26 de jun de 2011

Gatos Encantados – São tantas Emoções...

Hoje, 26 de junho, fomos ao Parque.

Estava morrendo de saudade de escrever o relato!

Porém, o relato de hoje começa pelo dia de ONTEM...

Ontem, 25 de junho, fomos para Araruama.

Tínhamos que comprar o piso, as portas e outras coisas para os cafofos, dar uma atenção ao Seu Jair e, principalmente, VER com nossos próprios olhos como está indo a realização do Sonho Encantado!

Ficamos com pena do Seu Jair... Ele se esforçou muito para colocar o telhado do Cafofo dos fundos... mas não entregaram o material e ele não pode fazer o serviço! Ele estava inconsolável!

Mas isso não diminuiu em nada a nossa alegria! O Cafofo dos fundos ficou maior que imaginávamos! Uma coisa é ver um desenho imaginário... Outra coisa é ENTRAR nesse desenho!

Vai ficar um ESPETÁCULO!!!!

Explorando o cafofo! Porta da frente, que dá para a varandinha


Porta lateral, que será a entrada para a Terra dos Gatos Encantados. à frente dessa porta, haverá um "hall" cercado com tela e portão de segurança.

Fomos comprar a cerâmica para o piso e escolhemos uma lindíssima! Preta com ranhuras grafite... Chiquérrima (e o melhor é que estava em oferta!) e o chão vai ficar fantástico! Será o mesmo piso nos dois Cafofos e nas varandas.

Esse será o piso dos "Cafofos Encantados".

Já as portas... lá eram caríssimas. Pois como são portas para exterior, têm que ser maciça... senão, em poucos meses teriam que ser trocadas, e decidimos ver aqui no Rio.

Os blocos de concreto, que servirão de base para o alambrado, já estão comprados e os mourões serão comprados assim que as medidas do terreno forem definidas (por causa das medidas da varanda).

Blocos de concreto que cercarão a Terra dos Gatos Encantados. Assim, não haverá risco de cavarem o chão para fugir!

Estamos muito felizes. A Noêmia está se mostrando a melhor “mestre-de-obras” do mundo! Uma companheira e tanto!

Ah... vimos o Bebê... mas (acreditem!!!) não o fotografamos! Estávamos tão alucinadas, que não fizemos nem uma foto da nova pança do Bebê!

Bebê, atualmente, não está mais sozinho... carrega uma “pochete” presa na cintura pra onde vai...

Prometo que vou pedir pra Noêmia fotografar o Bebê com a sua “pochete” pra postar aqui...

E agora, vamos ao relato de HOJE!

Como sabem, não estamos entrando no Parque.

Mas, como num sonho (outro dia foi a Sônia quem sonhou), imaginei um lindo relato para postar pra vocês.

O relato pode ser uma “ficção”... Mas as imagens, são mais que reais! Estão gravadas na nossa memória e na minha câmera fotográfica!

Vejamos se sou boa em fazê-los imaginar que estávamos lá:

Primeiro, fomos até a Cidade Fantasma.

O consumo foi TOTAL! Comeram toda a ração que a Sônia e o André deixaram na semana passada!

E a pergunta que não quer calar, continua: Quem são os gatos que comem lá?

A Cor-de-Rosa não apareceu. Abastecemos e limpamos o Cafofo e partimos para o mundo imaginário!

Agora, fechem os olhos (não... vocês têm que ler!!!), melhor, fechem um dos olhos e entrem no nosso mundo imaginário!

Fomos, então, para o Parque.

A primeira parada foi o Reduto!

Assim que chegamos, os gatos, que estavam deitados juntos no meio do pátio, logo se levantaram e vieram ao nosso encontro.

Menos uma tigradinha... que continuou deitada, imóvel...

Saí do carro correndo! O coração batia no pescoço! Não posso nem verbalizar o que se passou na minha cabeça (na da Sônia também!).

Mas, como num sonho, a tigradinha, a Mamãe da Filhota, levantou a cabecinha e logo se levantou para vir ao nosso encontro.

E começamos a fazer a chamada...

Absoluta Sophie – Presente

Gooordo – Presente

Mamãe da Filhota – Presente - acreditam que não temos foto "solo" dela??????

Pancinha – Presente

Pretinho que só come ração seca – Presente
Patynho – Presente

Linda Irmã – Presente

Sialatona – Presente

Filhota - ... Filhota - ... Filhota - ...

Sialatinha - ... Sialatinha - ... Sialatinha - ...

