31 de jan de 2010

Gatos Encantados – Um dia comum.

Sábado, dia 30 de janeiro, eu e Sônia resolvemos voltar ao Parque. Ainda estamos inseguras em relação à alimentação dos gatos da Faculdade.

Como não tem mais ninguém para tomar conta desses gatos, é preciso que fiquemos muito seguras para só voltarmos a cada 15 dias.

O lugar onde ficam os gatos (e o Cafofo) está um deserto. Várias lojas abertas, sem uma viva alma circulando por ali... Parece uma cidade abandonada. É muito estranho.

Bem... Fomos lá.

Realmente o Cafofo está sendo usado pelos gatos. A família do Vaquinha-Pai está bem a vontade lá. Entenderam que aquele espaço é deles, tem comida farta e ficam em segurança lá dentro.

Mal chegamos e o Vaquinha-Pai e o Laranjinha começaram a miar e não fugiram tanto da gente como antes.

Achamos que estão estranhando o isolamento e sentem falta de algum movimento de pessoas. É um ambiente desolador mesmo. É, de certa forma, seguro pra eles. Pois não correm risco de encontrar algum humano covarde pelo caminho. Mas é uma solidão desoladora.
Adoraríamos que eles migrassem para o Parque. Mas eles acham que ali é a casa deles.

Abrimos o Cafofo, limpamos tudo, trocamos a água e colocamos petiscos para eles.

Preparando os comedouros - tem uma tábua em baixo para que pudéssemos colocar as placas anti-formiga (vamos ver se dá certo)

Ficamos um tempão lá. Um calor de rachar. Os gatos estavam ofegantes de tanto calor. Nem uma brisa para amenizar o calor.

Achamos que eles queriam nos “contar” alguma coisa. O Vaquinha-Pai e o Laranjinha miavam muito! Andavam atrás da gente, com uma distância segura, claro.
Mas não entraram no buraco! Ficaram o tempo todo por perto.

Vaquinha-Pai
Laranjinha

A Mãezinha logo apareceu... miando muito também.

Mãezinha achou uma sombra
Um pouco depois, vimos o PPA, que já está menos arredio. Parece que lembrou que nós damos petiscos gostosos... rs (PPA não mia pra gente!).

PPA

Apesar de termos ficado bastante tempo lá, não vimos nenhum dos outros gatos. Estamos creditando esse sumiço ao calor insuportável que estava fazendo lá.

O lugar é árido mesmo. Não tem nenhuma árvore fazendo uma “sombra amiga” e o sol se torna escaldante.

Mas eles parecem bem. Estão com a pelagem brilhante e gordinhos.

Aí, fomos até o Parque.

Fomos direto ver a tal gatinha da casa de show (a que vivia no escritório, no ar condicionado). Nossa intenção era já negociar a castração dela para a nossa próxima ida ao Parque.

Bem... o “chefe” da menina que estava cuidando dela mandou que a gatinha saísse de lá. E a gatinha foi doada para uma amiga da moça que cuidava dela.
Essa amiga já tem uma gata castrada e vai castrar a gatinha também.

Ficamos um pouco decepcionadas, mas tranqüilas em relação ao futuro dela.
Estamos aguardando fotos da gatinha em sua nova casa e nos colocamos a disposição para orientar a castração dela, caso seja necessário.

Passamos pela colônia de um dos brinquedos, onde ficam uns 10 ou 12 gatos e servimos um potão de ração especial pra eles. Não estavam todos por ali e deixamos bastante ração “de festa” para os ausentes temporários.

E fomos, então, para o Reduto da “tia” Sônia. Afinal, temos que servir o Banquetão, né?

Ali, já somos figurinhas fáceis. Os gatos já estão nos recebendo mais amistosamente. Eles aparecem rapidamente quando chegamos. E miam!

Sabem que vão ganhar petiscos!!

Dessa vez, comiam enquanto eu preparava o banquete. Bem ao alcance das minhas mãos!

BANQUETE!!!!! Sophie, a gulosa, é a da direita. É a primeira a começar e a última a parar de se fartar no banquete!

Mas bastava eu fazer um movimento em direção a eles para se afastarem.

Então, não fiz nenhum movimento “suspeito”. E eles comeram muito pertinho de mim!

Fomos tomar um refrigerante (não somos de ferro... rs) e levamos Whiskas Sache para os gatos do quiosque. Mas só um apareceu pra comer.

