19 de jun de 2010

Gatos Encantados – 1 é pouco, 2 é bom e 3 é DEMAIS!!!!!

Hoje, 19 de junho, fomos ao Parque.

Já aviso que vou fazer SUSPENSE sobre o título! E não vale ler a postagem de trás pra frente, ok?

Essa semana, recebemos um telefonema dizendo que um gato de uma das micro colônias do Parque estava com um grande machucado no pescoço.

Por isso, nossos planos de ir pra lá no final da tarde foram adiados. Fomos de manhã pra tentar capturar o gato machucado e levar para tratamento.

Além disso, era dia de levar a ração que os Gatos Encantados ganham mensalmente (obrigada sempre ao nosso benfeitor).

Bem, fomos direto para o Reduto da “tia” Sônia e os gatos vieram nos receber.

Não eram muitos... Pois hoje houve um grande evento lá o dia inteiro e, com o movimento, os gatos trataram de se esconder.

Mas deu pra ver o Sialatinha (danado de fujão!) de longe, a linda irmãzinha dele, o Vaquinha Miador, os tigradinhos, o Pathynho, o Pretinho que só gosta de ração seca e a linda, maravilhosa, estonteante, fabulosa e “amassável” SOPHIE...

Sialata
Irmã do Sialata
Vaquinha miador
Linda, maravilhosa, estonteante, fabulosa e “amassável” SOPHIE...

Não vimos todos os gatos... E isso sempre nos entristece um pouco...

Servimos o Banquete para os gatos do pedaço e fomos até a micro colônia ver o gato doente... Nem sinal dele!
A funcionária que cuida desses gatos nos disse que só costuma aparecer de tarde e resolvemos ir até a Cidade Fantasma cuidar do Cafofo.

Que pressa!!!!!!!!!
Banquete servido

Minha mãe trouxe uns retalhos de cobertorzinhos para aquecer os gatos da Cidade Fantasma e fomos, super animadas, dar um “up grade” no Cafofo.

Dessa vez, tirei fotos da “desolação” da Cidade Fantasma.

Cidade fantasma
Cafofo
Mãezinha, Laranjinha, Vaquinha Pai e PPA estavam pegando um sol... Tivemos dias frios aqui no Rio e hoje estava um dia lindo! Todos deitados no meio do caminho... Uma coisa linda de se ver!

Servimos o Banquete pra desligar a sirene do Laranjinha, que já ensinou os outros a “fazerem barulho”. Uma miadeira de assustar! rsrs

Banquete na cidade fantasma
Levamos dois caixotes de madeira que encontramos no Parque e a Sônia achou uma gaveta maravilhosa...

Forramos tudo com os retalhos de cobertor e agora eles têm um abrigo quentinho para esse inverno que promete ser rigoroso.

O Cafofo está cada vez mais confortável... Quase um Hotel 5 estrelas!

Comedouros cheios, água trocada, chão varrido, caminhas quentes prontas e a barriguinha dos gatos cheia com o Banquete, fomos embora para o Parque.

Ainda tínhamos que capturar o gato doente, né?

Pra fazer hora, fomos dar uma volta pelas outras colônias e pelo Parque.
Vimos os gansos, que são alimentados pela dona de um quiosque. Não resisti e fiz uma sessão de fotos deles! São lindos!

Gansos e patos
Levamos comida para os gatos da frente do Parque, que estavam super bem escondidos, devido ao imenso movimento que tinha lá.

E fomos fazer um lanche. Lógico que fomos comer no quiosque onde ficam a Escaminha e os filhotes, mas nem sombra deles. Só de noite, né?

Comemos e partimos para capturar o gato machucado.

Logo o vimos... Gordinho e parecendo estar muito bem, mas deu pra ver que ele tem um machucado (superficial) no pescoço.
Conversamos com a funcionária e ela disse que já estava muito melhor... Já não estava tão vermelho e estava menor.
Segundo outro funcionário, parece que foi uma “disputa” com outro gato...

