14 de mar de 2011

Gatos Encantados – Sonho Impossível?

Música tudo a ver com o relato! Quem quiser ouvir enquanto lê, é só clicar na setinha!!!
Dia 13 de março de 2011 – Dia para ficar na memória para sempre!

Fomos para o Parque e, como sempre, passamos antes na Cidade Fantasma.
O consumo de ração foi bem grande! Cerca de 6 quilos de ração em nove dias!

Ficamos surpresas e felizes... A Cor-de-Rosa não deu as caras e continuamos sem saber quantos e quais gatos comem por ali... Mas temos a certeza que comeram bem... rs

Fomos, então para o Parque.

Como deixamos para ir no domingo e não avisamos com antecedência, tivemos alguns contratempos.

O funcionário (vigia), devia estar de mau humor e disse que tinha recebido ordens de não deixar ninguém entrar (inclusive nós!)... Ficamos desesperadas, claro!

Nosso Anjo da Guarda tentou nos ajudar pelo telefone e, não entendemos porque, não conseguiu que o vigia permitisse a nossa entrada... Até que falamos com o diretor do Parque, que generosamente, autorizou que entrássemos (muito obrigada pela confiança!) e cuidássemos dos nossos queridos gatos.

Entramos a pé, carregando ração, água e os banquetinhos deles!

Corações um pouco mais calmos, lá fomos nós... Eu, Sônia, Noêmia e a Beta, veterinária querida que, depois de uma noite inteira de plantão, foi fazer uma coisa das coisas mais importantes do mundo... Coletar sangue do Bebê para testar para FIV e FeLV.

Beta, sempre a Beta... foi ela quem fez a transfusão de sangue no Gatinho que, infelizmente, não resistiu... OBRIGADA, BETA!!!!
Bebê amuado depois da coleta... só queria colinho

Passamos pela Frente do Parque e vimos TODOS os gatos de lá!

No Clube da Luluzinha, estvam a Sandy, a Gordinha, a Pio e Melancia!

Clube da Luluzinha completo
Para quem nunca viu a Sandy... apareceu a margarida!!!!!!!!!!!!!!!

No Clube do Bolinha, estavam Júnior, Branquinho e Cabeçã, que, depois da “vistoria da veterinária, é Cabeção mesmo! rs

PS by Sônia: ai, ai, será que Melancia é menina? Já estou confusa, porque revi as postagens anteriores e já não sei mais quem é menino ou menina lá na frente!!!

Branquinho...
Júnior...
Júnior e Cabeção (que já deve estar com crise de identidade)

Noêmia levou frango desfiado, peixe cozido e frango cru... Banquete da melhor qualidade! Uma verdadeira festa!

Comedouros cheios, fomos, então, para a Colônia Tigrada... E lá estavam cinco gatos!
Servimos o Banquete, reabastecemos o comedouro e fomos, enfim, para o Reduto.

Vejam que absurdo!!!!!!!!!!!!!!

Claro que teve a novelinha do Bebê... E, dessa vez, quem foi sozinha chamá-lo, foi a Nonô.
Ela subiu a rua que levaria até a Favelinha e foi chamando por ele... E não é que o Bebê veio correndo pela estrada ao encontro dela?
Se jogou no chão de barriguinha pra cima até ela o pegar no colo! (Folgado, né?)

Os outros gatos estavam todos lá!

Trairinha, Sialatona, Sialatinha, Linda Irmã, Gooordo, Absoluta Sophie, Patynho, Pancinha, Mamãe da Filhota, Filhota da Mamãe, o Pretinho que só come ração seca e o Bebê.

Sialatinha
Pretinho que só come ração seca

Mamãe da Filhota...
... e Filhota da Mamãe, que só larga sua mamys para fazer dengo com a bolsa da Angela
Sophie, a absoluta!!
Patynho e, ao fundo, será Sophie ou Pançola???
Trairinha, que semana passada não de o ar de sua graça
Gooordo sempre gostosão

Eles se fartaram de guloseimas...

O banquete das crianças
Sialatona chegando para o banquete

E chegou a grande hora... Coletar sangue do Bebê.

Sonhar mais um sonho impossível...

Como todos que nos acompanham sabem, alguns Gatos Encantados foram testados para FIV e FeLV e deu positivo para FeLV e, por isso, nunca fizemos campanha para que fossem adotados, apesar de ser o nosso sonho...

