uns matinhos, esperando que alguém fosse buscá-lo...

Aí, o coração “alargou”... Transbordou de alegria!

Peguei Bebê no colo e amassei ele um pouquinho!

E fomos preparar o Banquete, que hoje foi uma verdadeira Orgia Gastronômica!

Noêmia levou petiscos novos pra eles: Frango cozido desfiado e frango cru!

Primeiro, eles ganharam ração seca diferente da de todos os dias (avançaram!), depois ganharam o Banquete tradicional (avançaram!) e depois ganharam os petiscos especiais da Noêmia...

O frango cru foi um sucesso! Sophie e Gooordo devem ter apostado quem comia mais... Quase explodiram de tanto comer!

Preparando o rango!!!
Se colocam ração seca diferente nós comemos...
Banquete tradicional - comemos também...
Opa! Franguinho cozido! Também queremos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Patynho, Bebê, Filhota, Mamãe e Sialatinha comeram muito. Pancinha e o Pretinho que só come ração seca também se fartaram com a novidade.

A Sialatona ganhou um potinho só pra ela e ficou tão feliz com o petisco que depois ficou um tempão no muro pedindo carinhos para mim e se jogando de barriguinha pra cima pra ganhar carinho. Uma fofa!

O Banquete da Colônia Tigrada também foi diferente hoje! Em vez de latinha com ração seca, misturamos sachês com a ração seca e levamos frango cru e cozido para eles!

Trairinha nos recepcionou lá e mais quatro gatos apareceram para o Banquete.

1, 2, 3, 4 Tigradinhos
O quinto elemento tigrado

Adoraram a novidade. O frango cru foi o campeão lá também!

Lambendo os beiços

Ficamos ali um pouco com eles. Trairinha ganhou muito carinho e ameaçou “fazer graça” com a gente... Tentou dar uns tapas na minha mão... mas acho que o carinho estava melhor e ficou só na ameaça... rs

Os gansos também estavam por lá... achamos que eles também comem ração no comedoro dos gatos

E aí, voltamos para o Reduto.

Filhota, de novo, entrou no carro da Sônia atrás da minha bolsa. Mamãe da Filhota foi beber água no maior pote de água do mundo, Patynho teve serviço de garçonete pra levar água até ele...

Se a bolsa está no carro, eu entro - Filhota da Mamãe

Isso que é um "potinho" de água, não é, Mamãe da Filhota?

E a Filhota, hoje, ficou horas sentadinha do meu lado, pedindo carinho. Quando eu ameaçava parar de fazer carinho, ela me dava cabeçadas na mão. Fiquei emocionada. Ela sempre se deixou acariciar... Mas hoje ela me pediu carinho!

Depois dessas cenas, fomos montar o “nosso” Banquete! A segunda parte da Orgia Gastronômica!!!

Noêmia cuida muito bem da gente também! Hoje ela levou sanduíches D-I-V-I-N-O-S pra gente! (as vezes, penso que Nonô fica planejando, durante a semana, qual vai ser o menu de sábado pra gente! – Obrigada, Noêmia!)

Acreditam que não tirei nenhuma foto do nosso pic-nic?

Assim que estendemos as cangas na sombra, Bebê e Sophie já se acomodam sobre elas, sabendo que vêm mais petiscos e carinhos...

Mamãe, Filhota e Gooordo se posicionam estrategicamente no entorno das cangas pra ganhar mais petiscos.

Sanduíches e coca-cola zero servidos e começa a divisão do lanche... rs

É um momento mágico. O tempo parece parar. A gente conversa, faz planos, sonha... A companhia desses bichanos é uma bênção.

Mas... sempre tem a hora triste. Ainda tínhamos que ir para a Frente do Parque levar Banquete e reabastecer comedouros, como em cada uma das micro-colônias...

E começamos a juntar as coisas. Nessa hora, Noêmia senta numa cadeira e fica com o bebê no colo. Acho que é a hora que a Noêmia fica um pouco triste. Parece contar segredos para o Bebê e isso corta o coaração. Pois eu e Sônia, apesar de ficarmos tristes também, já estamos um pouco “acostumadas” com essas breves despedidas.

Segredos da Noêmia ao pé do ouvido do Bebê

Bem, missão cumprida no Reduto, fomos para a Frente do Parque.

No Clube do Bolinha, vimos o Júnior (cada dia mais bonito!), Cabeçã (cada dia mais carinhosa) e o Branquinho, que estava dormindo entre as folhagens e quase não o víamos de novo!