Bem... Capturas aos 42º de calor, com sol a pino é impossível, né?

Voltamos com as mãos abanando... Mas com a certeza que os gatos estão bem.

Domingo de Carnaval estaremos lá... fantasiadas, firmes, fortes e cheias de vontade de capturar algum gato ainda desavisado... rsrs

24 de jan de 2010

Gatos Encantados – E o CAFOFO deu certo!!!

Chegou a hora da “verdade”...

Ontem, sábado (23/01/10), fomos ao Parque.

Fomos direto para a Faculdade. Tínhamos deixado comida para 15 dias e estávamos ansiosas pra saber se estava tudo bem, né?

Para nossa surpresa, o Laranjinha estava DENTRO do Cafofo! Claro que ele ficou atônito com a nossa chegada... rs Não demorou e saiu correndo.

Laranjinha tranquilão dentro do cafofo

Enquanto a Sônia estacionava o carro, eu vi um Vaquinha (não sei se o pai ou o filho) saindo de dentro do quarto onde ficam as caixas de papelão e correr porta afora em direção ao buraco.

O CAFOFO DEU CERTO!!!

Abrimos a porta e vimos que sobrou um pouquinho de nada de ração! Mais uma boa notícia! Calculamos a quantidade certa!

Deu na mosca!!!

Estava um calor terrível. Mas o PPA deu o ar da graça. Já aprendeu que, aparecendo, ganha Whiskas Sachê.

PPA e seu petisco

Os Vaquinhas, Pai e Filho, e o Laranjinha também foram bons alunos. Ficaram por ali, nos observando e esperando o petisco.

Petisco para essa família fofa também (todos castrados)

Mãezinha e Prateada não apareceram. Estamos dando o crédito do “sumiço” ao calor e ao fato de não ter mais absolutamente NINGUÉM por ali.

Isso deve estar causando algum estranhamento para os gatos de lá. Pois, de alguma forma, estavam acostumados a circulação de pessoas, movimento...

Sônia acha que elas devem estar migrando para o Parque, assim como os outros gatos de lá. O que seria maravilhoso!!! Uma preocupação a menos para nós.

Bem... fomos, então, para o Parque.

Assim que os gatos viram o carro da Sônia, apesar do sol de 40 graus, os gatos começaram a aparecer para o BANQUETE.
É incrível como eles “sabem” que estamos chegando!

Percebemos que não seria dia de captura. Não vimos nenhum dos gatos “inteiros”. Fomos para a frente do Parque, na esperança de pegar um tigradinho que ainda não conseguimos pegar, Mas estavam todos muito bem escondidos.

Aproveitamos para ir até a Casa de Show, onde uma gatinha está “guardada” na secretaria da Casa para ver se ela já estava grandinha pra castrar... Mas o que vimos foi uma bebezinha vaquinha lindíssima, super bem tratada, dormindo numa cadeira, no ar refrigerado. Ela tem uma caixinha de areia e potinhos cor-de-rosa pra água e comida.
Linda de doer!!!

Resolvemos deixar para levá-la na nossa próxima ida ao Parque. Ela ainda é muito pequena e “mora” dentro do escritório.

Demos uma boa volta no Parque. Fomos até a outra Colônia, de um dos brinquedos e os gatos de lá estão ótimos! Gordinhos e muito bonitos!

Gatos de um dos brinquedos; tem uns dez que ficam nessa área (quando não chove e quando o sol está mais fraco aparecem todos)

Um pouco mais tarde, recebemos a visita do “povo” do projeto RODOCATS. Claudete e Heloísa. Foram buscar o gaiolão de capturas emprestado.

O gaiolão que tantos gatos capturou no Parque, vai agora ajudar a reduzir o problema da Colônia da Rodoviária do Méier.

(Força, Claudete e Cia... É difícil... mas não é impossível)

E os Gatos Encantados ganharam uma linda caixa de sabonetes da Claudete. (Os Gatos Encantados agradecem... e nós também!)

Claro que a Sônia já vendeu a caixa!! Rs

Bem... Voltamos pra casa sem capturar nenhum gato... Mas não há de ser nada... Outros sábados virão...

Como dizem, depois da tempestade, bem a bonança.