Lutar, quando é fácil ceder...

Pegamos Bebê. Eu e Sônia o seguramos e a Beta coletou o sangue. Claro que Bebê lutou um pouquinho no início... mas cedeu e a coleta foi rápida e tranqüila.

Vencer o inimigo invencível.
Negar, quando a regra é vender.
Sofrer a tortura implacável
Romper a infinita prisão...

Sangue coletado e a Beta levou o material para o exame.

Eu, Sônia e Noêmia ficamos no Parque... esperando... Fingindo que não estava acontecendo nada de diferente... que não estávamos tensas, apreensivas e, de uma certa forma tristes... Pois no fundo, tínhamos certeza que o exame daria positivo.

Voar no limite improvável
Tocar o inacessível chão...

Apesar de todos os gatos estarem ali, perto da gente como sempre, Filhota se enroscando na minha bolsa, Sophie fazendo gracinhas, Bebê no colo da Noêmia, o Gooordo se mostrando lindo pra gente, Mamãe da Filhota observando tudo, Sialatinha se esgueirando, Sialatona de longe, Trairinha arranjando encrenca, Patynho e Linda Irmã apostando quem comia mais, Pancinha comendo muito (mas fora do concurso), o Pretinho se atracando com o pote de ração seca...

Tudo parecia tão igual... Mas nós estávamos diferentes...

Testar o Bebê era um vôo cego... A certeza do resultado positivo e o sonho impossível (?) do resultado negativo...

É minha lei
É minha questão
Virar esse mundo
Cravar esse chão
Não me importa saber
Se é terrível demais
Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz...

E o telefone que não tocava... E a gente fingindo que o coração estava batendo normalmente.

Os gatos se comportando como se fosse um dia normal... Mas não era...
Era o dia do “sim” ou do “não” para o Bebê e para todos os outros gatos.

E amanhã, se esse chão que eu beijei
For meu leito e perdão
Vou saber que valeu delirar
E morrer de paixão...

A gente mal conseguia respirar... Mas falávamos do tempo, da beleza de cada um dos gatos... Mas acho que ninguém ouvia o que a outra falava. Eu só ouvia o meu coração batendo.

Medo, esperança, ansiedade... Estava difícil até respirar!

E assim, seja lá como for
Vai ter fim a infinita aflição...

E o telefone tocou!

Sônia atendeu... e a Beta perguntou “Qual notícia você quer primeiro, a boa ou a má?”

Sônia, já com a voz sumindo respondeu “a má...”

Nessa hora, meu coração sangrou... Creio que o de todas nós...

E a Beta disse “não tem má notícia! É NEGATIVO!!!!”

E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão!

E esse foi o momento da explosão de todos os sentimentos que nos açoitaram durante todo o tempo!

Chorei... pelos três anos do projeto Gatos Encantados... por cada um deles.

Sônia chorou... por cada gato capturado e castrado...

Choramos por cada minuto de nossas vidas que passamos no Parque. Choramos por causa da esperança de termos outros gatos negativos para FeLV... Choramos pro não termos tido dinheiro para testar todos e tentar dar um lar para cada um deles... Choramos por culpa de não termos conseguido ser mais eficientes...

Choramos de alegria porque o Bebê não precisaria mais viver onde nunca deveria ter vivido..

Aliás, choramos tanto que deixamos Noêmia confusa.

Noêmia talvez não tenha entendido na hora o motivo de tantas lágrimas... e acho que nem nós.

Bem... Bebê foi pra casa... Pra casa da Noêmia!
Bebê nunca mais vai ser sozinho. Nunca mais procuraremos Bebê, com o coração apertado por não saber se ele iria aparecer...

Bebê na caixinha, pronto para ir para sua casinha nova!!!!!!!!!!!

Bebê tem um dono pra chamar de seu! Ganhou uma família! Tem irmãos felinos (pra quem ele ainda faz FSSS), tem uma linda irmã humana, um irmão humano (bonitão também!), uma mãe e uma vovó!

Bebê atrás do fogão! Acreditem, ele ficou escondido atrás do fogão e saía toda vez que a Noêmia chamava: Bebêêê!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

E agora, eu e Sônia vamos começar uma grande campanha para podermos testar cada um dos gatos! Vamos precisar de ajuda com o Bazar Encantado para bancar todos esses exames...