Bem, resolvemos tentar levá-lo, apesar de percebermos que não parecia se tratar de algo preocupante.

Tigradinho machucado
Montamos a armadilha e ficamos um tempão tentando seduzi-lo com Whiskas Sache... ele ameaçava entrar na armadilha... e ia pra longe.
Nos escondemos dentro do carro, pra ver se ele resolvia entrar na armadilha... ele quase entrou e, de repente, foi embora dali!
Claro, né? Já tinha ganhado todo o Whiskas Sachê que queria...

Pedimos para a funcionária ficar de olho nele e nos avisar se piorasse e resolvemos ir embora...

Mais uma vez, de mãos abanando...


FINAL DO SUSPENSE:

Como já eram mais de 17 horas, decidimos dar uma espiada no pedaço onde ficam a Escaminha e seus filhotes. Já estávamos lá, né?

Antes da Sônia estacionar o carro, olhei para o lado e vi a filhota tigradinha peluda (igual a minha Catarina!) em cima de uma mureta!

Saímos do carro devagar, sem alarde, e montamos a armadilha.

Começamos a jogar Whiskas Sache e ela não deu a menor bola...

Porém, na mesma mureta, mais adiante, tinha uma “mancha” cor-de-abóbora... e era o irmão dela (o outro filho da Escaminha que ainda não tínhamos visto!).

Levamos a armadilha para mais perto dele e começamos a jogar os petiscos e... o Laranjinha Primo (ele é primo do Laranjinha da Cidade Fantasma!) ENTROU NA ARMADILHA!!

Transferimos ele para a caixa de transporte e a Tigradinha Peluda ficou por ali...

Tratamos que remontar a armadilha e... a Tigradinha Peluda ENTROU NA ARMADILHA!!!

UAU... DOIS GATOS!!!! Era inacreditável!!!

Já estávamos arrumando as caixas de transporte e armadilha no carro, quando o dono do quiosque (onde lanchamos mais cedo) apareceu por ali e festejou o nosso “feito”, dizendo que agora só faltava o outro filhote.
E, enquanto manobrava o carro dele, nos avisou que outro irmão, um Tigrinho com Branco, estava por ali também...

Remontamos a armadilha e começamos a jogar petiscos... E... o Tigrinho com Branco ENTROU NA ARMADILHA!!!

Caramba... TRÊS GATOS CAPTURADOS e apenas duas caixas de transporte!

Pensamos em levar na armadilha mesmo... mas ela é “vazada” embaixo e poderia machucar as patinhas do gato... E decidimos juntar dois gatos na mesma caixinha.

DEU TUDO CERTO!!! Que dia inesquecível!!!!!

Família reunida, partimos para a Clínica Veterinária!!!!!

Os gatos são muito lindos.Talvez os mais lindos do Parque.

Gatinhos Capturados
Gatinho capturado - Laranjinha primo
Eles devem ter uns 4 meses e o veterinário nos ofereceu uma “carona” na anestesia inalatória para castrá-los. O preço super camarada, já que o anestesista vai estar lá e o equipamento é da clínica, optamos por castrar os 3 com a inalatória.
Custou um pouquinho mais caro, mas por eles serem tão novinhos e o preço ser tão especial, decidimos que valia a pena.

Ficamos “descapitalizadas” de novo... rs
E ainda corremos o risco de ter que tratar do gato doente da micro colônia...

Portanto, voltamos a lembrar a todos que o Bazar Encantado continua aberto a espera da visita de todos vocês.

Se tiverem que dar um presentinho, lembrem-se que no Bazar Encantado, você encontra mais que um produto... Você colabora com uma causa!

Estamos FELIZES!!!! Muito felizes!!!!

Totalizamos 62 gatos do parque castrados - 37 fêmeas e 25 machos, além de outros 4 do Barra Sul - 2 fêmeas e 2 machos, 2 fêmeas da igreja no shopping (ajudando a Marcela) e 1 fêmea encontrada pela Milena.

