26 de dez de 2010

Gatos Encantados – Natal Encantado!

Para quem gosta de ler ouvindo música, é só clicar na setinha! BOM DIA com Zizi Possi

Hoje, 26/12/10, fomos ao Parque!

Como capturamos a Mãezinha na semana passada, resolvemos ir primeiro para o Parque.

Um dia super abafado! Não tinha sol forte, mas o mormaço estava de matar!

No caminho para o Reduto, demos uma paradinha na Favelinha do Bebê. Chamamos ele, que devia estar dormindo, apareceu se espreguiçando e miando. Um FOFO!
Peguei Bebê no colo (isso é um privilégio!) e levamos ele de carro até o Reduto.
Bebê adora andar de carro. Já acostumou e não fica nem um pouco assustado.

Carona para o Bebê

Nossa chegada no Reduto, pra variar, contou com uma recepção calorosa... rs

Todos os nossos queridinhos estavam lá.

Sophie, Gooordo, Filhota, Mamãe da Filhota, Pancinha, o Pretinho que só come ração seca, Sialatinha, Sialatona, Linda Irmã, Patynho e até o Pretão qua ainda não foi castrado!

Bom dia!!!

Linda Irmã (é linda demais, né?)

Foi uma linda ceia de natal. Teve Banquete e ração seca diferente.

Pretinho que só gosta de ração seca

Lógico que enquanto eu preparava o Banquete, Bebê, Sophie e Filhota me ajudaram bastante! Foi dia de festa!

Sophie (quem nunca comeu melado...) e Filhota

Papá



Banquete - vista lateral

A formosura do Bebê
Mamãe da Filhota
Filhota da Mamãe
Sialatona e seu banquete exclusivo
Negão não castrado (ainda)

Gooordo fazendo a sesta

Depois, preparamos o Banquete dos gatos da Colônia Tigrada.

Bebê foi conosco até lá.

No meio do caminho, a Trairinha nos interceptou! Foi nos seguindo e passando entre nossos pés até lá. Muito linda... A Trairinha mais linda do mundo!

Trairinha


Não apareceram todos os gatos da Colônia Tigrada. Mas os que estavam lá, se fartaram de Banquete! E ainda sobrou bastante para os “retardatários”.

Gatos da Colônia Tigrada
Narizinho
Melancia II bebendo aguinha
;/

E descobrimos que o Bebê não tem nada de bobo...

Enquanto estávamos lá, vendo os Tigradinhos, passaram alguns funcionários de uma casa de show que funciona numa parte do Parque e o Bebê saiu correndo de volta para o Reduto!
Ele não gosta de estranhos! Mas se alguém estiver conosco, ele não tem medo!

Eu e Sônia ficamos muito orgulhosas de ter conquistado a confiança dele. Bebê confia em nós.
Depois que os tais homens foram embora, Bebê voltou para perto da gente e ficou tranqüilo ali.

Quando voltamos para o Reduto, Bebê foi de carona. Metade do caminho no meu colo e a outra metade no colo da Sônia.

Preparei o Banquete dos gatos da Frente do Parque, nos despedimos de todos os gatos e fomos continuar a distribuir Banquetes... rs

Na Frente do Parque, só encontramos o Branquinho e a Cabeçã. Os outros gatos não apareceram, mas deixamos Banquete para todos.

Branquinho e Cabeçã
Cabeçã de novo... olhem que dentinhos fofos (quase Bento Carneiro - o Vampiro Brasileiro)
Branquinho de novo porque ele é irresistível!!!

Soubemos que o Júnior e a Tigrada Gordinha perambularam por ali hoje cedo. Mas enquanto estávamos ali, eles não deram o “ar de suas graças”.

Ah, temos que contar pra todos que o nosso acordo com o funcionário do Parque para colocar ração para os gatos durante esse período de férias coletivas lá está dando super certo!
Ele é um amor de pessoa e está nos deixando muito tranqüilas em relação à alimentação dos gatos.

Durante a nossa conversa, ele nos disse que contou os gatos do Reduto pela manhã (bem cedinho). Pelas contas dele, são QUINZE gatos!!! Nós só vemos onze!
Ele falou sobre um gato amarelo com branco... Achamos que pode ser o Laranjinha Sobrinho.
O problema que esse “cedo” que ele fala, é por volta das 7 horas da manhã. E isso é quase impossível para mim e para Sônia. Mas vamos tentar, qualquer dia desses, ir lá nessa hora pra ver esses quatro gatos que não sabemos quem são!