E, assim, colocá-los para adoção!

Noêmia, graças a você, testamos o Bebê... e isso tornou o nosso Projeto Gatos Encantados um SONHO POSSÍVEL.

26 comentários:

Bart Budeguinha disse...

Alguém quer comprar lágrimas?Vendo as minhas...e os Encantados já terão uma grande ajuda para os testes...

Só posso dizer,que no final da história,"EU" fui abençoada com um sonho realizado,com um milagre de Deus,que tenho certeza,nunca deixou de ver a luta da Angela e da Sonia;um Deus que viu nossos corações aflitos,que entendeu,que o amor pelo Bebe seria capaz de tudo,inclusive,de transformar em realidade,um sonho(quase)impossível.
Agradeço à vida por presente tão grande...agradeço à Angela e a Sonia,por essa honra sem tamanho,e agradeço a Deus,por nunca mais ter no meu coração,a dúvida:Será que o Bebe vai estar lá?...Porque agora...eu sei que ele vai estar,pertinho de mim,enquanto Deus permitir.
Dia 13/03...um dia para ser lembrado...para sempre.

Se Deus quiser,estaremos aqui novamente,para comentar mais um final feliz,nessa história maravilhosa dos "Gatos Encantados".

Nonô

Aurea Wiese disse...

Queridas amigas encantadas...

Minhas lágrimas juntaram-se as de voces. Liguei 2 minutos após o resultado e chorei junto, como há anos não chorava assim, de emoção de felicidade, porque sabia o quanto esse resultado significava para cada uma de voces.

Obrigada Noemia, voce é muito especial, muito linda e encantada. Tenho certeza do tanto que voce está feliz e o Bebê também! :) ♥

beijos! ♥♥♥♥

Sônia Schmidt disse...

Ainda não estou recuperada da emoção de ontem... isso abre novos horizontes... teremos que dar uma guinada no projeto e confesso que novos desafios são sempre bem-vindos!!!!!!!!!!!!! Mas, como diz a Angela, haja coração!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Tinha que ser assim...Parabéns. Beijos, Vera Alice

Marcella disse...

Meninas q lindo!!!
Estou chorando aqui ao ler o relato "Sonho impossível?".
Nem só de más notícias é feito o mundo. E mtos outros testados no futuro serão negativados e terão suas merecidas famílias.
Que Deus abençoes SEMPRE o lindo trabalho de vcs.
Bjos

Alice disse...

Bebê é um gato encantador. Dava dor no coração cada vez que vocês iam embora e deixavam ele no parque. Fico muito feliz por ele ter encontrado um lar onde estará protegido. Acredito que devam existir mais gatos negativados. E que eles possam também encontrar bons lares (torço pelo branquinho surdo, rs). Beijos

Sônia Schmidt disse...

Alice
Tosods são encantadores, cada um à sua maneira. Também me preocupo como Branquinho pelo fao de ser surdo... mas o local onde ele fica (logo na entrada) é um dos mais seguros, porque tem gente todos os dias.

Sônia Schmidt disse...

Marcella
Tb choramos muuuuito! Lá e lendo o relato, tb. E tenho certeza que Angela chorou quando redigiu... foi um mar de lágrimas!

Anônimo disse...

Que notícia maravilhosa. Vamos unir as nossas lágrimas e ter esperança de que todos os outros, ou a maioria, possam ser adotados e serem felizes em um novo lar. Mas não abandonem o Bebê, viu? Quero continuar lendo noticias deles e vendo fotos lindas deles com aqueles olhos verdes perfeitos.
Falando em olho verde, eu me derreto com o Gordo. Que gato lindo, rapaz. Ele tem cara de ranzinza, mas é esse mesmo o charme dele.

Que Deus abençoe esse trabalho maravilhoso de vocês.

Sônia Schmidt disse...

Anônimo (quem será???)

O Gooordo (com três "os" hehehe) é um espetáculo!!! Ele era mega arisco, mas está super calmo... o que uma comidinha gostosa não faz, não é?

Bebê foi morar em Copacabana, pertinho da Angela... então, sempre daremos notícias!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Parabéns Noêmia, pelo seu sucesso nesse desafio contra o Destino, pois só nas mãos de anjos como vcs se forjará a felicidade desse mundo!!!bjs André Gonçalves

Gisa disse...