A triste história do Pretinho Encantado nos trouxe mais força. Apesar de ainda estarmos frágeis, principalmente a Sônia, estamos cheias de energia para continuar. Sônia é uma rocha! E descobri que somos inquebráveis!

Continuamos precisando nos capitalizar... Vender os produtos do Bazar Encantado para continuarmos as castrações.

E contamos com a ajuda de cada um de vocês na divulgação dos produtos, ok?

20 de jan de 2010

Adeus, Gatinho, nós amamos você!!!!


Ontem, eu estava no computador, quando a Paty (minha gatoca) chegou perto de mim. Aí, falei para ela: “oi Gatinho Gatinho”!!! (Gatinho com maiúscula, porque esse era seu nome... se bem que maridão o chamava de Estéban) Meu marido se assustou e eu também, porque é assim que eu falava quando entrava no cafofo do Gatinho. Então, pensei que ele estava me chamando. Corri para o cafofo e ele tinha vomitado. É incrível como os animais se comunicam conosco. Limpei tudinho, lavei seu rostinho. Mais tarde, vomitou um pouco mais e deitou o rosto sobre o vômito. Percebi, nesse momento, que estava chegando a hora...

Hoje de manhã, quando acordei, corri para ver o Gatinho. Ele estava triste... de alguma forma ele se comunicou comigo... de novo... então, estava na hora de decidir... A decisão foi difícil, mas necessária. Não podia deixá-lo sofrer mais.

Fomos, então, eu, André e Gatinho para a clínica...

Enquanto aguardávamos, fizemos carinho nele o tempo todo. Quando entramos, a veterinária (Kátia) avaliou seu quadro (ela já o conhecia porque havia feito sua biópsia) e confirmou o que já sabíamos.

Ela colocou uma cadeira e, enquanto preparava o material necessário, Gatinho ficou no meu colo. Do meu colo, foi para o colo do André e eu fiquei fazendo carinho e falamos com Gatinho até o fim... dei muitos beijinhos em sua cabeça e nos despedimos ali.

Eu sabia que essa decisão teria que ser tomada. Só não sabia que doeria tanto. O pequenino levou um pedaço do nosso coração.

Up date por André

Adeus não é a palavra
que expressa o sentimento
Desse encontro marcado
num outro "pavimento"
onde olhinhos verdes e tênues
não precisem clamar por Justiça
nem pra se falar em Fé
se precise ir a missa...
No sacrifício da alimentação
a luta do remédio
ele nos ensinou a lição
que a vida É UMA LIÇÃO
não tem nada de tédio...
A dor que me abate nesse dia
é a dor quando se tira filhos dos pais
não pelo senso de posse...
só pra curar a tosse
e ver miar novamente
correr pra cima da gente
ou roçar em meu queixo
como ele fazia...
Mas agora ele é Luz
é mais uma partícula de amor nesse mundo imenso.
Vou sentir muito a falta dele...
tanto que de raiva vou viver mais 200 anos
por honra e respeito ao meu GERREIRO NEGRO
que confirmou com seu carinho
o grande barato que é ser um gatinho,gatinho,gatinho...

16 de jan de 2010

Notícias do Gatinho



Ontem, o dia foi difícil...
À tardinha, por volta da 4 e meia, percebi que Gatinho estava ofegante...
Corri ara a clínica com ele, a veterinária avaliou o quadro e falou que a respiração estava assim por causa da anemia (no último exame o hematócrito havia caído, mas ainda estava na faixa da normalidade, mas foi prescrita mediação específica).
Falou que seria necessária transfusão de sangue...
O quadro do Gatinho não é nada bom; apesar de os rins estarem funcionando, estão muuuito grandes (possivelmente por causa da PIF seca). Eu tinha que tomar uma decisão naquele momento... e me senti incapaz de decidir pela eutanásia...

É nesse momento que me deixa feliz a solidariedade das pessoas... liguei para a Dra. Roberta, do Hemopet (doem sangue, crianças!!!) e ela estava chegando em casa depois de um longo dia de trabalho. Ela não tinha nenhuma bolsa de sangue, mas me falou que se eu tivesse um gato em condições, que ela coletaria o sangue.

Hemopet
7855-8898 id 83*31055 Luciula
7854-5433 id 83*30226 Roberta

Minha irmã estava comigo na clínica (pois sua gatinha, a Natasha, de 18 anos estava internada, entre a vida e a morte) e imediatamente falou que seu outro gato, o Naruto, poderia doar.

