15 de set de 2009

Luto :(

Sempre soubemos que esse dia ia chegar, mas confesso que tinha esperança que isso nunca acontecesse.

Tivemos a primeira perda de animal em função da cirurgia de castração.

O gatinho que capturamos no sábado (que era uma gatinha) seria castrado hoje, terça-feira. O veterinário não trabalha na clínica na segunda-feira.

Não sei o motivo, mas ontem eu senti algo estranho... hoje, Angela acordou com um pesadelo... estava sem ar por causa de um colar... tudo muito estranho...

Hoje às 18:30 o veterinário ligou para meu celular; ele nunca havia ligado antes. Soube, de imediato, o que havia acontecido. Ele estava muito consternado; tanto que cancelou as cirurgias que faria a seguir. Me contou que a gatinha teve uma parada cardio respiratória logo que foi anestesiada e que, mesmo com a utilização de medicação adequada e oxigênio, ela não respondeu... não chegou a iniciar a cirurgia.

Pedi levarem a gatinha para cremar e, nesse momento, o veterinário me perguntou seu nome... só nessa hora ela ganhou um nominho: Princesa.

Nessas horas dá tanta angústia. Sabemos que estamos tentando fazer o certo. Castrar e controlar a colônia. É um parque privado e o aumento progressivo do número de animais certamente levaria a um envenenamento em massa.

Mas, quando acontece uma coisa dessas dá um nó no cérebro...

13 de set de 2009

Gatos Encantados - Gato capturado em dia tumultuado...

Ontem, 12/09/09, fomos ao Parque.

“Armadas” com a nova armadilha, com a nova caixinha de transporte (que encaixa na armadilha), frango assado e cheias de esperança.

Logo que chegamos, montamos o banquete dos gatos do Reduto da tia Ro. Eles já sabem que vão ganhar petiscos... Ficam rondando e até se atrevem a chegar pertinho de mim (desde que eu não me abaixe ou me mexa...)

Banquete servido, fomos para a frente do parque tentar capturar um tigradinho que fica por lá...

Depois de algum tempo, o gato ENTROU na armadilha! Funcionou que foi uma beleza! Transferimos ele para a nova caixinha de transporte e rumamos para o terreno da faculdade.

O alvo
Quando ele ficou rodeando a armadilha soubemos que iria entrar



Cobrimos a caixinha e ele ficou bem quietinho dentro do carro, com as portas abertas.



Sempre que chegamos na faculdade, nosso coração bate acelerado... quase dói... Alguma coisa nos prepara sempre para o pior... e é sempre um alívio quando conseguimos ver todos os gatinhos...

Dessa vez, não foi diferente... Chegamos lá apreensivas...

Nem a Mãezinha nem a Prateada apareceram... Fui até o depósito onde eles ficam para chamá-las... e nada... Até que ouvi um miado... Procurei por toda a parte e, de repente, vi a Mãezinha em cima do muro (com mais de 6 metros de altura!!), encostado ao telhado do depósito. Fiquei olhando por onde ela teria subido e como fazê-la descer...
Foi angustiante... Ela miava e eu a chamava com o Whiskas Sachê na mão... Sônia pegou o carro e encostou bem pertinho do depósito, na esperança que ela pulasse no capô do carro...
Mas a Mãezinha preferiu andar pelo muro... eu a guiei até algumas árvores e ela, depois de algumas tentativas, desceu por uma das árvores e se fartou com os petiscos...



Porém, a Prateada não apareceu... A tarde inteira e nada da Prateada... Não vimos a nossa lindinha... Estamos muito angustiadas.

Bem... montamos a armadilha para tentar pegar o Vaquinha... e nada. Tentamos pegar um tigradão (que achamos ser o mesmo da frente do parque), e nada...

A Tricolor castrada saiu algumas vezes do depósito e se fartou com frango assado.

Não vimos nenhum outro gato por lá... A não ser um dos filhotes, o bebê tigradinho.


Bem, nesse meio tempo, aflitas com o sumiço da Prateada, perguntamos para um dos seguranças de lá se tinha acontecido alguma coisa com os gatos...

E ouvimos o seguinte: “Houve uma catástrofe aqui... Entrou um micro ônibus e atropelou um monte de gatos... Até enterraram um ali...”

Eu e Sônia nos olhamos apavoradas... Eu, particularmente, que já não estava muito bem com um torcicolo medonho e uma dor enorme nas costas, cheguei a parar de respirar... Foi como uma facada em nossas costas.