Bem... fomos, então, para a Cidade Fantasma.

É estranho não ter a Mãezinha para esperar. Ela faz falta lá.

Mãezinha está numa clínica, sendo cuidada e vai ficar boa da Esporotricose.

O consumo de ração no Cafofo foi bem significativo... Ainda não fizemos os cálculos da quantidade de gatos que andam comendo por lá, mas vamos fazer.

Como não aparecia nenhum gato, decidimos fazer uma boa limpeza no Cafofo. Não foi faxina (deu uma certa preguiça de carregar água...), mas passamos panos molhados, lavamos todos os nossos potes, colheres... rs

De repente, vimos a Cor-de-Rosa. Ela é muito assustadinha e só fica de longe. Mas ganhou um Whiskas Sachê. Tive que colocar o potinho bem longe e sair de perto.

Foi engraçado quando peguei a câmera para ir fotografá-la comendo. Ela saiu correndo e parou bem longe. E eu decidi ir voltando para o carro. Eu dava uns 4 passos e olhava pra trás. A Cor de Rosa vinha andando também e, quando eu parava, ela parava também...

Fiz isso umas 5 ou 6 vezes e ela sempre parava e sentava.

Até que resolvi deixá-la em paz para comer o seu petisco.

Tigrada Cor-de-Rosa finalmente comendo em paz seu banquetinho

A pelagem dela está legal. Sem falhas e, aparentemente, sem nenhum machucado (estamos preocupadas, né?). Vamos tentar ficar de olho nela!

Bem, esse foi o nosso Dia Encantado com os Gatos Encantados.

Lembrem-se, por favor, de dar uma olhadinha no Bazar Encantado sempre que tiverem que dar um presentinho, tá?

É a nossa principal fonte de renda para cuidar da Mãezinha, comprar ração e petiscos e castrar os que faltam.

Precisamos sempre da ajuda de todos.


22 de dez de 2010

Gatos Encantados – We are the Champions!!!!

Para ler ouvindo um lindo fundo musical, clique na setinha. A música tem tudo a ver!!!

Hoje, 22 de dezembro, fomos ao Parque!

Conforme falamos no último relato, fomos com o firme propósito de capturar a Mãezinha.

Fomos eu, Sônia e o Tony, especialista em resgate de animais.

Como tínhamos que nos dedicar à captura, fomos primeiro ao Parque fazer uma ronda rápida nas colônias.

Fomos direto ao Reduto. No caminho, passamos pela Favelinha e chamamos o Bebê.
Demorou um pouquinho (eu e Sônia literalmente berrando por ele), Bebê vem pela estrada. Não sabemos onde ele estava... mas veio de longe!
Bebê é muito andarilho.
Sônia deu uma carona de colo pra ele até o carro e ele foi de carona (de carro) até o Reduto.

Bebê como gosta... no colinho!!!

Nossa chegada foi um “espetáculo”! Gatos vindo ao nosso encontro de todos os lados! (filmamos isso!!)

Acho que eles gostam de platéia... Fizeram uma linda cena para o Tony!

Recepção calorosa! Aparece até a Sophie descendo do armário!

Fizemos banquete pra eles, claro! Bebê, Filhota e Sophie me ajudaram.

Preparando o banquete

Bebê e Filhota "ajudando"... Sophie chegou depois!
Oba! Banquete!!!
Banquete para a Sialatinha também!

Não vimos a Sialatona, mas todos os outros gatos estavam lá! Lindos e loucos pelo Banquete!

Preparamos o petisco para os gatos da Colônia Tigrada. Nem todos apareceram... Mas a Gatinha do Quiosque, quer dizer, a Trairinha estava lá!

Tigradinhos - Trairinha, ops... Gatinha do Quiosque à direita do grupo de 2 gatos.

Soubemos que os rapazes da montagem do som da festa de sábado passado cumpriram o combinado conosco!
Isso nos deixou muito felizes!

Foi tudo muito corrido, mas também levamos um banquete para os gatos da Frente do Parque. Hoje vimos o Branquinho (cada dia mais lindo!) a Cabeçã e o Melancia.
Não vimos os outros gatos.

Cabeçã
Branquinho (que espetáculo)
Branquinho de novo!!!!!!!!!!!!!

Melancia

E então fomos para a Cidade Fantasma.