Naruto, o irmão de sangue do Gatinho.

Roberta saiu de casa, foi a outro bairro (distante) buscar o material de coleta, veio coletar o sangue do Naruto (gatinho da minha irmã, doado pela Renata Márcia).

Enquanto isso, Angela saiu do trabalho, foi em casa (distante tb) e veio voando para a Tijuca para nos encontrar na clínica.

Foi feita a transfusão e Gatinho já está descansando no cafofo; comeu um pouquinho, mas está exausto... eu e Angela também...

A transfusão foi feita em emergência... agora, vamos aguardar alguns dias para ver se o resultado foi bom...

Sabemos que Gatinho não vai viver muito; não será feita outra transfusão, mas eu precisava de alguns dias a mais... preciso, ainda, aprender que mesmo que percamos a batalha a guerra continua e que não posso fraquejar!!!

Complementado - Angela
Sabem o que mais emociona?

É o carinho com que as pessoas tratam o nosso projeto e a nós (eu e Sônia).

Isso é reconfortante e um incentivo imenso.

A Sônia não contou, mas quando chegamos na clínica, tivemos a triste notícia que a "sobrinha" da Sônia, uma linda gata de 18 anos, não resistiu...

Ela teve uma longa, feliz e saudável vida. Foi super amada e amou...

Sinto muito, Celina... Mais do que poderia descrever em palavras.

Natasha - saudades, minha linda!

Em meio a esse turbilhão de emoções, tivemos que dar a notícia para a irmã da Sônia. Ainda bem que o marido da Sônia é um super companheiro e se encarregou disso!

Eu não sou contra a eutanásia... mas é inadmissível tomar essa atitude quando ainda se vê um brilho no olhar do bichinho... Quando a gente sente que ele ainda está lutando...

Quem somos nós para desistir antes dele?

Pretinho está recebendo tratamento de REI... Carinho, atenção, cuidados, cama quentinha, excelente alimentação... Todos os recursos e suporte possíveis estão sendo tentados.

Espero que a gente consiga sentir o momento certo... O momento em que ELE desistir... Enquanto isso, vamos tentando...

Sabemos que, além da FeLV, o Pretinho, ao que tudo indica, tem PIF Seca.

Infelizmente isso é uma sentença de morte.

Mas o que nos emociona é a solidariedade e o carinho que estamos recebendo.

Obrigada, Beta, Celina, André... e a todos que sempre têm uma palavra amiga pra gente.

Sem vocês, estaria sendo mais difícil.

9 de jan de 2010

Gatos Encantados: Cafofo Aprovado e uma SURPRESA!

Sábado, 09 de janeiro de 2010.

Primeira visita do ano aos Gatos Encantados. E foi um dia feliz!

Estávamos apreensivas por não saber se os gatos da Faculdade tinham se adaptado ao CAFOFO...

Mas, primeiro as “obrigações”... Fomos buscar a nossa doação de ração e, é claro, nos perdemos. Só que dessa vez, só nos perdemos NA VOLTA!!! Conseguimos chegar lá de primeira!

A ansiedade era muito grande e fomos direto para a Faculdade.

Um calor absurdo (40º) e não esperávamos ver nenhum dos gatos (eles são mais espertos, né?).

Abrimos o cafofo e ficamos pasmas com a bagunça que os gatos fizeram lá! Rsrsrs

No quarto onde colocamos a ração e as caixas, tinha comida pra todo o lado! Eles fizeram a festa! Comeram bastante, mas acho que, por excesso de zelo, colocamos comida demais... e deve ter “rolado a festa”... rsrs

Ficamos tão assustadas com a bagunça que esquecemos de tirar fotos do que restou da farra. Começamos a limpar tudo bem depressa.

Varremos tudo e eu peguei as vasilhas pra lavar. Fui para a torneirinha do lado de fora e, de repente, vi uma gatinha se aproximando... Olhei rapidamente e pensei ser a Prateada... Mas ela estava diferente... e olhei de novo... E ERA A MÃEZINHAAAAA!!!!!

Chamei a Sônia e, quase sem voz, disse: É a Mãezinha!!

Mãezinha está linda!!!!

Sônia estava falando no telefone e desligou na hora!

Foi uma emoção imensa... Sônia correu pra preparar um Whiskas Sachê pra ela!