6 de jun de 2010

Afilhada Encantada - já foi adotada!!!!!!!!!!!!!!!!

Na semana passada, vimos um pedido de ajuda da Milena.
Pela segunda vez, apareceu uma gatinha de rua na vida dela (talvez terceira, porque a Milena já tinha uma gatinha, mas não sei se era de rua). A primeira gatinha que apareceu ela adotou. Foi uma dificuldade convencer sua outra gatinha a aceitar a novata. Mas, por fim, ela aceitou.
Dessa vez, a Milena não poderá ficar com a gatinha, pois sua lotação esgotou...
O Projeto Gatos Encantados havia deixado duas castrações pagas no veterinário e, por esses dias, não conseguimos capturar nenhum gatinho. Nada mais justo do que ajudar uma outra gatinha de rua, não é? A gatinha foi castrada na terça-feira, dia 01 de junho. Depois do dia 15 (o veterinário sempre hospeda nossos gatos por 15 dias) a Milena não terá para onde levá-la.
Por isso, estamos divulgando o pedido de adoção ou de lar temporário para ela. Se você quiser adotá-la ou puder dar lar temporário, faça contato com a Milena, ok?

Milena
e-mail: milena_balliano@hotmail.com
telefone (21) 9394-2097
Rio de Janeiro - RJ

Olhem que gatinha mais linda!!!!!!!!!!!!!!!




5 de jun de 2010

Gatos Encantados – “Estamos todos bem”

Hoje, 05/06/10, fomos ao parque.

Um dia cinza... Frio, chuvoso... poucas expectativas de captura.

Mas temos sempre que reabastecer o Cafofo da “Cidade Fantasma”, e eu e Sônia não conseguimos ficar longe dos Gatos Encantados por mais tempo... Dá uma saudade...

Hoje fomos direto para o Reduto da “tia” Sônia. Como sempre, assim que chegamos os gatos vieram “cobrar” o Banquete.

Corremos para atendê-los!

Como sempre, banquete!

Quem é quem???? Eu sei!!!!!!!!!!!!!!!!! Na frente, Sophie, a gulosa! Atrás, o pretinho que só gosta de ração seca.

Coloquei essa foto, que não tem a ver com o texto, mas está uma pintura!!!

Como eles estão gordinhos! Dá gosto de ver. Patynho está bom das feridinhas, Sophie cada vez mais linda, os tigrinhos, que tanto nos confundem, estão lindos.

Sophie, de novo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Ô gata gostosa!!!!!!!!!!!!!!!!

Hoje, conseguimos uma foto da tigradinha que foi castrada na primeira leva de castrações, com a filha que já era nascida desde aquela época! Elas continuam como mãe e filha! É de emocionar o amor entre elas!

Mamãe e filhinha, sempre juntas


Apesar do frio, vimos o sialatinha (ainda não castrado) e é incrível como ele morre de medo de nós! Pode ter uma multidão lá, que ele fica... Mas quando a gente chega, ele sai correndo! rsrs

Vimos a irmã do sialatinha (ela já foi castrada). Que gata linda! Super peluda, com um rabão de dar inveja a qualquer persa e gordinha! Adoro vê-los gordinhos!

Irmã do sialata

A sialata fêmea, já castrada há tempos, também deu o ar da graça. Mas eles fogem da gente e nem sempre conseguimos fotografar todos!

Resolvemos ir buscar o Vaquinha, que achamos que foi abandonado por lá (ele já era castrado!), para apresentar o local do banquete. Ele não costuma freqüentar o Reduto da “tia” Sônia, apesar de ficar perto de lá.
Chegamos na construção abandonada e fizemos “psipsipsi” (ele sempre responde a isso) e, é claro, ouvimos o miadinho dele.

Decididamente, ele é um gato miador!

Sônia pegou ele no colo e entramos no carro (ele passou para o meu colo!) e demos uma “carona” pra ele até o Reduto.
Servimos Whiskas Sachê e ele comeu avidamente... depois, voltou para o cantinho que escolheu para “chamar de seu”.