Tony achou que seria bom termos uma alternativa e camuflou a armadilha.

Tony camuflando a armadilha

Mãezinha chegou até a porta da armadilha, atrás dos pedacinhos de Whiskas Sachê, mas não entrou...


Mãezinha perto da armadilha
Indo para longe... aqui dá para ver alguns dos machucados

O Tony, então, se posicionou ao lado do carro e Sônia colocou um potinho com o petisco. Mãezinha estava embaixo do carro.

Se escondendo debaixo do carro... também dá para ver os machucados

Quando ela foi até o potinho, Tony se mexeu e Mãezinha voltou para debaixo do carro.

Mais uma tentativa e Mãezinha foi para o outro lado... e ficou observando.

Mãezinha voltou para debaixo do carro e Sônia jogou pedacinhos para atraí-la e ela foi até o potinho.

Tony deu a volta no carro e ficou por trás da gatinha.

Para distraí-la, Sônia conversou um bocado de tempo com ela... de longe, claro.

Com a voz da Sônia, ela se distraiu um pouco (ela está acostumada a ouvir nossas “conversas” com ela), sentiu-se segura e ficou compenetrada comendo os petiscos.

Foi quando o Tony, num golpe certeiro, colocou o puçá por cima da Mãezinha!

Nossa pequena se debateu um pouco e foi se enrolando na rede, até que se rendeu.

Claro que nessa hora, eu e Sônia já estávamos choramingando... É meio traumatizante esse tipo de captura, apesar do gato não se machucar e até lutar menos que na armadilha.

Tony levou a Mãezinha dentro do puçá para o interior do Cafofo. Fechamos a porta e vedamos a parte por onde eles entram e saem (o vidro retirado da porta) e ele transferiu a Mãezinha para a caixa de transporte!

We are the Champions!!!!

Já na caixinha... ela já esatava com um machucadinho no nariz, mas ficou maior porque roçou na rede do puçá

A torcida de vocês foi “batata”!!!! Obrigada!!!

Mãezinha já está no veterinário!!!

Amanhã ela vai fazer os exames para confirmar (ou não) a esporotricose.

Se for confirmado, ela terá que ficar internada por 6 meses (tempo que leva o tratamento) e vamos precisar de muita ajuda para mantê-la na clínica e pagar todo o tratamento.

Portanto, lembrem-se do nosso Bazar Encantado! Mais do que nunca, precisaremos vender nossos produtos para termos caixa para bancar o tratamento da Mãezinha e todo o resto.

Por favor, ajudem a divulgar os nossos produtos.

Update by Sônia:

Levei Mãezinha para avaliação veterinária. Diferentemente do que pensei, não foi necessário sedá-la; não que a Mãezinha seja um docinho, mas o assistente da veterinária é um espetáculo e conseguiu contê-la.
Foi feita a coleta do material das feridas, coleta de sangue para hemograma e análise de função renal e hepática. Durante a coleta a Mãezinha fez xixi (tadinha, estava assustada) e foi possível recolher a urina com uma seringa. Assim, poderemos saber se há, como suspeitamos, infecção urinária.
A lâmina com o material das feridas foi analisada de imediato e foi confirmada a esporotricose (estavam lá aqueles funguinhos horrorosos!!!).
Amanhã, saberemos os resultados dos outros exames.
A veterinária nos ajudou não cobrando a consulta nem a análise da lâmina. Só pagamos pelos exames laboratoriais (R$ 107,00); já mandamos manipular a medicação para um mês em uma farmácia altamente confiável, que será em pasta e com sabor carne, o que vai facilitar a administração (R$ 57,20); já deixamos um mês de hospedagem paga (R$ 200,00). Assim, ficamos tranquilas por um mês. Será mais ou menos esse o custo mensal, pois teremos que repetir, sempre, alguns exames. Pode ser que seja necessária a utilização de antibióticos, caso se confirme a infecção. Amanhã saberemos...

No início do ano lançaremos uma rifinha que possa garantir ao menos um período do tratamento, que durará em torno de 6 meses; continuamos com os Produtos Encantados à venda, pois, além das despesas com a Mãezinha, continuaremos com as despesas normais.

Qualquer ajuda sempre é bem vinda e os Gatos Encantados agradecem!!!!!!!!!!!!!!

Update em 30 de dezembro by Sônia

Hoje a busquei onde está hospedada e levei à clínica para o ultrassom. Felizmente, a Mãezinha não tem cálculo, só cristais (muitos). Assim, não precisará sofrer cirurgia.

