2 de jun de 2008

Não conseguimos capturar de novo (mas até que foi bom).

Sexta-feira, 30 de maio, nova viagem ao parque.
Desta vez, tive a companhia de duas pessoas maravilhosas que se ofereceram como voluntários: a Chris e o Guilherme. Chegamos cedinho e ficamos para lá e para cá procurando gatinhos não castrados. Novamente levamos um baile da Sandy...
Levamos baile, também, de um gato preto com a ponta do rabo branco e de todos os outros "inteiros". Tentar, tentamos, mas não deu... e ainda caiu um temporal (foi quando desistimos de vez).
E por que motivo eu achei bom?
Porque o veterinário em que estávamos levando os gatinhos não fará mais as nossas castrações. Então, se tivéssemos capturado, não teríamos o que fazer e os animais seriam submetidos a um stres desnecessário.
Agora, temos um problema para resolver: onde fazer as castrações? Vamos correr atrás, podem ter certeza.
Não podemos nos esquecer que não é mais possível levar na Prefeitura porque não há mais quem capture na véspera nem quem faça o pós operatório (a não ser que tenhamos voluntários que possam ir lá colocar alimento e cuidar deles).
Precisamos de um tempinho para nos organizarmos; por enquanto, as capturas estão SUSPENSAS - por um curto período, esperamos.

3 comentários:

Aurea disse...

Puxa Sonia que pena... Mas vamos, Vamos? Sim, vamos pensar em algo! afinal todos nós estamos aqui para isso. AJUDAR! inclusive pensando em alguma solução para isso.
Tico e Teco já estão em funcionamento kkkkk
beijocas!

Tatiana disse...

Sônia, tenho certeza que a exemplo de como as coisas aconteceram até hoje, tambpém esse obstáculo será transposto e logo logo a gataria continuará a ser castrada.

Beijos e força!

Tatis.

Sônia Schmidt disse...

Obrigada, Tatis, pela força. O apoio das pessoas queridas é fundamental!