Gostaria de fazer uma transferencia, do Banco Real, a primeira de muitas!
Mas para isso eu preciso do Cpf da titular dda conta!
é possivel informar?

Obrigada!

Sônia Schmidt disse...

Gisa
Obrigada pela visita! Você pode mandar um e-mail para gatosencantados@gmail.com, por favor? Assim, informo o CPF por lá, ok?

André, meu super mega parceiro! Até que enfim comentou aqui, né? Mas está sempre presnte e dando apoio total!

Thalita Dias Braga disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh que lindo!!!!!!!!!!!!!!
Estou mega feliz por vcs e pelo bebê!!!! Agora ele ganhou uma casa e uma família e ficará bem!!!
Meninas, volto a oferecer os eventos do Grupo Ula para vcs venderem os artigos do bazar encantado e arrecadar dinheiro!!! Vamos mantendo contato e o blog dos gatos encantados é uma das minhas leituras semanais obrigatórias!!!!! Adoro o projeto e sei que o faem de coração!!! Contem com o meu apoio e de todos do Grupo Ula na divulgação dos futuros gatinhos para adoção!!! Bjao!!!

ROGELIA MATTOS disse...

MENINAS ESTOU EXTREMAMENTE FELIZ DE SABER DISSO.VENHO SEMPRE AQUI PRA SABER NOTICIADOS GATOS ENCANTADOS.O BEBE SEMPRE FOI UM CAP A PARTE NÉ.DIGAM A NOEMIA QUE NÃO DEIXE DE DAR NOTICIAS DELE PRA NÓS VIU.SERIA MUITO BOM SE TODOS OS OUTROS GATOS ENCANTADOS ENCONTRASSEM UMA FAMÍLIA PRA CHAMAR DE SUA.TENHO UM GATINHO IGUALZINHO O BEBE QUE RECOLHI DA RUA.NA VERDADE NÃO SEI MUITO BEM QUE DOENÇAS SÃO ESTAS QUE VCS ESTÃO TESTANDO E NUNCA FIZ NENHUM TESTE NOS MEUS ANIMAIS PRA ISSO.TODOS FORAM RECOLHIDOS DA RUA E QUERIA SABER MAIS SE DER PRA ESCLARECER MENINAS FICAREI MUITO FELIZ.AGUARDO TB NOTICIAS DA MAEZINHA,COMO ELA ESTÁ.UM GRANDE ABRAÇO MENINAS.

Sônia Schmidt disse...

Thalita, obrigada. Temos aquele velho problema: produção pequena e pouco tempo para ir a eventos, já que vamos todos os fins de semana no parque.Deixa a gente tentar produzir alguma coisa que combinamos algo com você, ok?

Rogelia
Bom saber que além de Bebê estar feliz, trouxemos um monte de felicidade para as pessoas! Quano às doenças dos gatos, há várias por aí. Me dá um tempinho, pois es enrolada; já, já, coloqco link aqui sobre isso.
A Mãezinha está bem! Tem um tópico onde sempre dou notícias dela. Ali à direita da tela voc~e vai achar o link, ok? Obrigada pela visita!!!!!!!!!

Katia Bandeira disse...

Que felicidade, que felicidade!!!
Me debulhei aqui, baldes de lágrimas... Que coisa mais linda, meu Deus... Bebê tem um lar, uma mãe, irmãos felinos e humana... Não poderia ter notícia melhor... Negativo, adotado...
Estou muito feliz...

Sônia Schmidt disse...

Katia! Você não tinha visto, ainda!!! Viu que coisa mais linda isso?

Cláudia disse...

Como não chorar diante de um relato tão emocionante e feliz?
Que outros testes sejam feitos;
que outros sejam negativos;
que outros gatinhos tenham a chance de encontrar uma nonô só deles...

Isso é prova que a ESPERANÇA nunca deve morrer!
Nonô, que vc tenha todas as bênçãos da Natureza, seja muito feliz e que o Bebê leve muitas alegrias para seu lar.
Amamos TODAS vocês!
beijos

Maritza disse...