A respiração começa a ficar difícil, o coração começa a doer a cada batida, os olhos começam a arder... E as pernas nos levam para todos os cantos...

A voz quase não sai da garganta...

Um desconforto quase mortal se abate sobre nós... E os outros gatos cobrando o Banquete...

Mecanicamente, sem conseguir ao menos raciocinar mais, pego as guloseimas para preparar o Banquete...

E, como se brotasse do chão, Filhota aparece para ajudar a fazer o Banquete!

Choramos... de alívio, de nervoso, de desespero... mas, principalmente, de alegria!

Filhota, meu amor, nunca mais faça isso com a gente, viu? Nem em sonhos e nem no nosso mundo imaginário!

A Sialatinha não aparece... Ficamos tristes, mas sabemos que a Sialatinha é assim: Tem dias que não quer dar o ar de sua graça...

O Mundo Imaginário é quase perfeito, né? Nesse mundo, fazemos carinhos na Linda Irmã sem que ela fuja. Eu... Sônia... Tiramos o nosso quinhão de carícias na Linda Irmã!

Linda Irmã aceitando carinho da Sônia...

... e da Angela

Bem... esse Mundo Imaginário tem mais gatos!

E fui preparar o Banquete da Colônia Tigrada!

Na ida para lá, Trairinha vem nos receber e nos guiar até o seu cantinho. No alto do muro, o outro Tigrado, como um sentinela, verifica se estamos no caminho certo... e junta-se a nós.

Tigrado sentinela

Narizinho vem correndo, Melancia II e outros dois tigrados se apresentam para participar do Banquete.

Um tanto de Tigrados - de costas, com a pontinha do rabo branca, a Trairinha

Lindos demais os Tigrados

Já comi, já dormi, não tenho mais o que fazer aqui...
Como num sonho, de novo, eles se deixam fotografar bem de perto... quase se deixam tocar por nós!

Perto, muito perto...

Bem, Tigrados saciados, voltamos ao Reduto... Já para preparar o Banquete dos Gatos da Frente do Parque.

Banquete pronto, nos despedimos desses bichinhos que povoam nossa imaginação e nossos corações e fomos encontrar os outros gatos do nosso Mundo Imaginário!

No meio do caminho tinha um gato... Tinha um gato no meio do caminho...

E era a COR-DE-ROSA!!!!!

Do lado de “cá”, bem perto da cerca que divide o Parque da Cidade Fantasma.

A imaginação é capaz de cenas deliciosas... Encontrar a Cor-de-Rosa e estar com o Banquete pronto na mão... e um potinho para servi-la!

Aha!!!! Achamos a Cor-de-Rosa!!!!!!!!!!

Na Frente do Parque, encontramos o segurança que os alimenta durante a semana... e ele nos tranqüiliza!

Sialatinha estava lá de manhã! O Mundo Imaginário é, realmente, perfeito, não é?

Nessa hora, encontramos o Júnior, o Branquinho e Cabeção... ávidos por carinhos e Banquete!

Junior e sua linguinha rosada

Branquinho se deliciando
Cabeção idem

Do outro lado, no Clube da Luluzinha, vimos Melancia e Sandy... as outras duas, Pio e Gordinha, foram vistas pela manhã.

Melancia (é uma coisa liiiinda)

Melancia e Sandy só na sombra e água fresca

E voltamos à realidade!

Consegui envolvê-los no nosso Mundo Imaginário?

Vocês conseguiram “ver” tudo o que eu e Sônia “vimos”?

Vocês conseguiram sentir o que eu e Sônia sentimos?

E, de volta à realidade, fomos para as grande lojas de materiais de construção ver as tais portas!

E não é que achamos? Compramos as duas portas de correr para os dois Cafofos e a porta de entrada para a Terra dos Gatos Encantados!

E, como quem tem amigos nunca está só, conseguimos que o Super Américo, marido da queridíssima Anna, leve as portas até Araruama!!!

Essa generosidade vai ser uma economia imensa pra gente!

Pois, como pensávamos, as portas aqui no Rio estão mais em conta que lá. Porém, com o frete ficaria muito caro, apesar da diferença de preço ser grande.

Como sempre falamos, nossa vida com os Gatos Encantados é uma verdadeira montanha-russa de emoções.

Mas, o importante é que emoções eu vivi...

18 de jun de 2011

Gatos Encantados - Tijolo com tijolo num desenho mágico

Hoje, 18 de junho, fomos ao parque e o relato será curtinho...

Continuamos sem poder entrar no parque; mas, como sempre, fomos levar a ração dos Encantados.

