1 de dez de 2008

Gatos devolvidos e gatos capturados

Sexta-feira, 28/11, passamos na clínica vet (na Tijuca) às 9:30 para pegarmos a Sandy, a gatinha cinza/branco e o gatinho amarelinho para levarmos de volta ao parque (castrados e com tudo cicatrizadinho).

O Gilson já estava ansioso para rever a Sandy!!!!

Demoramos um pouquinho para sair da clínica pois o vet preferiu tirar os pontos bem próximo à hora de levarmos.

Gatinhos nas caixinhas, partimos para a Barra da Tijuca.
Chegamos ao parque e o Gilson já estava na porta nos aguardando... quer dizer: aguardando a Sandy.

Abrimos a caixinha e ela ... VUPT... saiu correndo, escalou uma árvore e foi lááá para o alto de um telhado. O Gislon ficou até triste...


Então, fomos para a área do parque onde deixamos a ração que levamos (75 quilos) e soltamos os outros gatinhos. A gatinha saiu correndo da caixa.


O amarelinho, tadinho, estava tão assustado que não quis sair. Tivemos que fazer uma manobra com a caixa para que ele saísse. Enfim, gatos soltos, fomos para o terreno da faculdade tentar capturar mais gatinhos.

Vimos, de imediato, uma gata que chamamos de prateada e preparamos a armadilha. Aí, apareceram 2 filhotes que acreditamos serem irmãos do bebê Chumbinho (que morreu na outra semana). Então, preparamos, também, a caixa de transporte para a captura dos pequenos.

Só que os pequenos resolveram entrar na armadilha, mesmo. Entraram e nós fechamos; não podíamos perder a oportunidade de levá-los para serem castrados.

Tivemos que adiar a captura da prateada, pois ela é longa e não entra com o corpo inteiro na caixinha de transporte; só conseguiremos pegá-la com a armadilha, mesmo.

Bebês capturados, começa a novela: o vet que tem castrado os gatos do parque não castra filhotes. Chegamos a pensar em soltá-los na área do parque, pois a recaptura seria mais fácil. Mesmo assim resolvemos contactar vários vets indicados e o Dr. André falou para levarmos os bebês para lá que ele castraria. A clínica é em Vargem Grande e para lá rumamos (claro que nos perdemos no caminho, mas chegamos). Quando Dr. André os viu falou que os gatinhos já têm perto de 3 meses. Um macho e uma fêmea que, em um mês já poderiam estar procriando).


O único senão dessa empreitada é que o custo será bem maior, já que teremos que pagar pelas diárias dos gatinhos na clínica. Mas foi nossa única opção... a sorte é que minha irmã havia deixado comigo um dinheiro para qualquer emergência que se apresentasse e essa foi a hora de usá-lo.

Missão cumprida... hora de voltar para casa... quem disse? Hehehehe

Já que estávamos perto do Recreio dos Bandeirante, decicimos pegar uma armadilha que havíamos deixado anteriormente no Consomínio Barrasul. Como meu apartamento não comporta nem mais uma pulga, passamos no parque novamente para deixar a armadilha.

E foi ótimo termos feito isso. O tempo todo estávamos preocupados para saber se os gatinhos que ficam no terreno da faculdade ficariam na área do parque ou voltariam para o lixão...

Aí, nos deparamos com a gatinah cinza e branca no parque, umas 3 horas depois de a deixarmos lá. Ou seja, não voltou para o lixão. Como prêmio, ela ganhou um sachê inteirinho de ração!!!

Após a castração desse dois gatinho totalizaremos 44 gatos do parque castrados - 30 fêmeas e 14 machos, além de outros 4 do Barra Sul - 2 fêmeas e 2 machos.

3 comentários:

Ira Tapetes Barbantes disse...

Lindo...lindo...lindo, cada vez eu me emociono mais!

Sônia Schmidt disse...

Também ficamos emocionadas...

materials disse...

hermes birkin bag
hermes birkin
hermes bag
hermes handbags
gucci handbags