Essa hipótese estava nos assustando bastante, já que ela está com esporotricose e certamente é portadora de leucemia felina.

Ela não precisou ser sedada, o rapaz que trabalha na clínica consegue fazer a contenção e isso é ótimo!!!

Foi aplicada medicação de dose única - antibiótico para a infecção leve que apresenta.

A veterinária gostou do aspecto das lesões. Ainda estão enormes porém com melhor aspecto (segundo ela, pois eu achei horrível). è normal ainda não vermos tanto efeito, pois está tomando a medicação para a esporotricose há apenas 5 dias. Mas acho que foi importante essa avaliação dela, pois significa que a medicação está sendo administrada direitinho.

A revisão será em mais ou menos 20 dias, mas eu vou dando notícias por aqui.

A novidade é que ela vai ter que passar a comer ração urinary. Então, a previsão de custo fixo mensal para a manutenção do tratamento será de mais ou menos R$ 320,00.

Se alguém tiver ração urinary sobrando, por favor, se lembrem da Mãezinha, ok?

18 de dez de 2010

Gatos Encantados – 3 X 0...

Hoje, 18/12, fomos ao Parque.

Conforme o combinado, o Tony, que captura gatos com o puçá, foi com a gente.

Tínhamos que capturar a Mãezinha...

O calor estava terrível! Mas fomos direto para a Cidade Fantasma, torcendo para a Mãezinha aparecer e estar bem.

Bem... Mãezinha apareceu e parece estar bem... apesar dos machucados continuarem lá, no corpinho dela.

A gatinha é muito esperta. Percebeu que tinha “novidade” no pedaço e ficou de longe, muito desconfiada.

Começamos a seduzi-la com pedacinhos de Whiskas Sachê e ela chegou perto do potinho... Mas fugiu para debaixo de um monte entulho que tem ali.

Continuamos tentando... E ela cedeu à tentação dos pedacinhos de Whiskas Sachê de novo... e fugiu de novo para o mesmo lugar.

O Tony se aventurou por cima do entulho e a Mãezinha saiu correndo até um dos buracos da calçada. Entrou no buraco! Coisa que não fazia nunca!

Tentamos ainda seduzi-la a sair do buraco... Mas ela não deu mais o ar de sua graça!

Ou seja, NÃO CONSEGUIMOS CAPTURAR A MÃEZINHA... 3 x 0 pra ela... Terceiro dia de tentativa de captura e a danadinha dá bailes na gente.

E nem a fotografamos hoje. Estávamos mais empenhadas em tentar a captura dela e nem lembramos de fotografá-la.

Mas não há de ser nada! Na quarta-feira (eu estou de férias!!!) nós vamos de novo lá! O Tony vai voltar com a gente e dessa vez ela não vai escapar!

O consumo de ração foi bem grande essa semana. Fechei o Cafofo 2. Tinha cocô nas paredes e achamos que isso é coisa de gambá. Gatos não fazem isso!
E decidimos restringir a ração ao Cafofo Original apenas.

Estamos desconfiadas que ela está com esporotricose e não podemos bobear, né?

Quando estávamos indo embora, a Cor-de-Rosa saiu do buraco da calçada em frente ao Cafofo... Com jeitinho de quem estava descansando... rs

Cor-de-Rosa saindo do buraco

Levamos o Tony para um lugar onde pudesse ir embora e fomos para o Parque.

Nossa primeira parada foi no Reduto.

Por causa do calor, os gatos não vieram correndo ao nosso encontro. Os poucos que estavam por ali, vieram andando preguiçosamente... rsrs

Chamamos os ausentes e eles foram se chegando. Só faltava o Bebê...

Antes de preparar o banquete, fomos chamar o Bebê... Fomos até o galpão perto do Reduto, onde ele andava ficando, e chamamos... “Bebêêêê!!! Bebêêêê!!!” Umas 50 vezes... e nada! Ele não apareceu nem deu uma miadinha...

A Filhota e o Patynho foram atrás da gente reclamando da demora do Banquete e eu fui atendê-los, enquanto a Sônia foi até a Favelinha (antiga casinha do Bebê).

Enquanto eu preparava o Banquete, com a ajuda da Filhota e da Sophie, Sônia voltou com o Bebê no colo (que alívio...) e ele logo pulou no carrinho para “ajudar” também!