Júnior lindo
Branquinho dormindo como uma pedra

Também ganharam frango cozido e frango cru, além de Banquete de sachê com ração seca. Foi uma festa! Adoraram tudo!

Branquinho (acordou para comer) e Cabeçã
Júnior, Branquinho e Cabeçã compartilhando o banquete

E hoje foi um dia feliz! Pois no Clube da Luluzinha, vimos a Gordinha, Melancia e a Sônia viu a Sandy de relance. A Pio não apareceu...

Gordinha
Gordinha e Melancia de looooonge!
Elas também ganharam potinhos com os três petiscos. Mas, como semrpe, não foram comer na hora... Elas sempre vão depois que saímos.

Demos umas amassadas no Branquinho, fizemos carinho na Cabeçã e namoramos o Junior de longe (ele não deixa a gente por a mão nele!).

E fomos embora... Com a sensação de dever cumprido e felizes por todos estarem bem.

Claro que adoraríamos ver todos os gatos. Sentimos falta de todos os que não vemos mais e dos que não aparecem de vez em quando. Mas sempre soubemos que seria assim.

O problema é que a razão não sabe explicar essas coisas para o coração, né? E aí, o coração nunca fica pleno.

Mas, ainda que não seja pleno, ficamos felizes. Não existem Filhotes Encantados por lá. A colônia está absolutamente sob controle e, um dia (que esperamos que esteja muito longe), não existirão mais Gatos Encantados abandonados.

Os Gatos Encantados serão uma linda história de amor que todos terão em suas lembranças.

7 comentários:

Katia Bandeira disse...

Que delícia de sábado...
Eles estão todos lindos, gordos e bem cuidados. A ausência de filhotes é sinal de que o projeto está dando certo...
Que sirva de exemplo para muita gente, que com boa vontade e amor, dá sim para mudar a história de dezenas de animais...
Beijos

Anônimo disse...

Que maravilha. Frango cru faz muito sucesso aqui em casa também. Na verdade, tudo cru para meu gato é melhor que cozido(exceto cenoura, batata e abóbora. E eu acho lindo ele se deliciando com a refeição dele. Ele ama.Muito mais saudavel que ração, comida natural.
Gordinha está mesmo gordinha e cheia de pose.
Pode crer que um dia os Gatos Encantados estarão encantando as nossas lembranças e brilhando sempre em nossos corações. Mas eu prefiro eles aqui na telinha, por enquanto.

Sônia Schmidt disse...

Kátia
Há mais de um ano não há filhotes por lá. Isso é maravilhoso!!!!
Manemos esse blog, com todo carinho, com essa intenção, mesmo! Para que as pessoas vejam que sempre é possível fazer algo!!!

Anônimo
Eles amaram o frango cru. Estava todo moidinho!
Essa situaão de saber que um dia eles estarão só nas nossas lembranças nos angustia um pouco, mas entamos nem pensar muito nisso.

Bart Budeguinha disse...

Credo...com esse final...não consigo comentar...
Nem quero pensar nisso...quero não...
Prefiro pensar,que sendo encantados,viverão para sempre...e viverão com certeza,para sempre,no meu coração...

Sônia Schmidt disse...

Nonô (mammys do Bart)

Os Gatos Encantados serão eternos!!!!!!!!!!!!! Enquanto eles inspirarem as pessoas, estarão por aí!!!!

Angela Belluomini disse...

Nonô... rs

Mas isso só vai acontecer daqui a cem anos!!!
O importante é fazer com que outras pessoas pensem em fazer coisas parecidas pra diminuir a quantidade de gatinhos abandonados.
A gente acredita que todo mundo pode fazer isso que a gente faz lá. Afinal, somos só duas (agora três com você) pessoas e demos conta de tudo.
Como disse a Sônia, mantemos o blog para mostrar que é possível fazer algo pelos bichinhos sem grandes sacrifícios e com muita alegria.
A vida é perene, mas o abandono, não..
Não fique triste...
Aliás, já não existem Gatos Encantados abandonados! Eles têm a gente, né?

Jeanette disse...

parabens, pelo trabalho achei lindo, não posso ter gato comigo, pois tenho um cao,ate ja tentei, mas foi assustador,pricipalmente pro gatinho que tinha que se esconder,entao encontri un lar pra ele e assumo as resposabilidade de veterinario remedios enfim,sou mae financeira. beijos pra voces e sucesso.