Ai,quanta emoção!!
Impossível não chorar!
Meu DEUS,como é BOM,amar esses seres tão encantadores!!
Apesar da minha insignificancia,aqui estou eu,tão feliz com o bebê em sua nova casa,ai que BOM,acabou a angústia!
Parabéns!

andrea marväo disse...

Ai, meu Deus !!! Haja emoção !!! As lágrimas não obedecem mesmo! Eu imagino como o Bebê vai estranhar no começo! Gatos são bastante apegados ao lugar onde vivem. E dos amigos dele? Já pensou a saudade que ele vai sentir? Mas ... com certeza ele vai estar mais seguro e tranquilo! Amigas, que notícia maravilhosa! Obrigada por tanto amor e dedicação! Bjs ♥

Angela Belluomini disse...

Notícias do Bebê na casa nova:

Ele está se sentindo em casa... rs
Já aprendeu os horários dos petiscos que a mãe dele dá para os gatos e fica miando, em coro com os outros gatos!
Passeia pela casa toda, faz FSSS para os outros gatos, mas não brigam (creio que só se xingam!).
Pede colo para a nova mãe e está super feliz se sentindo protegido e amado.
Ainda está na fase de comer muito, pois ainda não aprendeu que nunca mais vai ter que disputar comida com outros gatos e gambás. Mas isso ele vai aprender rapidinho.
Bebê está no PARAÍSO!!!
Estamos muito felizes!!!!!

Daniela Borali ॐ disse...

Meu Deus como tudo isso é mágico, lindo e ao mesmo tempo triste e sufocante!
Estou feliz, muito feliz pelo bebê...
E quanto aos gatos que tem a doença? Para quem só quer um gato na casa não teria problema...
Por que não divulgar a adoção deles? Seria o verdadeiro e o maior ato de amor...

Que Deus continue dando esta FORÇA para continuarem, porque de verdade não sei se meu coração aguentaria. Estou com 17 gatos, fora os cães simplesmente porque não consigo não trazê-los... E pior, assim que entram em casa também não consigo doá-los.
É uma dor imensa pensar em me separar deles!!!
Hoje rezo para que o Universo contribua para que sejam conduzidos a lares de humanos de verdade, porque não podemos acolher todos por motivo de espaço e financeiro mesmo. Infelizmente! Mas se dependesse só do nosso coração...
É isso aí meninas encantadas!!!
Estou na torcida que consigam mais lares felizes para estes encantados gatos de luz!
Quero contribuir com o bazar encantado...
Beijos mil,
Desta que fica encantada cada vez que se depara com o encantado trabalho de vocês,
Dani

Sônia Schmidt disse...

Dani

Os Encantados sempre estiveram para adoção. O problema é que é difícil doar um gato FeLV+. Agora, com essa possibilidade de alguns terem a doença e outros não, é possível que algumas pessoas queiram adotar.

Só doaremos para lugares onde eles não corram qualquer risco de ir para a rua. Um gato, quando retirado de uma colônia, vai tenar voltar para ela... então, seremos bem criteriosas nas adoções.

Para nós também é extremamente difícil devolvê-los para lá quando os trazemos para as castrações. Mas se não tivéssemos sido "duronas" e até frias (como algumas pessoas pensam que somos), não teríamos castrado tantos gatos de lá. Se fôssemos esperar cada um ser doado para capturarmos outros, hoje teríamos milhares de gatos por lá.

Então, sempre tentamos manter o foco: nosso objetivo é castrar e controlar a colônia. Isso foi quase um mantra que nos acompanhou por todo o período. Quando eu fraquejava, a Angela entoava o mantra; quando ela fraquejava, quem entoava era eu.

Valeu a pena!!!!!!!!!!

Bjs
Sônia

As Aventuras da Gata Sofia disse...

olá meninas...que história emociante!!
Não chorei aqui sozinha ...chorei com meu esposo que também acompanha o trabalho de vcs!!
Que o bebeseja muito feliz...agora quem seu verdadeiro lar, graças à voces do gatos encantados!Parabens e obrigada por serem pessoas especiais!bjks da gata sofia

Sônia Schmidt disse...

Obrigada a você e ao maridão que acompanham as aventuras dos Gatos Encantados (roubei descaradamente o nome hehehe).

Nossa! Foi emocionante demais, mesmo! Abri o berreiro no dia (e depois, e depois, e depois).

Bjs