18 de abr de 2010

Gatos Encantados – Dia de FAXINA



Apesar de sabermos que estava tudo bem com os Gatos Encantados depois das chuvas aqui do Rio, claro que isso nos inquietava um pouco.

Estávamos ansiosas para chegar lá e ver com os nossos próprios olhos.

E fomos para o parque ontem, sábado, 17 de abril, com uma aparente calma, mas, no fundo, com o coração na mão... rs

Fomos direto para o Parque. Estávamos levando a ração que os Gatos Encantados ganham de um “secreto” e importantíssimo doador e achamos melhor deixar os pacotes no lugar antes de irmos para a “Cidade Fantasma”.
(nunca lembramos de fotografar os pacotes – droga!)

Claro que os gatos do reduto da “tia Sônia” nos recepcionaram com grande ansiedade! rs
Eles estão confiando cada vez mais na gente!
Quase todos os gatos “de sempre” estavam lá. Porém, não vimos o Pretinho com a ponta do rabo branca... Lógico que ficamos apreensivas...

Como sempre, o banquete!!!

O PATYNHO, que foi capturado por causa de uns ferimentos no pescoço, estava “presente”... Lindo e sem machucados! Um fofo!

Patynho

Vimos, enfim, o sialatinha que sempre foge quando chegamos. Dessa vez, ele participou, timidamente, do banquete.

Até levamos um susto! Pois, de repente, tinham DOIS sialatas quase idênticos. Um era a fêmea que já castramos, mas que poucas vezes aparece por ali.

Os dois sialatas juntos.


O sialatinha macho, que escapou do resgate e ficou “traumatizado” com a gente, ficou de longe a maior parte do tempo. E nós tratamos de fingir que não o víamos. Queremos que ele se acostume com a nossa presença para podermos capturá-lo de novo.

Sialata fêmea já castrada
Sialata (achamos que é macho) com menos medo de nós (precisamos capturá-lo ainda)

Mamãe e filhota (ambas castradas), foto de um ano atrás e de hoje. Elas se amam!

Gato que fica perto do quiosque pedindo sachê

Banquete servido, ração entregue, partimos para a Cidade Fantasma com o coração, como sempre, apertadíssimo. Nunca sabemos o que vamos encontrar, né?

Ao chegarmos, Laranjinha e Vaquinha-Pai se apresentaram rapidinho! Logo depois, veio a Mãezinha. Nada do PPA aparecer.



Servimos o banquete deles e fomos ver o Cafofo.
Pelos nossos cálculos, o consumo de ração nessa quinzena foi muito maior que o costume. Comeram quase tudo! E isso nos alegra. Pela quantidade consumida, calculamos uns 10 gatos se alimentando no Cafofo.
O Cafofo estava uma BAGUNÇA terrível. Restos de ração espalhados por todos os cantos... uma sujeira de dar gosto!

Bagunça!!!


E resolvemos fazer uma FAXINA das boas!

Claro que não NOS fotografamos nesses momentos... rsrs

Bem... vassouras, rodos, detergentes, e baldes (muitos baldes) de água, começamos a esfregar o chão.
Não tem água muito perto e temos que carregar os baldes cheios... rs

Potinhos lavados secando ao sol.


Como não estamos acostumadas a esse tipo de serviço, acho que posso falar pela Sônia também: Os braços DOEM... como doem... rsrs

O engraçado é a platéia... Laranjinha, Vaquinha-Pai e Mãezinha, deitados na sombra, assistiam tudo... Ora do lado de fora, ora na porta do Cafofo.

Enquanto elas faxinam eu descanso.

Alguns miados inquisidores (O que vocês estão fazendo aí?) e um certo ar de “deboche” que só os felinos sabem fazer quando limpamos o que sujaram (quem tem gato sabe do quê estou falando... rs)

Bem, limpamos TUDO! Ficou uma beleza!

Os Gatos Encantados ganharam do KKU um novo comedouro e bebedouro! Lindos!
Foram colocados no Cafofo. Ficou melhor pra eles.

Comedoro e bebedouro doados pelo KKU (Cacau). Os comedouros maiores estão do outro lado da sala.


Quando nos preparávamos pra ir embora, PPA apareceu... e um novo banquete foi servido. Ele não estava lá antes e ficou sem os petiscos. E ele merece, né?

Novo banquete só para o PPA.


Voltamos, então, para o Parque. De manhã, a “tia Sônia” não estava lá e precisávamos falar algumas coisas com ela.

No caminho, passamos pelas outras colônias e vimos alguns gatos já castrados... estão gordinhos e lindos. E, de repente, vimos ao longe um gato preto onde nunca tínhamos nenhum.

Fomos atrás, claro! É um gato vaquinha, muito miador.... Nos armamos de ração e fomos até ele, que se embrenhou por uma construção meio abandonada e ficou miando pra gente lá de dentro. Olhamos tudo e só vimos ele.
Deixamos a ração no meio do caminho dele. Queremos conquistá-lo para capturá-lo. Nem pensamos em máquina fotográfica, quando fomos atrás dele.

Fomos procurar a Escaminha com os filhotes e não os vimos no lugar de sempre. Capinaram o mato onde eles ficavam escondidos e devem ter procurado um outro cantinho por ali mesmo. Mas vamos encontrá-los! Eles são vistos sempre!

No final de tudo, foi um dia legal!

Os gatos estão todos bem, estamos reconquistando a confiança do Sialatinha, o Cafofo está limpíssimo, descobrimos mais um Vaquinha pra castrar, Patynho está bem, Sabemos que tem mais gatos na Cidade Fantasma...

Apesar de não termos visto alguns gatos, sabemos que estão bem.

E, pelas nossas contas, temos, pelo menos, SETE gatos pra capturar e castrar.

Portanto, Sônia, jeitosa e criativa que é, produziu algumas novidades para o Bazar Encantado. Estão no álbum dela do Orkut (e em breve no meu também!).
Produtos fofos e úteis!!!
Dêem uma olhadinha. E, se tiverem que dar algum presentinho, lembrem-se do nosso Bazar: É mais que um produto... É uma CAUSA.

2 comentários:

Rodocats disse...

Miauruuuuuuuuuuu miaruuuuuuu
kkkkkkkkkkkkkkkkk
Q figura o gatinho do filme parece um pombo arrulhando, q gracinha!!!
Good job, girls!!!

Sônia Schmidt disse...

Não é lindo mesmo?