Hoje, arrastei maridão. Angela está com dengue e ficou em casa, derrubada...

Deixamos 75 quilos de ração, o suficiente para duas semanas.

Ração entregue, tivemos notícias dos gatos... eles estão super bem, só esperando o dia da mudança...

Por falar em mudança, estávamos em um debate sobre condomínio felino no Orkut. Várias pessoas postaram fotos de cestas empilháveis que servem de caminhas para gatos.

A que mais gostamos foi essa aqui, que a Leila Piffer postou:

Pesquisamos na Internet os modelos, preços e já estávamos prontas para fazer uma encomenda (de uma cesta diferente, pois essa não encontramos na loja indicada), quando a Ângela achou a cesta que queríamos (talvez não seja a mesma, mas é idêntica!) em uma lojinha em Copacabana. Vejam que legal!!!!!!!!! Já fomos lá e compramos alguns conjuntos... vai que some do mercado, não é?

Futuro Condomínio Encantado (as rodinhas serão tiradas)
Bem... voltando à visita ao parque...

Do parque, fomos para a faculdade... varremos o cafofo, repusemos a ração.

Cor-de-Rosa não apareceu, mas sei que na próxima semana ela aparece...

Na saída perguntei, como sempre, se o pessoal tem visto os gatos. Eles sempre respondem que sim, mas não sabem direito descrevê-los (a única que consigo identificar pelo que eles falam é a Fera do Buraco, já que ela tem uma mancha preta no rosto). Inclusive, um dos seguranças falou que viu 3 gatos comendo dentro do cafofo. E cadê esses gatos que nunca vemos??? Ai, ai...

Missão cumprida, voltamos para casa (sempre meio tristes, agora).

Aí, abro meu e-mail e vejo que recebi uma imagem do Bart Budeguinha...


Tá tomando forma...

Adivinhem o que está tomando forma!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Cafofo da parte de trás do terreno!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 4 m de largura e 3m de comprimento, mais uma varandinha com 1 metro.


Não podemos nos esquecer que essa metragem aumenta muito quando colocarmos as prateleiras e o condomínio!!!

Gente, acho que você têm ideia que isso é muito emocionante para nós!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Semana que vem vamos lá e traremos muitas fotos!!!!!!!!!!!!!!!!!!

...ergueu no patamar quatro paredes sólidas
Tijolo com tijolo num desenho mágico
Seus olhos embotados de cimento e lágrima...

12 de jun de 2011

Gatos Encantados – dando os 1os passos

Hoje são duas novidades:

1ª: postagem dupla, pois temos relato dos dias 11 e 12 de junho;

2ª: Ângela está meio dodói; então, sou eu que vou escrever o relato. Não me xinguem (hehehe), pois sei que os relatos da Ângela são bem mais gostosos de serem lidos.

Vamos às novidades:

Relato 1 – 11/06/2011

Saímos cedo de casa rumo à cidade onde será construída a Terra dos Gatos Encantados. Conosco, foi o seu Jair, pedreiro de confiança da Noêmia. Seu Jair vai fazer toda a obra da casa e vai construir nosso sonho: a Terra dos Gatos Encantados.

De cara, ficamos contentes, pois ele é um senhor muuuuito fofo!!!!

Assim que chegamos lá, já o alugamos (Noêmia, não fique com ciúmes, por favor!!). Medimos novamente o local para termos uma ideia mais concreta sobre o custo do projeto. A largura do terreno que utilizaremos é de 3 metros e o comprimento é de 34 metros.

Explicamos todos os nossos planos ao seu Jair e ele entendeu perfeitamente (o que é ótimo, já que as pessoas têm um certa dificuldade em entender que não pode ter um buraquinho sequer por onde gatos posam passar).

Analisando o espaço, achamos melhor construir 2 com varanda (e não 3) e comprarmos algumas casinhas de madeira para serem espalhadas. Assim, a colônia poderá se dividir naturalmente.

Será construída uma mureta ao redor de todo o espaço para dar sustentação aos mourões que sustentarão as telas (que serão de metal e serão colocadas ao redor de todo o espaço e sobre ele, fazendo um gaiolão com mais de 2 metros de altura).

Será feita uma fundação para os cafofos, para que a umidade não suba pelas paredes.

Teremos um portão duplo para que não haver risco de sair um gatinho sequer quando a porta for aberta.

Como o cafofo que ficará na frente da casa não pode ser construído colado ao muro, na frente terá um solário. Assim que eu conseguir, faço um desenho que como tudo será feito para vocês entenderem melhor.