E logo apareceram o Vaquinha Pai, o PPA, o Laranjinha... Os outros não deram o ar de suas graças. O calor, realmente, estava demais e eles devem ter preferido ficar em seus esconderijos.

Mãezinha e PPA

Cafofo limpo e abastecido, dessa vez com o comedouro que eu doei e o novo comedouro gigante que a Sônia doou (sem potinhos espalhados) e com o coração leve, fomos para o Parque.

Nova arrumação do cafofo

Passamos na Administração primeiro. Dia de semana, coisa rara de podermos ir lá, aproveitamos para falar com o nosso grande companheiro Gilson e para deixar um pacotão de ração lá na frente.

Gilson e Sandy

Foi ótimo! Pois vimos a Sandy, o Júnior, o Melancia e, de quebra, vimos um tigradinho ainda inteiro, nosso próximo “alvo”.
(Gilson, muito obrigada por tudo sempre, viu? Você é fundamental para o projeto Gatos Encantados.)

Bem, alguém lembra da “Flauta Mágica”? A história dos ratos que seguiam o flautista...

Bem, no Reduto da Tia Sônia, eu me senti o Flautista... Assim que chegamos, os gatos de lá me seguiam e miavam... Estavam atrás do BANQUETE.
Coisa mais linda! (eu fico toda boba, né?)
Dessa vez, montei o banquete em bandejinhas de plástico (que sobraram do Cafofo).

Banquete arrumado

Estavam todos lá... Lindos, gordinhos e cada vez menos ariscos... (bendito banquete!)

Eu e Sônia tínhamos um compromisso de trabalho de noite e não nos programamos para fazer capturas hoje. Faremos isso no sábado que vem.

Pois, além do tigradinho da frente do Parque, tem uma branquinha da casa de shows, o “safado” do Sialatinha que sempre “evapora” quando estamos por lá, uns três filhotes que ainda não vimos, a mãe deles, o pai deles...

Enfim, um monte de outros gatos que, agora, estão saindo de seus esconderijos por não terem mais problemas territoriais com outros gatos e com a oferta de comida fácil.

Deixamos um monte de ração com a tia Sônia, afofamos a Sophie (que está cada dia mais fofa e afofável) e fomos embora.

Preto com ponta do rabo branco e Sophie

Apesar da nossa aflição com o Pretinho Encantado, que está na casa da Sônia, ficamos felizes com a volta da Mãezinha!

E reforçamos o apelo para que nos ajudem a divulgar os produtos do BAZAR ENCANTADO.

As castrações que estão previstas e o tratamento do Pretinho demandam despesas grandes e a nossa principal fonte de renda é a venda desses produtos.

3 de jan de 2010

Bazar Encantado: mais do que um produto... uma causa!!!

Como quase todos sabem, o Projeto Gatos Encantados é financiado por doações (temos poucos doadores fixos) e pela venda de produtos criados e executados por mim e pela Angela, de produtos relacionados a gatos que encontramos por aí e de alguns produtos que recebemos como doação.

A renda da venda desses produtos é integralmente direcionada para o projeto.

Temos feito nossas vendas em bazares e mostrando o projeto e os produtos para amigos (e desconhecidos tb, pois até no metrô a Angela já vendeu). Agora, decidimos expor os produtos no blog.

Estamos no Rio de Janeiro. Você pode buscar seu produto na Tijuca ou em Copacabana.

Podemos enviar pelos correios, também. Para isso, quando solicitar um produto, informe seu CEP para podermos calcular o frete.

O pedido pode ser feito aqui mesmo nos comentários (deixando um e-mail para contato), ou através de e-mail (gatosencantados@gmail.com). Todos os produtos têm código para facilitar o pedido.

O valor deve ser depositado na CEF.

Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 1650
Operação: 013 (poupança)
Conta no: 448-0
Titular da conta: Sônia B. S. Waldheim

A seguir, fotos dos produtos com os preços.

Al - Almofadas em forma de gato, altura aproximada 35 cm (+ o rabo) - R$ 55,00 - em breve, novas cores. Temos, também, preta em veludo.






