3 de jul de 2010

Gatos Encantados – Novas Diretrizes...

Bem, hoje, 03 de julho de 2010, fomos levar os três gatinhos de volta ao Parque.

Dois deles foram comendo durante o trajeto. Estavam assustadinhos, mas não se fizeram de rogados. Comeram a ração que a gente deu.

Levamos eles para o mesmo lugar onde ficavam. Preparamos um banquete e abrimos as portinhas... Achamos que o banquete faria sucesso, mas que nada. Saíram correndo para reencontrar o que eles acham ser lar deles.

Na foto de cima, dois machinhos (um escondido); na de baixo, uma feminha.



Agora, vamos falar sobre as novas diretrizes que se fazem necessárias...

O Parque fechou! Já era esperado, mas alguns acontecimentos precipitaram isso, infelizmente.

Todos os funcionários da manutenção de final de semana foram demitidos. Com isso, só teremos apoio para alimentar os gatos durante a semana. E, ainda assim, muito precariamente. Pois apenas duas funcionárias continuam trabalhando lá.
Nos finais de semana não tem mais ninguém no Parque.

Claro que, graças à simpatia da direção do Parque ao projeto, continuamos tendo a nossa entrada permitida lá.

Porém, em algum momento o terreno será vendido e não sabemos se teremos a mesma receptividade dos novos donos.

Então temos que pensar em outras alternativas.

A princípio, temos uns 5 ou 6 meses pra encerrar as “nossas atividades” por lá.

A veterinária que cuida dos meus gatos, está construindo um abrigo em outro bairro. Ela cuida dos animais de um abrigo muito desestruturado e ganhou um terreno onde está sendo feito um lugar melhor para aqueles animais.

Fui conversar com ela. Perguntei se havia possibilidade de nós construirmos uma “ala” separada para os Gatos Encantados. Um espaço de uns 200 ou 300 metros quadrados, onde faríamos um lugar legal para eles, com área aberta e outra abrigada.

Recebemos o “OK” para fazer isso!

Portanto, precisamos que o abrigo comece a funcionar. Pois a estrutura será imprescindível para fazermos a transferência dos gatos.

Então, eu e Sônia estamos pensando em como ajudar a alavancar as obras que estão sendo feitas.

Nossa idéia é começar a fazer a “Ala Encantada” junto com a obra que está sendo executada, e, assim que tiver um mínimo de estrutura, começarmos a capturar os gatos e levá-los para lá.

Pelos nossos cálculos, vamos levar bastante tempo para capturar todos os gatos, visto que são ariscos e não vão entrar nas armadilhas tão facilmente. Acreditamos que teremos que recapturar cerca de 50 gatos.

Estamos muito apreensivas.

Hoje, durante o tempo que ficamos no Parque colocando ração em todas as micro-colônias, conversamos muito sobre isso.

Temos que fazer uma estratégia e começar rapidamente a executar as obras.

Claro que os gatos não se dão conta do que está acontecendo. Servimos banquete, não falta comida...
Eles estão super bem. Gordinhos, tranqüilos e lindos.

Sophie continua carinhosa, o Pretinho com a ponta do rabo branca cada vez mais dócil, o Patynho mais curioso (ele fica observando cada movimento nosso!) e os outros, que mantêm uma distância segura da gente, também estão ótimos!

Sophie!!!!!
Gato preto com a ponta do rabo branca; a foto de baixo (que está péssima hehe) mostra que ele ficou nos seguindo
Patynho
Melancia
Gatinho do quiosque
O Vaquinha Miador continua no lugar que é chamado de “Favelinha” (uma oficina meio abandonada, perto de um matagal). Basta chamá-lo que ele fica respondendo com um miado encantador...

Sábado que vem, voltaremos lá com os comedouros grandes que a Sônia encomendou. Vamos deixar em pontos estratégicos, para que sejam reabastecidos pelas funcionárias durante a semana e por mim e Sônia nos finais de semana.

Iremos lá todos os sábados de agora em diante, até resolvermos toda essa situação.

Vamos retirar os gatos da Cidade Fantasma também.

Hoje eles ganharam banquete, como sempre, e a boa notícia é que eles estão aproveitando as caminhas do Cafofo.

Os 4 mosqueteiros e o banquete; a foto de baixo está ruim, mas é só para mostrar que já se aproximam bem mais!
Eles dormem nas caixas que colocamos lá e estão bem quentinhos.

Os quatro mosqueteiros estavam lá, como sempre, em frente ao Cafofo. Mãezinha, Laranjinha, Vaquinha-Pai e PPA (que hoje MIOU!!!) A cada dia, mais lindos e gordinhos.

Enfim... Vamos montar uma estratégia e vamos precisar muito de ajuda.

Blocos de concreto, telhas grandes, cimento, telas... Essas são as nossas metas agora. Material de construção.

Vamos dar notícias, em breve, sobre o andamento dessa nova situação.

Desculpem, por favor, o meu relato não ser tão bonitinho como das outras vezes...

Mas os gatos estão bem e, apesar das novas limitações, vamos levar o projeto até o fim. Não vamos abandonar os Gatos Encantados em hipótese nenhuma.

Temos certeza que descobriremos uma forma de continuar cuidando desses gatos, que aprendemos a amar como se fossem nossos, que nos tornaram pessoas melhores e que só podem contar conosco.

Vamos manter todos informados de cada passo que daremos. Afinal, o projeto Gatos Encantados só deu certo por causa da confiança, torcida e apoio de vocês.

PS.: Por causa de todo essa aflição que estamos passando, dei uma bobeada e levei a câmera fotográfica com as pilhas descarregadas. As poucas fotos que tiramos são de celular... Não reparem a qualidade das fotos, ok?

4 comentários:

Danielle disse...

A Sonia me falou pelo orkut... estavamos olhando como baratear custos de construção pra reformar o 4 patinhas. Uma das coisas que a gente viu é que usar blocos de concreto ao invés de tijolos barateia bastante, pois toda a fiação e a estrutura podem ser feitas diretamente dentro dos buracos do bloco. Pra diminuir o calor, usar uma manta feita de caixas tetrapak entre a laje e o telhado.
Existe na UFRJ uma professora no departamento de arquitetura que faz um trabalho nessa área, quem sabe a gente não consgue um projeto em conjunto para os gatos encantados e o 4 patinhas... vou pegar o nome dela em casa e depois repasso pra voces!

Bjim

Sônia Schmidt disse...

OK. O único senão é que temos que esperar o lugar ter um mínimo de estrutura...

Platero disse...

parabens, gurias, pelo lindo trabalho de vcs!
que esta nova fase do projeto tenha mt sucesso!
abraços fraternos e força do sul do sul do brasil!!!

Sônia Schmidt disse...

Obrigada pela mensagem. Fui visitar seu blog e vi um lindo post.