Tudo conversado e explicado, seu Jair fez o orçamento da mão de obra e disse o que seria necessário que comprássemos de imediato para o início da obra. Então, pedimos para ele fazer uma estimativa do custo desse material.

Colocamos nossas cabeças para funcionar e vimos que a obra deve ficar, mesmo, no valor de R$ 15.000,00 que estimamos (vantagem de sermos mais velhas e já termos passado por obras durante nossa vida hehehe), talvez um pouquinho mais. Teremos que usar materiais que combine com a estética da casa, que é toda bonitinha!

Então, batemos o martelo! A OBRA COMEÇA NA SEGUNDA-FEIRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

AI, QUE NERVOSO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Angela, seu Jair e Noêmia - dá para perceber que ficamos até de noite, né?

Angela, seu Jair e eu; foi cansativo, mas valeu a pena!!!!!!!!!!!!!!

Relato 2 - 12/06/2011

Amanhã eu escrevo, hoje estou mortinha!!!!!!!!!!!!!

.

.

.

Amanhã já é hoje e cá estou para o relato:

Fomos, com sempre, ao parque levar a ração dos Encantados.

Estamos com muitas saudades deles, mas nos tranqüiliza ter a CERTEZA de que estão bem. Sabemos que todos sentem falta deles, então, resolvemos postar fotos de arquivo, para sonharmos juntos.

Então sonhemos:

Sonhemos que preparamos o banquete, como sempre...

No sonho, começamos o passeio pelo reduto onde ficam a Sialatinha, sua Linda Irmã, a Mamãe da Filhota, a Filhota da Mamãe, a Sophie, o Patynho, o Goordo, Pançola e o Gato que SÓ Come Ração Seca.

No sonho, preparamos o banquete com a ajuda da Filhota (como sempre), cercadas pelos demais...

Cenas de um sonho - Filhota da Mamãe "ajudando" a preparar o banquete...
... os demais Encantados do reduto ao redor, aguardando...
...finalmente, uma comidinha diferente...
De repente, do nada, surge a Sialatona e, logo depois, a Trairinha.

... Sialatona não poderia ficar de fora desse sonho...

Eles devoram o banquete, Sophie ganha seu sachê e o Gato que SÓ Come Ração Seca ganha ração seca diferente da que come no seu dia-a-dia.

... como deixar esse lind, que só come ração seca, fora desse sonho tão gostoso???
Sophie, a Absoluta, que ama seu sachê...

Quando acabam de encher a pancinha, todos deitam ao sol, menos a Filhota da Mamãe, que resolve se esfregar na bolsa da Ângela (como se fosse uma grande novidade!!!).

... sonho se completando coma Filhota da Mamãe e a bolsa...

Ainda sonhando e andando nas nuvens, partimos para a Colônia Tigrada. No caminho, pelo menos três tigradinhos nos cercam e correm para o local onde colocamos o banquete. Apesar de terem ração disponível, o banquete é um evento especial... e eles se fartam!!!

... no sonho os Encantados Tigrados aguardam, ansiosos, por seu banquete...
... e só sossegam quando está tudo prontinho...



No sonho, temos que preparar tudo rapidinho, pois não podemos ficar muito tempo com eles... então, vamos para a frente do parque, colocar o agradinho para os Encantados de lá.

Me lembro muito vagamente do sonho... nele, o Júnior nos espera e logo aparecem o Branquinho e o Cabeção. Do lado das meninas, só a Pio aparece... ou será a Melancia? Não deu para ver direto, o sonho estava confuso!!!

Sonho sem o Júnior e seu olhar "blasé" não é sonho...

... Cabeção também tem que estar presente...

... assim como o Branquinho...
Pio (ou será Melancia? Pela carinha, é a Pio, mesmo!) também deu o ar de sua graça no nosso sonho...

Todos estavam bem, gordinhos como sempre...

Acordando do sonho, partimos para a Faculdade torcendo para a Tigrada Cor-de-Rosa aparecer.

Lavamos todos os potes, trocamos a água e reabastecemos o comedouro, que estava quase vazio. Nada da Cor-de-Rosa e logo bate aquela angústia. Andamos para lá e para cá procurando e já estávamos ficando conformadas em não vê-la mais uma vez. Afinal, ficamos quase um ano sem vê-la no passado.

De repente, do nada, surge aquela coisinha fofa. Eu QUASE gritei, mas me lembrei da bronca que levei da Ângela na semana passada, quando fiz tanto escândalo que o gato que estava vindo fugiu.