Sônia, gaguejando, pediu que ele explicasse melhor... e o FDP disse que era BRINCADEIRA...

Na boa... Eu nem consegui responder... Levantei de onde estava e saí de perto... Acho que poucas vezes em minha vida cheguei tão perto do pânico... do desespero... e do ódio mais profundo que já senti em minha vida.

Sônia, mais forte que eu, ainda deu uma bronca no tal segurança. Claro que a Sônia é mais equilibrada que eu e soube conduzir tudo isso sem provocar uma situação irreversível. Nessas horas, sempre agradeço aos Céus por ter uma companheira tão centrada.

Só contei essa história toda porque é preciso que as pessoas saibam das nossas angústias, nossas aflições, nossas alegrias, nossos alívios...

Enfim... não vimos a nossa querida Prateada nem os outros gatos... e isso nos deixa tristes.

Mas conseguimos capturar mais UM gatinho!!!!! Isso nos dá um pouco de alento, depois de um dia tão tumultuado.

==============================================================

Apesar de todo stress do dia, tínhamos um compromisso super importante à noite: fomos convidadas para o Cat Encontro Nacional. É a terceira edição desse encontro e dessa vez foi no Rio de Janeiro.

Além de considerarmos super interessante conhecer pessoas, principalemente s que amam gatos, fomos autorizadas a levar nossos produtos do Bazar.

A noite foi super agradável, conhecemos pessoas maravilhosas... muitas já conhecíamos pela net e foi bem legal poder encontrá-las.

O Bazar foi um sucesso!!!!! Arrecadamos o suficiente para garantir um mês e meio de alimento para os Gatos Encantados.

Então, como sempre dizemos, os Gatos Encantados agradecem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Agradecimentos

Temos muito a agradecer às pessoas que ajudam a manter nosso projeto. Umas divulgam, outras doam dinheiro, ração, compram mimos do nosso bazar, dão ideias e apoio moral (o que também é fundamental).

A todos agradecemos muito, mesmo, por permitir que esse projeto que saiu do ZERO, pudesse sair da forma de ideia para ação.

Com a dificuldade que estamos tendo para as capturas, saímos pesquisando novos equipamentos que pudessem trazer agilidade às mesmas.

Como já relatamos várias vezes, a distância regulamentar que podemos nos aproximar desses gatos que faltam é de, no mínimo, uns 30 metros. Menos que isso eles se escondem e não saem da toca.

O equipamento que usamos para a captura exige que fiquemos a 5 ou 6 metros da armadilha, pois temos que puxar uma cordinha amarrada à porta.

Como conseguimos vender bastante coisinhas do nosso bazar, decidimos que era hora de comprarmos a armadilha automática (que já está na prestação de contas). Compramos, ela chegou e ficamos sem saber como fazer a transferência dos gatos para a caixa de transporte sem que eles escapassem... como os gatos são danadinhos de ariscos, não vimos como...

Entramos em contato com a empresa que nos vendeu a armadilha e... surpresa! Eles têm, também, uma caixa de transporte com mecanismo de abertura igual ao da armadilha. Basta encaixar uma na outra e fazer a transferência. Simples assim! Não soubemos disso antes, pois no site da empresa não tem a foto desses produtos (nem da armadilha nem da caixa de transporte).

Pensamos, pensamos e achamos que deveríamos comprá-la também. A caixa é cara, custa R$ 148,00. Para entrega no Rio de Janeiro, cobrariam novo frete de R$ 55,00. Ai, ai...

Então lembramos que a Renata Bastos - da Confraria dos Miados e Latidos de SP - e o maridão (maridão show de bola, diga-se de passagem - topou entulhar o carro para nos ajudar) estava vindo para o RJ. Conversamos e ela disse que poderia trazer para nós.

Rapidamente acionamos a Tatis (fundadora da Confraria) e ela comprou a caixinha lá; a Renata buscou na casa dela e trouxe para nós.

A Renata, que confecciona as "Cobrinhas do Bem", ainda nos deu uma outra enorme ajuda. Doou 40 cobrinhas para que nós vendêssemos para arrecadar fundos para nosso projeto.

Cobrinha do bem


É o que sempre digo: sempre dá para ajudarmos uns aos outros e isso que as meninas fizeram foi uma grande prova de amizade e respeito. Obrigada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!