Preparando o banquete. Bebê chegou e já se juntou à Filhota e a Sophie

Bebê


Bem... Todos os gatos do Reduto marcaram presença!

Apresentando os Gatos Encantados do Reduto


Patynho, Gooordo, Mãe da Filhota, Filhota, Bebê, a Absoluta Sophie, Pancinha, o Pretinho que só come ração seca, Sialatinha, Linda Irmã e Sialatona.

Goordo
Linda Irmã
Sophie, a Absoluta!!!!!!!


Bebê

Tudo junto misturado comendo o banquete


A Mamãe da Filhota e seu arranhador

O banho da Filhota - reparem que ela segura o rabinho!!!

Cafofo da Sophie

Sialatona

Até o Negão não castrado se aventurou a comer do Banquete (o que servimos pra Sialatona sempre sobra... e colocamos mais, né?).
Não demora e vai ser fácil capturá-lo. Ele já fica mais ou menos por perto quando estamos lá. Estamos deixando ele “confiar” em nós (e depois a Gata do Quiosque é que é a Traíra, né?).

Negão não castrado já se enturmando



Sialatinha

Patynho

Pançola

Invasão de privacidade - cenas fortes!!!! hehehe


Enquanto eles se deliciavam com o Banquete, fui preparar o Banquete dos gatos da Colônia Tigrada (ex-Colônia Transferida) e fomos levar para eles.

Para nossa surpresa, vai ter uma festa grande lá, numa casa de show e estavam montando a parte técnica no lugar onde os gatos se alimentam.

Só três gatos estavam por ali, apesar do movimento.

Narizinho
Tigrado
Melancia II


Isso nos preocupou, lógico! Ficamos aflitas, pensando que teria circulação de gente estranha por ali e fomos conversar com os montadores dos equipamentos.
Um dos técnicos, que disse pra gente que tem 3 gatos, e nos garantiu que não teria ninguém ali que não fosse da equipe técnica.

Eles foram muito gentis conosco. Colocamos o comedouro deles dentro da casa de comando do brinquedo (que tem uma parte aberta) e pedimos que eles colocassem o comedouro para fora quando acabasse o evento.

Os gatos pareciam bem tranqüilos e à vontade. E esse comportamento deles demonstra que não foram intimidados ou incomodados pelos montadores, né?

É nossa “política” fazermos amigos! Tentamos nunca brigar com ninguém... e sim conquistar a simpatia de todos. Assim, em vez das pessoas ficarem com raiva da gente e descontarem nos animais, conseguimos aliados... Pessoas que nos ajudam a cuidar dos Gatos Encantados!

Hoje não vimos as Gatinhas do Quiosque... Nem a Trairinha nem a Outra Gatinha.
A gente acha que juntou o grande movimento com o calor (insuportável) do dia.

Aliás, hoje eu “perdi a linha”... Pedi pra Sônia derramar uma garrafa de 2 litros de água na minha cabeça. Molhou cabelo, costas, vestido... rsrsrs (Sõnia, era só na cabeça, né?) Fiquei um horror... mas refrescou um pouco!

De volta ao Reduto, ficamos ali mais um pouco com os gatos.

Filhota matou as saudades da minha bolsa, Bebê ganhou muito carinho, Sophie foi apertada, mimada e fotografada, o Gooordo ora deixava a gente fazer carinho ora fugia da gente (ele estava confuso hoje!) e os outros gatos nos observaram.

Como sempre, chega a hora de ir embora. Preparei o Banquete dos gatos da Frente do Parque, abastecemos os comedouros e, com o coração apertado pra variar, fomos embora.

Na Frente do Parque, vimos Melancia e a Pio (a gatinha da piometra). Não vimos Sandy (eu a vi de manhã, quando fui pedir que abrissem o portão – Ela estava deitadinha lá em cima...). O Clube da Luluzinha estava desfalcado... A Tigradinha Gorducha devia estar bem escondidinha do calor.

Melancia

No Clube do Bolinha, só vimos a Cabeçã. Junior e o Branquinho não deram as caras

Cabeçã

Mas deixamos Banquete para todos.

Na quarta-feira, quando formos capturar a Mãezinha, faremos uma nova ronda por todas as colônias e vamos trazer notícias de todos.

Acho que a torcida foi fraca... rsrs

Caprichem mais na torcida na quarta-feira, ok? Precisamos muito capturar a Mãezinha!!!