Ela apareceu!!!!!!!!!!!!!! Do nada, como sempre!

Tigrada Cor-de-Rosa - você quer que a gente morra do coração?

Enfim, tudo como deve ser, sonho se misturando à realidade, voltamos felizes; dessa vez MUITO MAIS FELIZES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

7 de jun de 2011

Gatos Encantados – Um pedido de desculpas...

Domingo, 05/06/11, fomos ao Parque.

Na verdade, não estamos indo ao Parque. Apenas vamos na Cidade Fantasma, buscamos notícias dos gatos do Parque e levamos ração para eles.

O pedido de desculpas é porque fiquei alguns dias pensando no que escrever para vocês... Não temos fotos, não vemos os gatos...

Sabemos que estão bem, pois acreditamos no que nos contam. O segurança é uma pessoa séria e gentil.

Dessa vez, a Cor de Rosa também não apareceu na Cidade Fantasma. Porém, enquanto eu lavava o bebedouro, ouvi a Sônia festejar (muito alto) a aparição de uma gato... que assim que ouviu os “fogos” da Sônia, correu pra se esconder!

Enfim... Sem fotos e sem um relato bonitinho, nos resta falar dos nossos planos!

Já temos mais de 40 padrinhos, que doarão R$ 30,00 por mês, durante 10 meses, para a construção da Terra dos Gatos Encantados.

Ainda faltam padrinhos!

Eu e Sônia limpamos nossas economias e vamos dar início às contratações de profissionais nesse final de semana.

Já vamos ver material de construção, mourões, gradis...

Temos uma idéia básica do que faremos. Como o terreno é uma faixa com 3,5m de largura e uns 32m de comprimento, faremos dois cafofos (um de cada lado), para que as colônias possam se dividir naturalmente.
Cada Cafofo terá porta, janela e varanda.

No meio dessa faixa de terreno, colocaremos casinhas para que uma terceira colônia possa se fixar com tranqüilidade.

O banheirinho será coletivo. Faremos uma “piscininha” de uns dois metros de comprimento, com uns 20cm de profundidade, forrada de ladrilhos, com ralo, onde colocaremos brita. Dessa forma, a brita poderá ser lavada diariamente.

Por toda a extensão do muro, colocaremos prateleiras (tipo pistas), para que eles possam passear pelo alto e pelo chão. A idéia é fazer três andares de “pistas”.

Afinal, os Gatos Encantados vivem num parque com mais de 340 mil metros quadrados... e o terreno que temos é infinitamente menor. São 100 metros quadrados... e achamos que podemos verticalizar o espaço, para que eles possam circular por todo o lugar,

Ah... por dentro, os cafofos serão revestidos de cerâmica (ou tinta lavável) para que sejam lavados quando formos lá.

Cada cafofo terá caminhas macias e quentinhas. Pois levaremos cobertores, colchonetes, casinhas...

Bem... já contamos um pouco dos nossos planos e vamos começar a executá-los.

Por isso, é tão importante que tenhamos todos os padrinhos para colaborarem todos os meses.

Cada padrinho terá um quadrinho com o seu nome nas paredes dos cafofos e receberá um igual pra guardar em casa!

Essa foi a forma que descobrimos de agradecer a cada um que ajudar os Gatos Encantados a terem a sua “casa própria”.

Nós estamos com saudades dos nossos amadinhos... A saudade é tanta, que chega a doer fisicamente. Mas, com a ajuda de cada um de vocês, nunca mais sentiremos saudades deles.

E o mais bacana, é que a Terra dos Gatos Encantados poderá ser visitada! É só marcar com a gente pra ir lá e encontrar com cada um deles!

Enquanto esperamos que os problemas do Parque sejam resolvidos e nós possamos voltar a ver os Gatos Encantados, vamos acelerando os nossos planos para retirá-los de vez do Parque.

Um update com fotos by Sônia

Vocês se lembram dos gatitos que trouxemos do parque para lar temporário? São gatitas!!!!!!!!
Foram castradas ontem e estão bem!!!!!!!!! As fotos estão ruins, pois são de celular, mas não resisti e resolvi postar.

Quando entrei na Cat Caverna, encontrei 2 bebeias dormindo abraçadinhas dentro da pia.


Não são lindas? Essa pretinha mais mansa é uma máquina de rom-rom!!!!!!!!!!
A pretinha mais arisquinha estava mole até agora à tarde (24 horas depois da cirurgia - e eu histérica), mas agora à noite está bem espertinha!!