Ch - 006 - Chaveiro cabeça de gato preto - temos 5 unidades - R$ 10,00




Ch - 007 - Chaveiro cabeça de gato branco - temos 6 unidades - R$ 10,00



Ch - 010 - Chaveiro gatinhos coloridos - temos 1 unidade - R$ 10,00




Ch - 012 - Chaveiro Gata Marie 1 - temos 4 unidades - R$ 10,00


Ch - 012a - Chaveiro Gata Marie 2 - temos 2 unidades - R$ 10,00




Ch - 012b - Chaveiro Gata Marie 3 - temos 6 unidades - R$ 10,00




Ch - 016 - Chaveiro gatão preto com branco - R$ 10,00


Ch - 017 - Chaveiro gatão preto com laranja - R$ 10,00



Ch - 019 - Chaveiro coração preto e amarelo - R$ 10,00




Ch - 020 - Chaveiro coração vinho e verde - R$ 10,00


Ch - 021 - Chaveirocoração vinho e branco - R$ 10,00



Ch - 022 - Chaveiro coração preto e branco - R$ 10,00



Ch - 029 - Chaveiro Gato Frajola - temos 1 unidade - R$ 10,00



Ch - 33 - Chaveiro gatinho branquinho - temos 1 unidade - R$ 10,00 



Ga - 002 - Gargantilha Gato Azul - temos 3 unidades - R$ 20,00




Ga - 003 - Gargantilha Gato Âmbar - temos 1 unidade - R$ 20,00




Ga - 006 - Gargantilha 3 gatos prateada - temos 1 unidade - R$ 20,00




Ga - 007 - Gargantilha 3 gatos dourada - temos 1 unidade - R$ 20,00



Ga - 008 - Gargantilha Chococat - temos 3 unidades - R$ 20,00





Ga - 009 - Gargantilha gato prateado olho preto - temos 2 unidades - R$ 15,00





Ga - 010 - Gargantilha gato dourado olho preto - temos 1 unidade - R$ 15,00



Pu - 005 - Pulseira gatinhos  - R$ 20,00

Temos dessas pulseiras de várias cores. Se quiser desse modelo, podemos enviar foto por e-mail.











Pu - 008 - Pulseira Trança prateada - temos 3 unidades - R$ 10,00





Pu - 012 - Pulseira em metal preto flor rosa claro - temos 1 unidade - R$ 15,00






Pu - 014 - Pulseira em metal preto flor prata - temos 1 unidade - R$ 15,00




Br - 004 - Brinco Gato pedra cinza - temos 1 unidade - R$ 20,00




Br - 005 - Brinco Gato pedra âmbar - temos 1 unidade  - R$ 20,00


Br - 005 - Brinco Gato pedra incolor - temos 2 unidades  - R$ 20,00




Br - 008 - Brinco Gato redondo dourado - temos 1 unidade- R$ 20,00

Br - 009 - Brinco Gato redondo prateado - temos 2 unidades - R$ 20,00

Br - 011 - Brinco Gato resina branca dourado - temos 1 unidade - R$ 20,00


Br - 012 - Brinco Gato corpo de strass prateado - temos 4 unidades - R$ 20,00


Br - 012 a - Brinco Gato corpo de strass dourado - - temos 1 unidade - R$ 20,00




Br - 013 - Brinco dois gatos dourado - temos 1 unidade - R$ 20,00



Br - 015 - Brinco franja longa dourado - R$ 25,00


Br - 017 - Brinco gatinho prateado todo em pedrinhas - temos 1 unidade - R$ 20,00



Br - 017a - Brinco gatinho dourado todo em pedrinhas - temos 6 unidades - R$ 20,00



Bro - 001- Broche gato madeira preto e branco - temos 1 unidade - R$ 10,00


Bro - 002 - Broche gato madeira preto e amarelo - temos 1 unidade - R$ 10,00


Imã - 001 - Imã Gatinho Biscuit - R$ 10,00




Pr - 003 - Porta papel de recados - temos 2 unidades - R$ 15,00 cada


Pr - 004 - Porta papel de recado pequeno e papeis reposicionáveis - temos 1 unidades - R$ 15,00 cada



Pr - 005 - Bloco + papeis reposicionáveis oncinha 1 - temos 1 unidade - R$ 20,00


Pr - 006 - Bloco + papeis reposicionáveis oncinha 2 - temos 9 unidades - R$ 20,00


Pm - Porta moedas - R$ 20,00 - ver tecidos disponíveis




tecidos disponíveis




Os Gatos Encantados agradecem!!!!