Vaquinha Miador "papando"

Fomos ao Quiosque levar o sache da tigrinha miadora. Está linda também!
E fomos para a Cidade Fantasma... No caminho, fomos visitando as outras micro colônias, deixando agradinhos para todos!

Bem, a chegada na Cidade Fantasma é sempre aflitiva. Os gatos vivem absolutamente sozinhos e isso é aflitivo, né?

Mas, assim que chegamos, o Vaquinha-Pai, Laranjinha, Mãezinha e PPA logo apareceram!
Laranjinha ligou a sirene e tivemos que servir o banquete antes de abrir o Cafofo (ele não pára!!! rsrs).

Banquete na cidade fantasma

Laranjinha, outra pintura!!
Bem... vassouras a postos, começamos a limpar o Cafofo.
Pelas sobras de ração, eu acredito que ainda daria para uns 2 dias. Estamos deixando a comida na medida certa! Preferimos que sobre sempre!

Enquanto eu varria e limpava, Sônia lavava os bebedouros e os gatos terminavam o banquete e começavam a nos observar.

Não deu pra fotografar, mas o Vaquinha-Pai entrou no carro da Sônia e ficou sentadinho no banco do motorista um tempão... e depois ficou no banco do carona... Mas a câmera estava no carro e não deu pra fotografar...

Em nossas incursões nas lojas abandonadas, encontramos um armário baixo, sem as portas e levamos para o Cafofo (será que o roubamos???) para servir de abrigo.
O frio está chegando com rigor e mesmo dentro do Cafofo faz frio!

Achado não é roubado

As caixas de papelão estão sendo usadas. E agora eles têm mais uma opção de abrigo quentinho.

Limpeza feita, ração reposta, banquete servido... voltamos para o Parque.

Fomos direto para a entrada da frente do Parque.
Lá, vimos o branquinho que fazia tempos que não víamos. Colocamos Sache e ração... ele parecia estar com fome!
Comeu vorazmente e se deixou acariciar. Lindo!!!

Branquinho

Vimos o Melancia, que estava em cima da laje (ou lage?)! Desceu pela árvore e ganhou Sache também.

Melancia em cima da laje (por pouco tempo)


Seguimos até o Reduto da “tia” Sônia de novo.

No caminho, encontramos o Preto com a ponta do rabo branca.
Ele nos “chamou”!!!
Estávamos de carro, bem devagar e ouvimos o miado dele!
Servimos Sachê pra ele e a Sônia se encarregou de fazer uns afagos (ele adora!).

Afofando o fofinho!!!

Já no Reduto, apertamos muito a Sophie (ela é “apertável”!), fizemos as contas da ração que ainda tem lá e Sônia aproveitou pra dar uma boa lavada no carro (estava precisando... Contei, Sônia!).

Dia cinza... Frio, chuvoso... Capturas, nem pensar, né?

Mas fomos até o lugar onde “mora” a Família Escaminha.
Como o brinquedo desse pedaço do Parque voltou a funcionar, imaginamos que a Família poderia não estar mais por ali...

Lêdo engano!

Fomos informadas que a Família continua por ali, mas só aparece ao anoitecer.

Nossa próxima ida ao Parque será no final da tarde!

Enfim, resolvemos ir embora.

No caminho para a saída do Parque, avistamos a Escaminha (não castrada), sozinha, indo em direção ao terreno da Cidade Fantasma... e, ali bem pertinho, estava a Fera do Buraco (castrada)!

Tentamos fotografá-la, mas um “dia cinza... Frio, chuvoso...” Só aparecem os “faróis” em que se transformaram os olhos da Fera do Buraco!

Se você se esforçar muuuuito vai ver a Fera do Buraco

Mas ela está linda! Peludíssima, gordinha, linda de verdade!

E fomos embora felizes! No news, good news!

Estamos todos bem!
(alguém assistiu esse filme? Vale a pena!!!)